Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

22
Fev18

Mijar sentado

xixi.png

O título poderá cair mal, mas existe tanto pingo a cair mal por aí, que acredito que ao lerem o atual texto acabarão por perceber que mijar sentado faz todo o sentido para distinguir esta de outras publicações sobre xixi. 

Homens deste Mundo, sim não digo deste país porque existem várias nações a passarem aqui pelo blog, qual de vocês nunca ouviu o refilar das Mulheres sobre o levantar da tampa da sanita ou os pingos que saltam fora do recipiente indicado e ficam, sem querer, no chão, nos tapetes e afins após o ato de urinar? Desde pequeno que em casa sempre ouvi a velha história dos pingos, de que é necessário limpar os vestígios que ficam pelas redondezas, e acabei por me cansar ao longo da adolescência desse mesmo texto, como se uma cassete pirata e riscada rodasse sempre que ia ao wc. Optei por em casa me sentar para fazer o meu xixi, seja a que horas for.

É verdade, muitos Homens, cansados do burburinho dos restantes membros de casa, optam cada vez mais por se sentarem para descarregarem a sua bexiga e é esse o caminho a seguir. Poupa-se o trabalho de limpar, não se ouvem as velhas frases mais que usadas e as discussões sobre o assunto não acontecem. Não custa nada e ainda conseguem ficar sentados por um bocado a refletir sobre a vida e sem a necessidade de concentração para terem a pontaria certa. 

Em locais públicos o sentar não existe, mas em casa própria ou de outra pessoa a opção mais correta e social é a de evitar os pingos espalhados por tampos e chão, poupando tempo, chatices e marcas indesejadas. 

29
Nov15

Xixi do Tomé

Tomé Novembro 2015.JPG

Este menino faz as suas necessidades fisiológicas pela rua, quando de manhã e à noite vai dar a sua volta! Só que hoje ficou tão contente por estar a brincar na cama do dono, território geralmente proibido, que não aguentou a sua bexiga e quando demos por isso já os pingos e a mancha estavam a fazer marcação no edredão azul. 

Oh Tomé, como é que fizeste isto? Uma autêntica criança que com a brincadeira consegue esquecer-me que tem de pedir para fazer xixi no seu local habitual.