Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

leituras-verao-billboard
09
Jul20

Subscreve-me!

IMG_7124.jpg

 

Já sabes mas por vezes, para os mais distraídos, é bom relembrar que podes subscrever por e-mail o blog, ficando a receber informação sobre novos textos, publicações e partilhas nas horas seguintes às mesmas serem tornadas públicas pelo blog. 

Para os que passam de forma assídua e mesmo para quem vai entrando por aqui de vez em quando, deixo aqui o convite para visitarem a barra lateral do blog, onde encontras o espaço 《Subscrever por e-mail》, só preencher e a partir daí ficas sempre com a atualização das minhas novas publicações, recebendo no máximo um e-mail por dia, geralmente ao início da manhã. Este processo é feito totalmente de forma anónima, sendo para mim somente representado como um número, já que não tenho acesso aos dados da subscrição. 

08
Jul20

Já chega de Sónia!

Sonia-dest.jpg

 

Sónia, a concorrente do Big Brother, foi finalmente a um frente-a-frente com a Ana Garcia Martins, mais conhecida como a Pipoca Mais Doce. Em pleno Você na TV!, com Manuel Luís Goucha, já que na edição Extra de há uns dias não foi possível os comentadores trocarem palavras com a feirante por alguma imposição da produção. A Pipoca preparada, como sempre, enfrentou a moça do Norte, que desceu a Lisboa toda desnorteada e bem varina como habituou o público ao longo da sua estadia na casa da Ericeira. Havia necessidade de trazer um tom de voz tão altivo para um programa matinal por parte da menina que desistiu do reality show?

A comentadora mais feroz do Big Brother preparou o seu discurso, prevendo as desculpas que a Sónia iria avançar para determinados temas que abordou dentro da casa, e claro que arrasou. Sónia gritou, falando como sempre bem alto por achar que é assim que ganha uma guerra de palavras, discutindo com o seu tom altivo, levando depois resposta de quem não desceu, como saberíamos desde logo, ao seu nível. A Pipoca sempre respondeu com o seu ar irônico, dizendo as verdades sobre os atos da feirante do Norte dentro da casa. As conversas paralelas da concorrente, o não entendimento de expressões dos colegas da casa para distorcer e criar confusão, as birras semanais, todas as características negativas mostradas ao longo do jogo e as indisciplinas para com as regras impostas pela produção. A Pipoca comentou em bom, falou do mau grupo a que a Sónia se juntou desde o início da sua participação e não deixou nada por dizer, caracterizando a moça com a ideia que muitos de nós nutrimos sobre a mesma. Conflituosa e problemática, a Sónia chegou ao Big Brother com todas as forças para poder ser uma boa concorrente, mas o seu lado negativo sobressaiu e foi mais forte na casa a ponto de a levar a ficar com uma má imagem, como continua a defender.

A concorrente de Vila Nova de Gaia acabou por desistir por opção, por também perceber que o seu jogo estava mais que mal visto junto do público e mesmo assim continua a defender os seus maus atos, mesmo quando confrontada com imagens e declarações do que foi fazendo ao longo do jogo. Será que custa assim tanto admitir que esteve mal, que existiram discussões que só aconteceram porque a Sónia não sabe ouvir e interpretar o que é dito pela verdade é só pensava em criar conflitos a pensar que esse seria o padrão que os espetadores queriam ver?

07
Jul20

Agendamentos habituais

vantagens-agendamento-online.jpg

 

Sempre me habituei a agendar textos aqui no blog, praticamente desde que iniciei este espaço, como uma forma de não ficar vários dias sem qualquer publicação a ser feita. Nem todos os dias consigo ter o tempo desejado para pensar num novo tema, elaborar conteúdo e dar vida a uma nova publicação para logo ficar disponível a quem me segue. No entanto existem dias onde a disponibilidade é maior, existindo também um maior espaço de tempo e por vezes capacidade de criação que nem sempre marca presença pelo cansaço e pelo dia a dia mais corrido em muitos casos. 

