Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Uma oferta nada tentadora

rede.jpg

Não sei se quem tem serviços de televisão, internet e telefone em casa já recebeu uma chamada dos assistentes da sua operadora para vos proporem um novo pacote onde ficaria incluído o telemóvel, que no meu caso está numa outra rede. Se não receberam devem estar a receber, mas vou falar do meu caso. 

Andaram semanas a tentar ligar do grupo X, o que a aplicação Sync.ME fez com que não atendesse, uma vez que este aplicativo identifica a chamada como Spam, dando ao mesmo tempo indicação de quem está a ligar quando o número não está na lista de contactos. Não atendi durante vários dias seguidos os números que me ligavam do X, mas acabei por me cansar e num momento em que até estava bem disposto resolvi atender. Ouvi a proposta que o assistente me tinha para oferecer e no final tive de inquirir, claro.

Neste momento pago 35,98€ pelo serviço de televisão, internet e telefone (que está desligado), isto através da rede X. Já o telemóvel está ligado à rede Z onde pago 3,99€ por semana com chamadas e mensagens ilimitadas, 5GB de internet, mais 5GB de Netflix, 5GB de Youtube e 5GB destinados às redes sociais. Enfim, no final do mês o telemóvel podia ficar mais barato mas tendo menos capacidades de ligações.

Chamadas não identificadas

anónimo.jpg

De há uns dias para cá uma certa operadora de comunicações iniciou o seu longo e chato processo de chamadas para me convencer a alterar o tarifário atual. Pela primeira vez atendi em chamada com número não identificado, ouvi as primeiras palavras que me tinham a dizer, percebi que a chamada estava complicada e pedi desculpa mas que ia desligar. Após novas tentativas em vão porque não foram atendidas, lá me resolvi falar com quem estava do outro lado de uma chamada anónima e novamente com um ruído de fundo que me causou estranheza. Mostrei desagrado por ligarem de forma confidencial e mostrei dúvida para com o ruído de fundo, voltando a desligar. Neste momento continuam a insistir no contacto mas será em vão porque não irei atender!

Quero agora levantar uma questão! Se através de mensagens escritas as operadoras móveis conseguem identificar de onde vem a mensagem, colocando o nome, tal como acontece em mensagens publicitárias que possuem o remetente sem que este esteja na nossa lista telefónica, porque não o fazem também com as chamadas? Sei que se me ligarem com o número identificado como sendo de uma operadora móvel ou de qualquer agência publicitária que a hipótese de não atender é menor, mas talvez pondere melhor se rejeito ou não a chamada. Agora em anónimo e ainda com interferências que me levam a desconfiar sobre quem está do outro lado começa a ser problemático porque não sei ao certo se posso confiar naquela chamada.

Fraude nas telecomunicações

telecomunicações.jpg

Há uns tempos começaram-se a ouvir queixas sobre cobranças indesejadas por parte das operadoras de telecomunicações sobre valores que aparecem nas faturas de conteúdos que não são subscritos pelos consumidores mas que depois são cobrados com desculpas por parte das operadoras. 

Já ouvi que operadoras justificam valores avultados nas faturas de alguns clientes como sendo por compras online, visionamento de vídeos pornográficos, jogos e chats pagos, mas depois não conseguem apresentar a verdadeira justificação com horários e tempos de consumo. Na verdade esses consumos por vezes não poderiam existir, mas as ameaças sobre o não pagamento com processos em tribunal fazem com que muitos paguem e tentem esquecer o assunto, mesmo sabendo que não consumiram tais conteúdos. 

Agora a Autoridade Nacional de Comunicações - ANACOM - parece estar em cima deste tipo de ações e já terá avisado os operadores para existir cuidado com este tipo de cobranças junto dos clientes que não subscreveram os conteúdos, existindo intenção de alterar legalmente a proteção aos consumidores na Lei das Comunicações Eletrónicas para com este modo de roubo que tem acontecido ultimamente. O cliente não subscreve, não autoriza, não sabe de nada e no final de cada mês aparece a conta para serem pagos valores desconhecidos e que não foram dados a conhecer com um aviso de subscrição. 

