Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

bandadesenhada-970x250-billboard

Ups! Perdi o carro!

Não, eu não sou despistado nem esquecido, simplesmente estava distraído e a memória apagou por momentos o que tinha feito duas horas antes! Perdi o carro num parque de estacionamento público e de rua, será possível? Comigo é!

Estacionei, fui às compras pelo Vasco da Gama, passei pelo Casino e quando estou de regresso ao carro, por sinal com a carteira um pouco mais recheada, comecei a entrar em pânico. Ao longe e conforme me dirigia ao local onde achava que tinha deixado o veículo logo comecei a ter noção que não o estava a ver, no entanto resolvi aproximar-me, já meio confuso e a pensar se me tinham levado o Opel só por embirração por ainda não ser uma máquina dos tempos modernos. Mesmo não o vendo fui praticamente ao lugar onde acreditava que tinha estacionado, já meio bloqueado dos nervos e a pensar no que fazer naquele momento sem carro, sozinho e no meio de Lisboa. 

Isto até que me lembrei que tinha encontrado lugar logo à chegada e que isso fez-me estacionar muito antes do local onde é hábito, esquecendo-me por completo daquele ato quando estava de regresso para tentar voltar a casa. A lembrança apareceu, retomei o caminho desejado, encontrei o veículo, entrei e «bora lá» para casa que já se faz tarde! 

Só mesmo eu para andar feito barata tonta nas ruas do Parque das Nações em busca de um carro perdido por falta de memória num momento crítico! Só filmado!

2 Comentários

Comentar post