No entanto estes agendamentos de textos que são habituais podem sempre ter o seu lado negativo. Quando existe um tema que penso e quero logo publicar, faço-o, adiando os textos que estavam pensados para esse momento mas que podem ver 《a luz do dia》 mais para a frente, como o caso deste que não tem necessariamente de ser publicado num dia exato por não refletir um tema da atualidade e que está como tema do momento. Só que existe sempre aquele mas... Imagine-se que me acontece algo de grave, já bati na madeira, e que ao existirem textos com agendamento para dias e por vezes mesmo semanas que todos os que visitarem o blog pensam que tudo está bem quando não está. Isso realmente já me aconteceu há uns tempos, em que adoeci e fiquei sem paciência e capacidade para cumprir com um dever a que me propôs diariamente, e só passadas umas semanas o revelei pelo blog e mesmo redes sociais, isto porque as publicações que tinha guardadas e feitas antecipadamente estavam prontas e com datas marcadas para ficarem disponíveis. Imaginem que me dá uma travadinha, que vou desta para melhor, não ficarão a saber desde logo porque tudo se manterá por uns bons dias como se a vida continuasse normalmente. 

Em férias fora de casa, por exemplo, e com mais tempo e liberdade de pensamento, acabo por não escrever tantas vezes, optando nesses casos por adiantar trabalho enquanto estou na rotina habitual para que em tempos de pausa e com menos acesso a internet em algumas situações e sem querer levar computador e tablet atrás, acabo por deixar mesmo tudo de férias para descansar e aproveitar os tempos livres, deixando o restante em modo automático até ao regresso à vida normal. 

06
Jul20

Big Brother: aqueceu mas não incendiou

bigbrother2020.jpg

 

O Big Brother 2020 entrou no seu último mês e o jogo dos amigos para sempre começa a apertar e com a saída de concorrentes que tinham algum destaque no jogo outros se revelam e nesta semana nem todos se conseguiram mostrar de forma positiva. 

Quatro nomeados, uma semana com tudo a indicar que a Jéssica seria a eleita pelo público para deixar o jogo pela sua forma de estar, com as sucessivas demonstrações de mostrar a vontade de deixar a casa e por ter demonstrado uma das suas piores semanas dentro do Big Brother com tudo o que disse e fez com a Teresa contra os outros concorrentes, o falar nas costas, o dizer mal e provocar de forma constante. Sempre defendi que a Jéssica como jogadora a solo poderia dar bom conteúdo ao formato mas como logo quis formar casal e nesta fase se cansou claramente de estar em par dentro da moradia da Ericeira, queimou tudo com a sua saturação e viu o bilhete de saída ser entregue de livre vontade e de forma tardia até. Soraia, Daniel Guerreiro e Noélia foram, por esta ordem, os salvos da noite, o que já era esperado, embora pensasse que a diferença nas percentagens entre a Jéssica e os restantes fosse maior, tendo a votação contra a Noélia, a última a ser salva, ficado nos 43% contra os 57%, pouco, muito pouco.

Continuando com a dupla de víboras da semana, Jéssica e Teresa, os holofotes dos vídeos do BB Play foram todos entregues a ambas pelas conversas que foram tendo sobre os outros concorrentes. Falaram do veganismo da Ana Catharina como sendo uma aberração, comentaram o facto da Noélia não dar opinião como se fosse obrigatório argumentar e responder da mesma moeda aos provocadores de serviço, provocaram a Iury apelidando-a de sonsa e em personagem constante. E eis que até Soraia e Daniel Guerreiro andaram na boca da Jéssica que anuncio à casa que viu movimentos e gestos que não aconteceram. Mas que miúda é esta que tem em poucos dias mostrado um tão mau carácter de forma maldosa para com a maioria dos seus companheiros de casa? Insuportável e a não querer ficar com a imagem manchada sozinha! O conselho que lhe dou é que nesta altura do campeonato já não consegue limpar o pó perante todo o mal que tem feito, para mais agora que está tão bem fora da casa. 

O casal que tem suscitado os aplausos dos últimos dias teve direito a vídeo romântico, sob o título Deixa Acontecer Naturalmente, todos tiveram direito a ver estas imagens que têm feito as delícias do público entre a Ana Catharina e o Diogo, o casal que se tem conhecido com tempo e demora mas em pleno. Companheiros de casa não tinham percebido ao longo da semana que a união dos concorrentes está num nível mais avançado do que deixavam que os restantes percebessem. Cláudio Ramos mostrou uma grande preferência por este novo par do Big Brother, o que não lhe ficou assim tão bem, mas como os gostos do Cláudio estão em sintonia com a maioria do público parece que poucos levaram a mal. 

