Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Refeições controladas

"Não comas isto, não comas aquilo, atenção que isso te pode fazer mal." Oh senhores, deixem de se meter no que uns e outros comem e olhem primeiro para os vossos pratos. O que mais odeio é estar a comer e perceber que estão a olhar para o meu prato e para o que tiro das travessas. Como o que quero e bem me apetece e sei o que me pode fazer mal ou bem, não precisando que estejam a controlar as minhas refeições como se estivessem na disposição de serem nutricionistas de bancada.   (&n (...)

Fui às compras mas deixei a intenção

Quem nunca foi ao supermercado com a intenção de trazer consigo aquele produto e quando chegou a casa é que percebeu que regressou de saco cheio e deixou no espaço comercial o bem dito produto que era tão necessário e pelo qual a deslocação aconteceu? ( Ver mais... )

«Isso não é verdade!»

Após a entrevista que José Sócrates deu a José Alberto Carvalho em pleno horário nobre na TVI, só tenho a dizer que se for acusado de alguma coisa que possa ter feito de mal pelos próximos tempos a minha resposta só poderá ser uma... «Isso não é verdade!», não sem antes tentar dar uma explicação estapafúrdia com um «Se me permite!». Não ouses assim questionar-me seja com o que for porque pelas semanas vindouras a resposta estará sempre na ponta da língua, não te (...)

Amigos das redes? Não existem!

Faz-me um pouco espécie quando ouço alguém falar de amizade entre pessoas que nunca conviveram pessoalmente e que só comunicam através das redes sociais, com assuntos base como tema, sem se conhecerem verdadeiramente e como uma real amizade assim o exige. Pode ser o meu ponto de vista sobre uma questão de amigos distante do da maioria, no entanto o facto de ter bem poucos e perceber que preciso de muito para os sentir como meus leva-me a questionar a superficialidade com que se usam (...)

Desconfinar com menos café

A dias de voltar a desconfinar e regressar ao trabalho um dos objetivos é não voltar a consumir mais que três cafés diários. Ao longo destes três meses de pausa consegui reduzir de cinco ou seis cafés diários para três - manhã, almoço e jantar. Agora a ideia é manter este regime para que não volte a estar viciado em cafeína que pode ter os seus pontos positivos mas também tem aspetos menos bons para o seu consumo em excesso. Sei que devia até reduzir somente para um ou (...)

Água da vida

Há um ano, ou talvez até um pouco mais, deixei de consumir refrigerantes às refeições que faço em casa e no trabalho. Passei anos, mesmo décadas, a beber sumos e mais sumos, com e sem gás, de laranja e todos os sabores disponíveis no mercado. Contudo, achei por bem eliminar este tipo de bebidas da lista de bens alimentares essenciais e praticamente de um momento para o outro deixei de ter sumos em casa.  Não vou dizer que num restaurante não peça um refrigerante quando a (...)

Escritores

Será um escritor menos capacitado por não levar as suas obras pelos campos descritivos com a intenção de criar e elaborar grandes envolvimentos em detrimento do escritor que acaba por sentir a necessidade de elevar o seu texto com quantidades descritivas e significados exaustivos com expressões contemporâneas para embelezar a sua escrita? O mesmo tema pode ser entregue a dois autores distintos. O primeiro tem um estilo rebuscado, prometendo a si próprio seguir os passos de um (...)

WOKE | Titania Mcgrath

Guerra e Paz

Título: Woke - Um Guia Para a Justiça Social Título Original: Woke - A Guide to Social Justice Autor: Titania Mcgrath Editora: Guerra e Paz Edição: 1ª Edição Lançamento: Março de 2021 Páginas: 136 ISBN: 978-989-702-604-1 Classificação: 2 em 5   Sinopse:  Considerado um dos melhores livros do (...)

Sem ideias!

A criação nem sempre está do nosso lado para que se consiga avançar com o processo de escrita e durante estes últimos tempos de confinamento tenho notado que o cansaço da situação não tem ajudado em nada a capacidade de raciocínio, bloqueando o surgimento de novas ideias. Parece que o pensamento está bem mais restrito como se tivesse perdido a noção da realidade, existindo como que uma dimensão mais reduzida, tal como o espaço de circulação em que estamos agora sujeitos. (...)