Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Uns não pagam pelos outros

José Sócrates é o centro das atenções do espetáculo que se têm vindo a tornar a sua detenção. Todos queremos saber o que se está a passar nesta vida real e o show está lançado, com jornalistas, câmaras, carros de produção e curiosos à porta dos locais por onde o filósofo tem passado os seus últimos dias, entre viagens a alta velocidade e as saídas para ir ao supermercado do seu advogado, tudo tem sido contado para Portugal e o Mundo assistirem em primeira mão!

No entanto agora surgem as notícias e comentários políticos de que o novo líder do PS, António Costa, pode vir a perder seguidores e admiradores, como se andasse pelas redes sociais a fazer furor, por pertencer ao mesmo partido. O que o atual candidato a primeiro-ministro tem haver com o corrupto do passado? Sócrates sempre seguiu uma linha nebulosa que agora está a ser analisada ao pormenor, podendo ainda ser considerado inocente, depois de todo o espetáculo que foi criado, o que é duvidoso. Costa lidera o partido de ambos e como ninguém é igual a ninguém, estes dois senhores também não são iguais, não seguindo as mesmas linhas. Não quer dizer que Costa não possa vir a fazer tantos ou mais estragos que o seu antigo companheiro de viagem, no entanto por agora as coisas são o que são e como Passos Coelho revelou, «os políticos não são todos iguais».

Coelho não é igual a Guterres que foge da linha de Lopes que nem quer saber do que tem sido feito por Rodrigues que por sua vez nega ser semelhante a Louça que finge nem sequer conhecer o Silva que nem tem praticamente a mesma idade de Sousa. Costa não é igual a Sócrates e isso é o que o atual líder tem de afirmar e mostrar contra os seus adversários que estão dispostos a aproveitar o show de Sócrates para conseguirem ganhar pontos. 

Portugal adora um bom espetáculo deste género, com todas as luzes da ribalta a apontarem para um ator bem conhecido por todos que agora é notícia mundial. O tribunal tem feito o seu trabalho pelas últimas horas e ajudado à festa porque o pano subiu e o público está sedento de novidades quentes e boas.