Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ebooks-billboard

Um ano passou...

d0d452d7-1eb3-4cf7-8bb9-96e7e2173480.jpeg.jpg

 

Já lá vai um ano desde que Portugal foi obrigado ao primeiro confinamento. Ora vamos para casa, ora voltamos a ter alguma liberdade, as semanas passaram, o número de casos oscilou bastante e um ano depois, após um segundo confinamento geral, eis que estamos a desconfiar de novo.

Cansado destas paragens forçadas, o dia em que tudo parou pela primeira vez está na memória, parecendo que foi ontem mas não o foi. Parece que tudo passou tão rápido, mas no final das contas um ano com um novo estilo de vida, sem grandes liberdades, frustradas ausências e grandes pesadelos perante a permanência de um vírus tão difícil de domesticar.

A vida mudou e neste momento, em que já tenho provisoriamente o regresso ao emprego marcado, tenho a ideia de que a minha relação com o atual trabalho foi alterada nos últimos meses, não existindo a mesma força que quando o desconfinamento aconteceu o ano passado. Sei que quando voltar estarei com a dedicação de sempre, no entanto existe um mas interior, daqueles que não consigo explicar para já. 

Há um ano estava bem, há meio ano regressei com vontade, mas desta vez não tenho bem a certeza sobre se este regresso faz sentido. A ausência e a distância por vezes acabam por mostrar outros caminhos que devem ser seguidos com convicção, dando essa mesma ausência a incerteza sobre a possibilidade da mudança.

Neste momento a ideia que tenho em mente é só uma. Veremos daqui a umas semanas como tudo irá correr nos primeiros tempos para repensar o futuro!