Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vontade de ler O Pintassilgo

Já andava com uma certa curiosidade sobre o livro de Donna Tartt, que tem feito as delícias de muito e tão comentado pelas redes sociais e imprensa especializada. Agora, depois de ler a entrevista da autora pela revista Visão, a vontade sobre O Pintassilgo aumentou, só existindo um senão entre a curiosidade e a realidade!

O enorme número de páginas que a obra tem, 896, e a falta de tempo para a leitura não estão a ajudar a dar o sim a este tão bem criticado trabalho lançado no nosso país pela Editorial Presença.

A perda e o sentido da vida são os principais temas deste romance que narra o início da fase adulta de Theo, 13 anos, desde a perda da mãe num atentado terrorista num grande museu, até à entrada na vida de jovem adulto perdido em negócios, drogas e amores.

Conseguirei atirar-me à leitura de O Pintassilgo pelas próximas semanas? Gostava, mas tenho algum receio por não querer estar semanas a fio a ler uma só obra, embora sinta que conseguiria sair inspirado e apaixonado por este romance que levou mais de uma década a ser escrito e que tem feito as delícias de muitos numa história que vai de Las Vegas a Amesterdão, mas onde Nova Iorque é o grande centro.