Esta semana foi a Iury a mostrar a sua curva da vida e claro que existiram revelações inesperadas. A morte dos avós, o amor pela irmã e a relação de sete anos que deixou marcas pesadas que se sentem na personalidade e atos da concorrente. Uma relação de violência e medo, onde se acreditou que seria para a vida mas onde parece que se viveu em silêncio, com receio de pisar um risco que lhe era imposto, anulando-se e deixando que lhe controlassem todos os passos. A Iury já havia mostrado a sua fragilidade para com uma futura relação com o Daniel Monteiro e agora com a explicação da sua curva da vida explicou os seus receios, não sei é se está a conseguir ver o verdadeiro comportamento do bombeiro por quem está apaixonada, já que dentro da casa o seu amigo especial revelou atos e mesmo expressões que não são de todo positivos para uma relação com uma pessoa que já sofreu e pode não estar capaz de passar por situações semelhantes. Um novo alerta social a ser debatido com a ajuda de um reality show, tal como esta edição tem suscitado vários temas de conversa interessantes na sociedade dos tempos que correm.

Na fase final antes da saída da Jéssica,  a concorrente foi convidada com a Noélia a entregarem uma imunidade, que ficou obviamente para o Pedro Alves, numa fórmula pensada pela produção para tentarem acalmar o concorrente. Não foi coincidência esta imunidade pensada, mas todos fingimos que acreditamos que aconteceu por acontecer. As duas entregaram também um fim-de-semana a dois com 500€ que ficou para a Ana Catharina. Os dois foram recompensados mas deram com isso uma nomeação direta por parte do Pedro ao Daniel Guerreiro e a não possibilidade ao Diogo de ser líder esta semana para a Ana Catharina ficar com o seu prémio a ser desfrutado quando sair da casa. O Guerreiro ficou logo em castigo e para o Diogo a opção acabou por não lhe pesar assim tanto, saindo de uma semana de liderança para uma semana normal, tendo depois sido nomeado na ronda de votações.

Na prova do líder os ex concorrentes foram convidados a marcarem presença em estúdio, alguns com ar de sacrifício como demonstraram na casa nas semanas antes de saírem. Nesta reunião, onde faltou o Renato, elegeram dois concorrentes cada para os quatro mais votados competirem entre si pela liderança. Iury, Sandrina, Pedro Alves e Soraia jogaram assim um jogo de feira popular para crianças e só teve graça pelos saltos atabalhuados da Sandrina, mas onde foi o Pedro Alves a vencer, ficando com a liderança da semana. Já que estava imune de forma propositada pela produção e ganhou nova imunidade como líder, entregou uma das imunidades a Sandrina. Espero que o Pedro tenha uma semana de liderança calma, agora a jogar sozinho na casa. Não é um concorrente de que goste, no entanto e já que ficou que desfrute do jogo se não desistir entretanto por um amor repentino e à primeira vista com a Jéssica em menos de nada.

 

05
Jul20

Dinastia | T3 | Arrumar a história sem avançar

Netflix

dinastia terceira temporada.jpg

 

A terceira temporada da série Dinastia chegou, vi com calma, e sinceramente a ideia com que fiquei foi que esta nova fornada serviu para estabilizar uma história que começou bem, foi totalmente estrangulada na segunda fase e agora tentaram remendar a situação, o problema é tudo quererem fazer e conseguirem baralhar demais. 

Se numa primeira temporada foi dado a conhecer ao público o seio de duas milionárias famílias, os Carringtons e os Colbys, onde as relações se unem com ganância, corrupção, poder, dramas, conflitos e muita aparência e esta série muita novelesca conquistou, na segunda fase tudo pareceu forçado, desde a continuação da história às próprias personagens em si. Na segunda temporada além de terem de substituir atores e personagens pelas saídas repentinas de algumas estrelas, existiu quem tivesse visto a sua presença na série reduzida, aparecendo em episódios esporádicos e acabando por estragar o que estaria aparentemente previsto. Na terceira temporada, embora duas personagens tenham alterado pela terceira vez de atrizes, as coisas parecem ter corrido melhor em termos de desenvolvimento, no entanto o problema é a forma como encaixam de forma forçada as novas histórias que aparecem de um momento para o outro para depois permanecerem, mas muito descabidamente. 

Com uma terceira atriz como Crystal por incompatibilidades entre as anteriores e a produção e também com a substituição da personagem Alexis Carrington, a mãe da protagonista Fallon, que com vários acidentes vão desculpando-se com plásticas para substituírem as atrizes, nesta terceira temporada de Dinastia a história parece continuar o que foi deixado anteriormente, sem fazerem alarido às substituições como havia acontecido antes, o que mesmo assim não me agradou por perceber que não conseguem manter um elenco de temporada para temporada, para mais sempre com as mesmas personagens em jogo neste tabuleiro de substituições.