Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

infantil-billboard
07
Mai20

Teatro de Fantoches | M. W. Craven

Topseller

teatro de fantoches.jpg

 

Título: Teatro de Fantoches

Título Original: The Puppet Show

Autor: M.W. Craven

Editora: Topseller

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Fevereiro de 2020

Páginas: 352

ISBN: 978-989-668-843-1

Classificação: 4 em 5

 

Sinopse: Haverá algo pior do que ser queimado vivo?

Um assassino em série anda à solta. Ele raptou, mutilou e queimou homens nos círculos de pedra pré-históricos do condado de Cúmbria. Não deixou pistas, e a polícia está desorientada. Quando o nome do inspetor Washington Poe é encontrado gravado nos restos carbonizados da terceira vítima, ele é chamado a participar na investigação.

Poe não se quer envolver, mas o cruel assassino tem um plano e, por alguma razão, o inspetor faz parte dele. Acaba, então, por formar equipa com a brilhante, mas socialmente desajustada, analista de dados Tilly Bradshaw, e juntos irão identificar pistas que sóPoee consegue seguir.

À medida que o número de corpos carbonizados aumenta,Poee percebe que há muito mais em jogo do que poderia imaginar. E, num final chocante que destrói tudo aquilo em que acreditava sobre si mesmo, o inspetor descobre que há coisas ainda piores do que ser queimadovivo……

 

Opinião: «Vou ler um policial que é anunciado como sendo dos melhores do ano e que depois será mais do mesmo» poderá ter sido um dos meus pensamentos quando selecionei Teatro de Fantoches para me fazer companhia por uns dias. No entanto e logo quando comecei a entrar na história percebi que não estaria perante mais um, mas sim de uma narrativa bem composta e cativante logo de início. 

Protagonizado por uma dupla improvável e impecável, composta por um inspetor em pausa que é chamado ao ativo quando o seu nome é envolvido num ciclo de homicídios, Washington Poe, um homem com intuição, senhor de si e com o seu lado de arrogância mas ao mesmo tempo de coração mole quando do outro lado existe sensibilidade, e Tilly Bradshaw, uma jovem analista inadaptada que figura nos quadros judiciais, com uma inteligência e perspicácia acima da média. Juntos formam um par que parece não resultar, mas como em muitos casos, os opostos atraem-se e até em equipa isso acontece por existir sempre a diferença para que as falhas de um resultem no sucesso do outro. 

Um thriller policial excelentemente composto e bem contado, de forma ágil, simplificada e direta enquanto locais e situações são descritos sem falhas pela capacidade de levar o leitor a entrar numa história alucinante e querer saber mais através de personagens que unem a seriedade com ligeiros toques descontraídos como pessoas reais. Com o recurso a capítulos curtos e com andamento, sempre com novas pistas e suspeitas a serem reveladas para não se cair no cansaço e ainda conseguir baralhar o leitor, Teatro de Fantoches é daquelas narrativas com acontecimentos permanentes porque tudo se vai alterando a cada passo até ao final que acaba por surpreender pela reviravolta dada mesmo pelos últimos momentos. 

M. W. Craven criou em Teatro de Fantoches um bom thriller, sabendo conduzir excelentemente o leitor ao longo de cada capítulo, sem revelar demais e só deixando a verdade cair mesmo quando tudo parece, atenção que só parece, terminar. Totalmente recomendável a quem gosta de perseguir criminosos pelas suas leituras!

 

 

 Compra AQUI o teu exemplar de Teatro de Fantoches

teatro de fantoches livro.jpg