Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

policial-billboard

Crime, Disse o Livro | Anthony Horowitz

Clube do Autor

01
Nov19

crime disse o livro capa.jpg

 

Título: Crime, Disse o Livro

Título Original: Magpie Murders

Autor: Anthony Horowitz

Editora: Clube do Autor

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Setembro de 2019

Páginas: 448

ISBN: 978-989-724-433-9

Classificação: 5 em 5

 

Sinopse: Existem vários mistérios por resolver dentro das páginas deste livro. Tudo começa quando Susan Ryeland se senta para ler o manuscrito do autor mais vendido da editora onde trabalha. Porém, a narrativa termina abruptamente no ponto em que o detetive da história está prestes a revelar o assassino, levando por isso Susan a procurar os capítulos perdidos. Mas este é apenas o ponto de partida de um dos mistérios…

Extraordinariamente bem concebido e bem escrito, em Crime, disse o livro encontramos duas histórias que correm em paralelo, personagens interessantes e autênticas, tramas sólidas, inteligentes e bem estruturadas, várias reviravoltas e, por fim, um desenlace absolutamente surpreendente. 

E se um mistério dentro de outro mistério significa o dobro da adrenalina, para os fãs do género este livro traz também prazer a dobrar. Prepare-se: vai  ser difícil pousar o livro!

 

Opinião: A originalidade é um dos pontos forte de Crime, Disse o Livro, onde uma história encaixa dentro de outra numa fórmula vencedora e que conquista logo à partida. Senti que pelas primeiras páginas iria gostar do que estava para chegar, no entanto senti alguma desorientação inicial com a apresentação de várias personagens em catadupa, o que logo foi ultrapassado pela excelente forma como Anthony Horowitz consegue separar cada personalidade pelas descrições feitas ao longo de cada momento. 

Se primeiramente fiquei desorientado, rapidamente peguei na história que me prendeu pelo mistério da morte, esquecendo-me que estava a ler um livro dentro de um livro. Parece complicado, mas a fluidez e capacidade com que o autor criou todo o envolvimento são impecáveis para ninguém se perder e trocar cada rumo das duas histórias, a real e a ficcional, que são simplesmente bem separadas como se parecesse tão fácil, o que não é. Complicado? Nada disso, embora tudo se envolva em certos pontos para ajudarem a desvendar os crimes que são expostos junto do leitor. 

Com histórias cativantes e enredos cruzados e eloquentes, Crime, Disse o Livro retrata o desenvolvimento da exposição de crimes, envolvendo autores e editores em personagens reais e bem construídas, num mundo literário complexo e recheado de interesses, como tantos outros onde os números são sinónimo de sobrevivência. Duas histórias, uma mais cativante que a outra. Do meu ponto de vista fiquei com maior interesse na história central, deixando o livro dentro do livro para trás, embora tudo isto tenha um envolvimento para ajudar a desvendar o mistério final. 

Crime, Disse o Livro é o policial que alterou a minha visão sobre o que tenho lido nos últimos anos dentro do género. As expetativas estavam altas pelo que tinha lido anteriormente, mas com a leitura entendi que fazer diferente e bem é possível, não seguindo o caminho exato e corrido da maioria das obras que são lançadas com princípio, meio e fim definidos e dentro da mesma base de tantos outros. Esta criação de Anthony Horowitz tem um argumento expetante, incrível e suculento, dando vontade de chegar ao final para se perceber quem foi o verdadeiro culpado, mas ao mesmo tempo não querendo largar estas personagens.

Que chegue o próximo livro de Anthony às livrarias portuguesas rapidamente porque nesta primeira publicação o autor já recebeu todo o apoio dos leitores nacionais. Quem não leu que aproveite para o fazer porque esta narrativa não é simplesmente mais um policial no meio de tantos outros. 

 

Compra AQUI o teu exemplar de Crime, Disse o Livro!

crime disse o livro.jpg