Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

mw-billboard
03
Jun20

Grandes do Futebol de regresso

 

Os jogos da Liga são retomados hoje, 03 de Junho de 2020, com a 25ª jornada e com dois jogos, o Portimonense x Gil Vicente e o Famalicão x FC Porto e estou tão contente com este regresso que nem me contenho com tanta alegria que os vizinhos até já me vieram avisar por causa do barulho por tanto anseio por ter a oportunidade de voltar a ver a bola rolar nos estádios de novo, após meses de paragem obrigatória. 

Agora a sério, vocês que veneram o futebol acham esta decisão positiva quando todas as competições foram canceladas e somente o futebol dos milhões conseguir luz verde para continuar? Tenham noção do que decidem e das medidas que apoiam quando o Covid19 continua a circular entre nós e a gerar assim controvérsias perante as decisões tomadas. Se os que ganham bem podem voltar porque os outros, os que neste momento podem ter menos para sobreviverem no seu dia-a-dia têm de ficar parados? Qual o peso dos anunciantes nesta decisão incompreendida que foi tomada e que a maioria aplaude por viverem para o futebol, sentindo aqueles orgasmos quando o seu Benfica ganha ao Sporting e o FC Porto segue na frente do campeonato. 

Isto é irreal, se todos têm de continuar parados pelos riscos que as diversas modalidades podem conter por questões de proximidade como é que somente os jogos da Liga obtiveram livre trânsito para continuarem porque os milhões dos patrocinadores são necessários e os nomes fortes do futebol não podem ficar parados.

02
Jun20

Regressa a Cultura sem touros

Imagem retirada de https://sol.sapo.pt/

Imagem retirada do portal Sol

 

O início de Junho está a assinalar o retomar de atividade em várias áreas, onde se incluem as atividades culturais, podendo realizar-se a partir de agora concertos, espetáculos teatrais, estando também as salas de cinema abertas, tudo com as novas e necessárias medidas de segurança. O que não ficou com luz verde para poder recomeçar foi a tauromaquia que terá de esperar mais uns tempos para poder iniciar, o que está a gerar descontentamento por parte de cavaleiros, forcados e todos os profissionais envolvidos que na passada Segunda-feira, 01 de Junho, protestaram junto ao Campo Pequeno, com vários rostos conhecidos a acorrentarem-se aos portões da praça. 

Não sou defensor da arte do toureiro, bem pelo contrário, mas mesmo recriminando esta histórica tradição e sua continuação tenho de admitir que neste caso está a existir uma clara discriminação por parte do Ministério da Cultura. Se permitem a retoma de praticamente todas as atividades culturais, como não o fazem com os toureiros?

O que ainda piorou esta situação foi o facto de barrarem o regresso de homens, cavalos e touros à arena quando na praça do Campo Pequeno, transformada em sala de espetáculos, foi realizado o concerto humorístico Deixem o Pimba em Paz, idealizado por Bruno Nogueira, logo no primeiro dia de abertura das salas. Coincidência ou provocação pura?

01
Jun20

Moderação no Big Brother

big brother 2020.jpg

 

O Rui deixou o Big Brother por decisão do público na segunda ronda de nomeações entre os concorrentes dentro da casa no passado Domingo. Na Segunda-feira, Sónia infringiu as regras do programa e comunicou com o futuro marido, o seu Vítor, que se aproximou da casa da Ericeira para lhe dizer para não desistir do programa, tendo existindo uma rápida conversa entre os dois e levando a feirante a ficar na mão do público para permanecer ou não no jogo. Na Terça-feira uma discussão acessa entre Pedro Soá e os restantes concorrentes culminou numa quase agressão física deste para com Teresa, tendo o concorrente sido expulso pelo Big Brother. Na Quarta-feira entre os cinco nomeados, Ana Catharina, Diogo, Noélia, Renato e Teresa, Diogo era o menos votado para sair e ficou livre, tendo acontecido o mesmo com a Ana Catharina na Quinta. 