Continuar mas com desconto...

Dei-vos conta de que andava a analisar a oferta dos vários operadores de televisão e internet para deixar o MEO e saltar para a Vodafone, no entanto e após uma longa conversa telefónica com uma operadora da primeira, eis que optei por permanecer mas com uma baixa no valor do pacote que continua a ser o mesmo que outrora mas com um maior desconto. 

Estava praticamente convencido a alterar de operadora e passar pelo processo de instalação pelos próximos dias, no entanto sabia de antemão que ao ligar para fazer o cancelamento do acordo que mantive até agora que me iriam tentar manter como cliente e assim foi. Primeiramente deram a indicação que não poderiam baixar o valor contratual, antes mesmo de saberem a razão para querer sair. Depois quando expliquei que tinha uma oferta bem melhor feita pela concorrência começaram a mudar de discurso e após duas propostas falhadas, eis que acabei por aceitar ficar a pagar o mesmo que iria ser praticado pela concorrência, mantendo o pacote que tenho mantido ao longo dos últimos três anos. 

Ou seja, fico praticamente com um desconto de 23€ mensais assim do nada e somente porque querem manter o cliente. Não percebo como as empresas de telecomunicações não optam por praticar uma maior concorrência direta e obrigam de certo modo a que nós, enquanto utilizadores, sejamos obrigados a ver as ofertas e a falar com o outro lado da barricada para tentarmos ficar a ganhar com o mesmo tipo de serviço. Só nesse momento e após perceberem que têm de agir é que fazem propostas para se baixarem os acordos. 

Mudança de Operador

Pelos últimos dias andei a analisar as ofertas disponíveis para o sistema de Televisão, Internet e Telefone (que não utilizo) e vou ou pelo menos tenciono alterar e sair do MEO para dar preferência ao serviço da Vodafone que além de oferecer praticamente os mesmos canais de televisão e um melhor serviço de Internet, em modo Fibra, o preço faz a diferença.

Neste momento tenho televisão via Satélite e Telefone e Internet por ADSL, sendo que se mudar mesmo fico com tudo com Fibra e a um preço mais baixo. Estou a pagar 48,98€ há anos e teimam em não me quererem baixar a mensalidade e agora que a Vodafone chegou à aldeia por 28,90€ é de aproveitar. Fico melhor servido e com uns euros a mais no bolso mês após mês.

No Sábado liguei para a Vodafone para saber todas as informações necessárias e fiquei totalmente esclarecido, tendo agora de dar baixa do MEO para fazer o novo contrato. Ontem, Domingo, liguei para o MEO e o esclarecimento que tive para finalizar o serviço deles foi que ao fim-de-semana não prestam aquele serviço, tendo ficado agendado para me ligarem na manhã de hoje para resolvermos a situação. Acham que acreditei que me iam ligar? Claro que não acreditei e daqui a pouco, após o almoço tomarei de novo a iniciativa de ligar para ver o que irão complicar para não me deixarem desistir dos seus serviços aos quais já não estou fidelizado.

MEO ou Vodafone? Ajudem-me!

Faço pressão com a MEO para me baixarem o preço do pacote ou mudo para tudo para a Vodafone. Vou passar a explicar a situação...

Televisão, internet e telefone fixo sou cliente MEO Satélite e ASDL respetivamente. Telemóvel sou cliente Vodafone. Pelo serviço MEO pago na totalidade 48,98€ e na Vodafone 3,99€ por semana com chamadas e mensagens grátis para todas as redes, 5Gb de internet e outros 5Gb de Youtube, não descontando pelas redes sociais. Agora a Vodafone Fibra chegou à aldeia e poderei pagar 28,90€ por televisão, internet e telefone ou 56,90€ se juntar o telemóvel.

O que devo fazer? Mudar totalmente e tudo para a Vodafone ou fazer pressão com o MEO, já que agora existe uma opção mais barata na zona, para me baixarem os preços do pacote que tenho e que até me agrada e ainda talvez migrar também o telemóvel? Estou tentado a questionar o grupo MEO para me manter cliente com novos preços dentro do que a concorrência pratica e só caso não consiga entrar em acordo saltar e mudar para a Vodafone.

