Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

25.12.17

Vencedores dos convites duplos para Pocahontas [26/28/29/30.12.2017]


O Informador

pocahontas.jpg

Ao longo das últimas semanas a Yellow Star Company presenteou o público com um novo espetáculo de Teatro no Cinema e desta vez recorreu ao sucesso de Pocahontas para encher uma das salas dos Cinemas UCI El Corte Inglês em Lisboa com a magia da Disney.

Com o final do ano chega também ao fim a temporada de Pocahontas onde Sofia Ribeiro e Marta Faial brilharam no papel principal ao lado de João Correia, Quimbé, Leandro Pires, Mario Pais, Pessoa Junior, Débora Monteiro, Fernando Oliveira e João Vilas que compõem o elenco encenado por João Didelet numa adaptação de Paulo Sousa Costa. 

Os leitores do blog tiveram a derradeira oportunidade para ganharem convites duplos para uma das últimas sessões de Pocahontas, tendo agora chegado o momento de revelar os sorteados para as sessões de dia 26, 28, 29 e 30 de Dezembro, sessões das 16h00.

Pedro Sousa, Ana Sofia Silva, Carlos Rodrigues, Cláudia Teixeira e Natalina Gancinho foram os vencedores dos convites duplos para a sessão de dia 26. Já a Rita Penedo, Cristina Nascimento, Marina Frias, Sara Tanqueiro e Teresa Figueiredo venceram os convites para dia 28. Para dia 29 os sorteados foram Luís Costa e Silva, Cláudia Dias, Elsa Nunes, Maria Gonçalves e Paula Carvalho, sendo que para Sábado, 30, os vencedores são a Gisela Dias, Natália Guia, André Xavier, Maria Simões e Isabel Duarte.

Parabéns aos vencedores e Obrigado a todos os que tentaram a sua sorte, partilhando este desafio pelas redes sociais!

Era uma vez... uma índia chamada Pocahontas que pertencia à tribo dos Powhatans, na Virginia, no Continente Norte-Americano. Pocahontas era uma menina bastante meiga, mas muito independente e rebelde, uma verdadeira dor de cabeça para o seu pai, o Chefe Powhatan. Na tribo índia e em todo o Continente, vivam-se tempos conturbados, devido à invasão dos colonos ingleses, que se estavam a apoderar dos terrenos dos Powhatan. Um dia, vários colonos foram capturados pelos índios e o Grande Chefe Powhatan sentenciou-os à morte. Seriam executados na lua seguinte. No momento exacto da execução, Pocahontas interrompe a cerimónia e implora a seu pai que não cometa a barbárie, segundo ela, a violência apenas ia gerar mais ódio e mais violência. O Chefe Powhatan acedeu ao pedido da filha. Entre os colonos sentenciados à pena capital estava John Smith que, depois de ver a sua vida poupada, jura amizade eterna aos índios e, em especial a Pocahontas. Desta amizade irá surgir uma intensa história de amor, que irá esbarrar no preconceito racial entre dois povos com motivaçõe distintas.