Ontem, último Domingo de Maio, mais uma Gala com Cláudio Ramos e mais uma voltinha no carrossel no jogo dos amigos do diz que disse nas costas onde todos se tentam safar num jogo onde as aproximações por interesse acontecem. Numa gala onde foi prometido o «tudo ou nada», Noélia foi, para minha agradável surpresa, a menos votada, ficando livre de imediato para desfrutar do resto da noite, esperando que perceba que não tem de ser a «senhora lá de casa» daquelas pessoas onde muitos gostam de ter empregados para lhes fazer tudo e mais alguma coisa. Seguiram com a sessão do BB Play, onde três vídeos que tendem a criar polémica dentro da casa estavam à escolha dos concorrentes que optaram por ver Mistério por Desvendar, onde Teresa divaga sobre não simpatizar com Iury e vice-versa, dando assim o mote para criar discussão e afastamentos pelos próximos dias no jogo. Esta fórmula dos concorrentes poderem escolher entre vários vídeos sobre as polémicas da semana já não é nova e mais uma vez voltam a reformular estratégias do passado para encherem espaço dos serões de Domingo e para tentarem mexer com o jogo. O formato com o lema «Tudo ou Nada» segue, Flávia através da retirada de bolas de um saco ganhou imunidade, o que me parece que não lhe fazia falta por ser das pessoas que mais próxima se encontra de todos e que tão cedo não deverá sofrer nomeações suficientes para ir a votação junto do público.

Chegou o momento da expulsão e Sónia, que havia sido castigada por comunicar com o exterior, foi salva ao mesmo tempo que Teresa foi menos votada que o Renato, levando o açoriano a deixar a casa, seguindo os passos do Fábio, Edmar e Rui onde em vinte concorrentes, dez homens e dez mulheres só os homens têm deixado o jogo por decisão dos portugueses, lembrando que também Pedro Soá já deixou a casa por expulsão do próprio Big Brother. Com estas saídas sucessivas da ala masculina acredito que em breve a produção organize uma ronda de nomeações só no feminino ou ainda se arriscam a ficar mais de um mês com uma casa em modo «mulherzinhas», o que seria talvez um feito inédito em todas as edições do reality show. 

Nomeações a começarem sem antes a escolha do líder para a próxima semana. Sandrina, que assumiu a liderança provisória após a expulsão de Pedro Soá, foi selecionando através de várias questões do Big Brother os colegas, sem saber que estava a retirar esses mesmos concorrentes da possibilidade de serem o próximo líder, papel entregue, como que milagrosamente ao Daniel Monteiro, um concorrente com que não simpatizo, e que ansiava muito ser líder, esperando eu, como mero espetador, que a sua semana de liderança seja o mais próximo possível dos dias do Pedro Soá, onde a liderança deu direito a uma expulsão por mau comportamento para com os outros concorrentes. Daniel Monteiro teve de tomar a decisão de quem não ia nomear, tendo escolhido a sua Iury e o amigo Hélder. 

31
Mai20

Maio, mês do automóvel

despesas carro.jpg

 

Existe o dia dedicado a tudo e mais alguma coisa, quer seja nacional ou internacional, e por aqui declaro que Maio é o mês do meu automóvel.

Ao longo de Maio as despesas com o veículo começam a cair do início ao fim como se tivessem a desfilar em frente à conta bancária como que a dizer... «Queres? Então paga!». Apareceu o Seguro, cujo pagamento é feito por duas vezes ao longo do ano, o Imposto Único de Circulação, a mudança de óleo e a Inspeção com tudo aprovado. Despesas e mais despesas, euros e mais euros a saírem da conta, um lay-off a permanecer por mais uns tempos e um carro que parece que come à mesa connosco em certas alturas fixas do ano e outras vezes de forma inesperada. 

 

30
Mai20

Mais um mês de lay-off

lay off.jpg

 

Maio está a chegar ao fim e Junho prestes a começar, mês em que o local de trabalho volta a abrir portas. Porém, aqui o rapaz irá ficar mais um mês em casa porque nem todos vamos ser chamados para não ficarem pessoas a mais a trabalhar, para mais com horário reduzido, ficando assim a equipa dividida no regresso.

Como fui o último a entrar em lay-off também serei dos últimos a regressar ao trabalho, voltando somente no início de Julho, numa troca com os que forem agora assumir o posto. Por um lado estou cansado de ficar em casa, por outro e uma vez que andei adoentado por umas semanas longas neste período, também não me importo de mais umas semanas de pausa forçada, regressando quando já tudo estiver a funcionar e alinhado.