Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

30
Out20

Vergonha alheia na Nazaré

nazaré covid 2020.jpg

 

Ontem, 28 de Outubro de 2020, a Nazaré voltou a ser o centro das atenções de muitos portugueses que decidiram de forma inconsciente visitar a vila para colocarem os olhos nas ondas gigantes da Praia do Norte. Estamos em pleno estado de emergência, com as regras de circulação a ficarem apertadas com os milhares de novos casos de Covid19 a surgirem por todo o país e estes seres miseráveis não têm mais nada para fazer da vida a não ser ir para a zona do farol da Nazaré para verem os surfistas pelas ondas gigantes?

Sem respeitarem o espaço aconselhado entre cada um, muitos sem máscara e todos sem qualquer noção, milhares de pessoas num pequeno espaço de território a mostrarem que são mentes ocas, sem qualquer responsabilidade social consigo e com os outros. Será que estes seres acordaram agora de um coma profundo iniciado em 2019 e sem qualquer problema de contágio por aproximação? Qual a responsabilidade mental que estas pessoas sentirão quando daqui a uns dias perceberem que além de serem mais um número com Covid19 ainda ajudaram a que pessoas de quem gostam ficassem também com o vírus por pura irresponsabilidade?

A falta de bom senso e a estupidez geral daqueles grupos que vibram pelo surf e pelas grandes ondas é assim tão grande para não existir um pouco de noção a ponto de ao perceberem o tamanho da confusão se afastarem e voltarem atrás? Como é que isto aconteceu de um dia para o outro, sem que as autoridades tivessem tempo de reação logo pelo início do dia e só depois do mal já estar feito? Onde vive a consciência de cada um?

Já estiveram fechados em casa durante semanas, os meios hospitalares correm o risco de ficarem pelas costuras, os novos casos aumentam de forma galopante, a economia ressente-se, o desemprego com isso aumenta e estes insetos de esgoto por uma bela imagem colocam em risco vidas de forma totalmente egoísta por não conseguirem perceber que estamos num problema universal que pode atacar qualquer um, já que imunidade não existe, muito menos sorte por ser exceção. 

Se cada um fizer a sua parte de forma correta os riscos serão menores, não estou assim a afirmar que com todos os cuidados possíveis e imaginários que não poderemos ser infetados, mas se o descuido e a irresponsabilidade acontecerem claramente as hipóteses de contágio serão maiores. Estes otários não se respeitam minimamente, como poderão assim pensar nos outros? Este problema não é somente um problema pessoal, mas parece que existem infelizes que não conseguem encaixar essa ideia de forma fácil.

Vergonhoso o que aconteceu na Nazaré neste dia 28 de Outubro e que deverá ficar lembrado como mais um mau exemplo do que o povo português consegue fazer por se encontrar "nem ai" para com o próximo nesta pandemia mundial! 

 

nazaré covid.jpeg

nazaré.jpeg

 

 

As Ondas Gigantes da Nazaré em livro...

as ondas gigantes da nazaré.jpg

2 Comentários

Comentar post