Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

02.01.18

Uma Vida Muito Boa | J. K. Rowling


O Informador

uma vida muito boa.jpg

Autor: J. K. Rowling

Editora: Editorial Presença

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Dezembro de 2017

Páginas: 80

ISBN: 978-972-23-6135-4

Classificação: 4 em 5

 

Sinopse: Em 2008, J.K. Rowling proferiu um discurso profundamente marcante na Universidade de Harvard perante uma audiência de jovens recém-formados. Uma Vida Muito Boa, agora publicado pela primeira vez em língua portuguesa, contém palavras sábias de J.K. Rowling, proporcionando orientações a todos os leitores que se encontrem num momento de viragem decisivo das suas vidas, colocando questões profundas e estimulantes: como aceitar o fracasso? Como podemos usar a nossa imaginação em benefício não só de nós próprios mas também dos outros?

Partindo das suas vivências enquanto jovem recém-formada, a mundialmente famosa escritora trata neste pequeno livro de algumas das questões mais importantes da vida com inteligência e força emocional. Abordando temas como o fracasso, as adversidades, a imaginação e a inspiração, este livro permanece tão relevante hoje como da primeira vez que J.K. Rowling proferiu estas palavras, há 9 anos.

A Presidente da Universidade de Harvard, Drew Gilpin Faust, afirmou: «O percurso de J.K. Rowling constitui um poderoso exemplo. O discurso que a autora de Harry Potter proferiu constitui uma dádiva extraordinária para todos nós que tivemos o privilégio de a ouvir e agora de a ler.»

J.K. Rowling doará as receitas provenientes das vendas deste livro à Lumos Foundation, instituição de solidariedade a que preside.

 

Opinião: J. K. Rowling foi convidada para fazer o discurso de abertura da cerimónia de formatura na Universidade de Harvard em 2008 e a autora de Harry Potter através do seus momentos únicos e palavras sinceras conseguiu, embora de início reticente, chegar ao coração dos seus ouvintes numa cerimónia que todos os que a presenciaram deverão manter nas suas recordações para a vida. 

De leitura rápida, para as páginas de Uma Vida Muito Boa foi transcrito todo o discurso que J. K. Rowling proferiu, fazendo-o acompanhar neste pequeno volume por imagens descritivas sobre cada momento que é contado ao longo do texto que mostra que do insucesso à glória, todos poderemos conquistar algo mais para as nossas vidas. O que a autora acabou por fazer foi uma simples mas grande demonstração da mudança que cada um pode implementar em si, bastando deixar que os seus sonhos se tornem realidade, lutado para que tal aconteça sem deixar que quem sempre esteve do seu lado ficasse para trás. 

Dando conselhos sobre os pontos de vista pessoais para atingir o sucesso e usando a imaginação para alcançar novos patamares, em Uma Vida Muito Boa os fãs de Harry Potter não são esquecidos porque ter Rowling a discursar sem dar um toque do seu mundo mágico não seria a mesma coisa e numa tentativa de orientação para os alunos formatos em Harvard a comparação com o sucesso da sua saga é inevitável, mostrando que é lutando pelo desejo que se conseguem atingir os objetivos, mesmo que pelo caminho o fracasso apareça para ajudar a reforçar a força perante o futuro. 

J. K. Rowling conta ao longo do seu discurso partes da sua vida onde da dona de casa que é mãe e trabalha consegue aos poucos chegar a outros patamares, trabalhando em vários locais até alcançar a fama através do sucesso do seu Harry Potter. Foi através do que passou que conseguiu criar, transformar e orientar o seu futuro onde a imaginação não faltou.

Um discurso sincero, virado totalmente para a ambição e conquista mas sem esquecer os maus momentos que devem ser ultrapassados na vida. Com o estilo de Rowling este livro serve como uma inspiração para os fãs da autora que podem ter assim do seu lado pequenos apontamentos sobre a mesma onde mostra que o poder de que necessitamos está dentro de nós, só precisamos de o encontrar. 

Esqueçam as histórias de aventuras, os thrillers e os romances porque em Uma Vida Muito Boa não existe nada disso, tendo este livro o discurso, tal como foi proferido, da abertura da cerimónia de formatura na Universidade de Harvard em 2008. É sobre esse contexto que este lançamento se baseia, fugindo da base de tudo o que já foi lançado por J. K. Rowling, mas numa ideia que poderá ser desenvolvida e ser talvez o ponto de partida para algo mais pelos próximos tempos. 

 

2 comentários

Comentar post