Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

24
Ago20

Voltei aos espetáculos!

Amor Electro.jpg

 

Praticamente seis meses após os primeiros receios sobre o contágio por Covid 19, voltei aos espetáculos, mais concretamente com o concerto dos Amor Electro na Arena D'Almeirim, o que representa o segundo espetáculo da banda na temporada de 2020 pelos palcos nacionais. 

Não minto que fui convidado, tal como também fiz passatempo para vos presentear com convites duplos, e no momento em que me fizeram a proposta não hesitei e aceitei. Primeiro porque aos poucos todos devemos tentar pelo menos refazer o nosso dia-a-dia dentro do possível e com todos os cuidados exigidos e em segundo lugar porque sinto falta de cultura, entretenimento e dos meus momentos de bem-estar com o palco pela frente onde os artistas nos transmitem boas energias, quer seja através da música ou da representação, desde que me façam viajar e festejar fico bem. 

O dia passou, a hora de jantar aconteceu mais cedo, colocamos-nos ao caminho e chegamos antes da hora necessária, levantando os bilhetes e optando por beber café em volta do recinto onde o concerto iria acontecer, no centro da praça de touros de Almeirim, vila Ribatejana pertencente à zona de Santarém. Entradas controladas e espaçadas com medição da febre e com passagem das mãos por álcool gel, espaçamento de lugares bem notório, todo o público sentado, um ligeiro atraso no início do espetáculo, como seria expetável dado todo o novo processo demorado que as condições exigem e Marisa Liz subiu ao palco com a sua banda para um concerto que me fez perceber que afinal é possível existirem espetáculos com cuidados e boas energias de mãos dadas. No final também as saídas foram feitas de forma espaçada e com fila por fila a ser convidada a deixar o recinto sem confusão com escadas e processos para se deixar o local e cada qual seguir o seu caminho já fora da Arena. 

Num alinhamento perfeito e com uma interação entre a banda e o público fundamental para os tempos que correm, os Amor Electro sabem entreter enquanto vão interpretando cada tema com os maiores êxitos a serem intercalados com os novos lançamentos. Já conhecia o trabalho da banda, quem não, mas não tinha pensado que seria com eles que iria regressar a fazer parte da plateia de um espetáculo após os meses de quarentena e com todas as medidas necessárias perante o nosso novo normal. 

Música, conversa, piadas, algum choro emocional de Mariza Liz pelo meio com o regresso aos palcos, com tudo e todos juntos numa celebração do regresso à vida. Sentados mas com bastante vontade de levantar, dançar e cantar bem alto como uma libertação, mas não, tudo aconteceu de forma controlada e com todo o respeito pelo próximo, tendo todas as regras de distanciamento sido levadas a sério do início ao fim. Claro que devem ter existido exceções, mas pelas redondezas do local onde fiquei alojado ao longo das duas horas de espetáculo não senti incumprimento algum que me fizesse sentir receio. Acreditem e não fiquem com medos desnecessários em voltar a entrar numa sala de espetáculos, uma vez que as medidas estão a ser tomadas para que o novo normal corra nas melhores condições, tudo dependendo depois de cada um de nós para que os preparativos sejam cumpridos e não ignorados como alguns fazem de forma a provocar negativas situações completamente descabidas para quem vive numa sociedade que se pretende respeitável.

Voltei aos espetáculos em boa hora, esperando que este tenha sido o primeiro de muitos sem nova interrupção forçada! Obrigado!

4 Comentários

Comentar post