Não falo aqui da NOS porque os preços praticados são praticamente os mesmos com a MEO, como tal não entra neste questão porque a mudar para igual não vale a pena. 

Escrupulosamente chato!

Sinto e confesso que sou um chato para com as facturas que tenho de pagar, com os talões e comprovativos de pagamento! Tenho todas as facturas das comunicações guardadas com os respectivos pagamentos desde o início, por exemplo!

Ah pois é, com as pessoas com quem vou falando tenho percebido que sou um pouco escrupuloso com certas coisas. Desde a primeira factura que paguei da mensalidade de uma placa de internet que tenho tudo colocado dentro de micas arquivadas por dossiers até aos dias que correm. Comecei a trabalhar com a extinta TMN, passei pela Vodafone e neste momento é com o MEO que cumpro contrato de televisão, internet e telefone fixo, estando o telemóvel ainda livre de factura mensal por ser de carregamentos antecipados. 

De há praticamente dez anos para cá fui sempre guardando todos os papéis e papelinhos com as descrições de gastos e respectivos comprovativos de pagamentos. Sei de antemão que daqui a uns tempos quando tiver a minha própria casa com os seus respectivos gastos mensais que irei continuar a arquivar tudo nos seus respectivos lugares como forma de controlo.

Finalmente...

Um mês e meio depois de ter começado as tentativas para o desbloqueio do telemóvel junto da Vodafone, eis que uma funcionária da loja do Chiado em apenas dois minutos fez uma explicação que resolveu tudo de uma vez. Ouvi o que me disse, cheguei a casa e coloquei em prática e está feito!

Será que ao longo destas semanas, após ter falado com cinco pessoas da operadora em loja e por chamada, custava assim tanto fazerem uma simples explicação como foi me foi feita desta vez? Por vezes os anos em que se está em funções numa empresa contam e aqui está uma das provas!

As dificuldades da Vodafone

Três é o número de vezes em que fiz o pedido de desbloqueio do telemóvel no último mês à Vodafone e três foram as negas que a operadora me deu indiretamente. Primeiro fui a uma loja, esperei cinco dias por uma sms que nunca chegou! Após ter percebido que nada tinha acontecido liguei para a operadora e fiz novo pedido, o que voltou a não resultar, sem qualquer aviso após os cinco dias do pedido. Voltei a dirigir-me a uma loja da operadora, voltei a fazer o pedido de desbloqueio em modo de protesto e após o prazo nada voltou a acontecer. 

Liguei para o Apoio ao Cliente onde é complicado falar com um operador e protestei, só faltando dizer que a Vodafone é uma ... quando é necessário tratar de algum assunto que não os beneficia. Já estou em stand by há um mês por culpa de uma operadora que não consegue resolver a sério uma situação. Percebo que não querem ver os clientes a fugirem mas com tais atitudes também não pensem que vou ficar num local onde percebo que não conseguem facilitar a vida do cliente. 

Com um rapaz do outro lado da chamada, um fanhoso por sinal, expliquei em alto e bom som todo o processo demorado e complicado, e sem me ter explicado enquanto falávamos diz que voltou a fazer o pedido de desbloqueio, o que terei de esperar por mais uns cinco dias por uma sms com a afirmação que já está tudo resolvido.

Desbloqueio (continua) complicado!

Fez hoje uma semana que me dirigi a uma loja Vodafone com a finalidade de desbloquear o telemóvel para assim que possível me mudar para a MEO. O atendedor realizou todo o processo e deixou-me com a mensagem que entre três e cinco dias úteis receberia uma mensagem para depois fazer a continuação do processo e ficar assim com o aparelho desbloqueado. Tudo muito bem se não tivessem passado os cinco dias sem qualquer comunicação!

Hoje liguei para o Apoio ao Cliente e percebi que afinal também dá para desbloquear o aparelho sem ter de ir até uma loja. Realizei o processo e terei de esperar de novo de três a cinco dias úteis para alguma novidade que me será comunicada via sms.