Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

01
Dez20

Horizonte de conquistas

5e9308d74a38e.jpg

 

Percorrer penhascos em busca do caminho, encontrando a reta feliz sem fiascos e desalentos. Seguir passo após passo sem oscilar, enfrentando a linha certa pelo ideal trajeto onde a liberdade de espírito acaba confinada a um só ser, o individual, onde cada qual conseguirá interpretar o que pode ou não ser a sua racionalidade perante uma sociedade tão meramente complexa como decrescentemente desmoralizadora. 

Encontrar percalços, dar a volta, criar formas de superar cada imprevisto que se atravessa pelo penhasco até se conseguir chegar a caminho exato, sem aqueles contratempos que por vezes acabam por fazer recuar até o mais resistente comum dos mortais. Pensar como um só ser, encaminhando os restantes a seguirem caminhos exatos mas sem oscilar numa só posição pessoal para não deixar que quem siga atrás se confunda num percurso onde cada qual serve de guia a quem segue leves passos, confinados e prematuros, mas onde a inspiração é fundamental para se seguir em frente, pisado pisos lamacentos mas que se foram ultrapassados anteriormente tenderão a ser conquistados de diferentes formas posteriormente. 

30
Nov20

O Inverno chegou!

frio.jpg

 

Chegamos aos últimos dias de Novembro de 2020 e hoje podemos dizer que uma vaga de frio atacou Portugal. Casas geladas e com necessidade extra de aquecimento, cama com dose suplementar de cobertores, mantas pelos sofás, casacos e capas prontos a saírem à rua, ar condicionado do carro ligado, meias grossas calçadas, botas nos pés, luvas nas mãos, cachecol ao pescoço e máscara a ajudar a proteger o rosto. Na mão segue o chapéu de chuva e a capa impermeável por perto, já que nunca se sabe quando uma rajada mais forte de vento e chuva surge para nos encharcar.

Começou a época de Inverno 2020/21 e todos sabíamos que a mesma chegaria um dia destes, nunca pretendemos é que a sua chegada aconteça, sendo um regresso anual que para muitos podia ser constantemente adiado já que o frio e a chuva não são de todo bem vindos junto do nosso corpo.

29
Nov20

Margarida Espantada | Rodrigo Guedes de Carvalho

Dom Quixote

margarida espantada.jpg

 

Título: Margarida Espantada

Autor: Rodrigo Guedes de Carvalho

Editora: Dom Quixote

Edição: 3ª Edição

Lançamento: Abril de 2020

Páginas: 288

ISBN: 978-972-20-6983-0

Classificação: 2 em 5

 

Sinopse: Margarida Espantada é sobre família. Sobre irmãos. É sobre violência doméstica e doença mental. É um efeito dominó sobre a dor.

A literatura é um jogo do avesso. Os bons romances são sempre sobre amor, e os melhores são os que fingem que não são.

Não devemos recear livros duros. As histórias que mais nos prendem trazem uma catarse que nos carrega as mágoas, personagens que apresentam as suas semelhanças connosco.

Gosto da ficção que é número arriscado de circo, com fogo e espadas, que nos faz chegar muito perto da queimadura que não vamos realmente sentir. Mas reconhecemos.

 

Opinião: Estreei-me na leitura de Rodrigo Guedes de Carvalho com Margarida Espantada, que foi uma obra recomendada, e o que posso dizer numa rápida análise é que a montanha pariu um rato do início ao fim.

28
Nov20

Caminhos

unnamed.jpg

 

Cada caminho é feito para ser seguido, aproveitando cada passo e procurando conhecer o que se espera pela frente, onde não só de retas se fazem os trajetos. Curvas e cruzamentos aguardam para se atravessarem pela caminhada a qualquer momento, deixando por vezes a linha primeiramente preparada a balançar e outras vezes, em situações mais complicadas, baralhada perante o caminho a seguir entre várias opções possíveis perante o dilema que está a ser colocado quando se fica perante uma simples escolha entre a direita, a esquerda ou mesmo a frente, qual a melhor opção, sem que por vezes se consiga perceber o que estará em cada qual mais para a frente?

Caminhar e acreditar, sentir, inspecionar e perceber que opção tomar, mesmo que por vezes seja necessário voltar um pouco atrás para seguir o que antes tinha sido o rejeitado. Cada escolha tem de valer por si, por vezes é possível voltar atrás e remediar situações, por outras é seguir em frente, dando o salto pelo troncos caídos pela estrada para ultrapassar barreiras naturais que em certos sentidos só ajudam a fortalecer a capacidade de cada um para perceber como agir numa futura decisão sobre que caminho enfrentar quando as dúvidas surgirem num novo desafio do par ou ímpar. 

27
Nov20

Caminho da felicidade

homem-andando-nos-trilhos.jpg

 

Caminhos que se fazem de avanços e recuos, retas e oscilações, percursos esses que se requerem de atenção para que nada falhe no momento de ser prestada cada prova onde todo e qualquer percalço e desaforo não pode ser levado para casa como medalha de mérito de nova etapa cumprida.

Na vida existem pontos bem essenciais para se sair vencedor. A humildade em comunhão com a resiliência, a alegria contagiante, a perspicácia pelo caminho, a sobrevivência para se ser sempre um pouco mais e melhor sem esquecer o toque de bondade, generosidade e de partilha com quem nos rodeia por bem. Na essência do dia após dia o lema das pedras da calçada que devem ser trilhadas com todos os percalços necessários é fundamental para que por cada obstáculo ultrapassado se possa conseguir afirmar que uma nova fase foi cumprida com legítimo sucesso, lutando, enfrentando e sem machucar para se seguir em frente.