Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ebooks-billboard

Vem aí a passagem de ano...

passagem de ano.jpg

 

Na passagem de ano quantas reuniões da Tupperware existirão por este Portugal fora? Este ano aqui por casa seremos três e somente três e um cão.

Verdade que poderia ter uma passagem diferente dentro da diferença, mas optei por ficar em casa, sem sair, ficando a ver 2020 terminar no calor do lar, muito possivelmente de manta nas pernas e pijama quente no corpo, em espera ou não pelas 00h00 para ver o novo ano a surgir sem pompa e circunstância, já que os grandes eventos, o fogo e as luzes habituais desta noite festiva desta vez não existem, a não ser para quem esteja na Madeira e possa ver das suas varandas e janelas, caso estejam bem situadas, o grande fogo de artifício que existirá no Funchal onde mesmo em tempos de pandemia acontecem porque nada naquele arquipélago pode ser tirado aos seus habitantes e turistas, enquanto que nós, continentais, podemos ficar fechados a partir das 23h00 do dia 31 de Dezembro, podendo arejar somente na manhã de dia 01 de Janeiro até às 13h00, tal como nos dias seguintes, já que de tarde o Covid19 tem mais força e pulula pelos corpos indefesos de quem se atrever a conviver pelas avenidas e ruelas deste país de comércio fechado e esplanadas encostadas pelos cantos. 

Votos de um 2021 melhor que este 2020 que agora termina, pensando que amanhã ao acordar estaremos num novo ano, com tudo na mesma, com uma esperança a ser reforçada com as múltiplas vacinas que vão surgindo para acalmar este malfadado vírus que nos veio roubar a liberdade que nem sabíamos aproveitar da melhor forma. O novo decreto para esta passagem de ano é só mesmo um... Ficar em casa para acordar num amanhã sem melhoras e somente com mais do mesmo!

Bom ano!

 

4 Comentários

Comentar post