Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contadores de histórias do Porto

  Os tempos de quarentena forçada começam a pesar e também a abrandar, embora os cuidados com as proximidades tenham de continuar a fazer parte do nosso dia-a-dia por precaução com a nossa saúde e a dos outros aos poucos vamos retomando a nova normalidade. No entanto começamos com as saídas à rua para além das deslocações para o trabalho e supermercado, sendo necessário agora ocupar o tempo em sossego e com planos onde poderemos desfrutar da comunidade e onde os riscos ficam (...)

Nome secreto da Gruta do Sangue

  Visitar Tomar significa ter de subir ao Castelo para percorrer os inúmeros corredores do Convento de Cristo, no centro histórico procurar as Igrejas de São João Baptista e Santa Maria do Olival, sem esquecer a Sinagoga e Museu Luso-Hebraico Abraão Zacuto e a Mata Nacional dos Sete Montes, entre outros locais simbólicos da cidade. No entanto é mesmo pela Mata Nacional que vos quero mostrar algo mais, a Gruta do Sangue que para alguns tem uma alcunha bem particular e por isso a (...)

Sainte Chapelle, a capela inesperada

  A viagem a Paris teve dentro do previsto algumas surpresas, entre elas a capela gótica Sainte-Chapelle que não estava nos planos de visita iniciais mas que ao surgir pelo caminho acabou por nos convidar a entrar e que surpresa.  Situada na Île de la Cité e construída na época de Luís IX no século XIII, esta capela serviu o palácio real que nos dias que correm serve de Palácio da Justiça. Com dois pisos e duas capelas que se sobrepõem é a superior, a que serviu a família (...)

Torre Eiffel

  O final de tarde do primeiro dia em Paris foi para passar pela Torre Eiffel. Na mente já tinha a ideia bem vincada de que não iria subir. No local ainda hesitei se deveria ceder ou não em me deixar ir até à fila, uma vez que não tinha o bilhete comprado porque a ideia era só ver do chão e não subir. Hesitei mas foi percetível através de informação de que não dava para subir ao topo, ficando assim a ganhar e sem ser mais pressionado a subir a um dos principais destaques (...)

Penínsulas de Tróia e Setúbal: o Melhor da Gastronomia, Vinhos, Natureza e Golfinhos

A península de Tróia e Setúbal é uma bela região, com muito para visitar. Conheça algumas das coisas que pode fazer neste recanto de Portugal! A baía de Setúbal é considerada uma das mais belas do mundo. Com excelentes praias na região de Tróia, o castelo de Palmela, a bio-reserva do rio Sado e o património gastronómico são razões mais que suficientes para visitar esta excelente região de Portugal. Se (...)

O Alentejo

Deitar cedo num serão pacato no seio alentejano é sinónimo também de acordar pelas primeiras horas da manhã, com o sol a espreitar e os animais, principalmente os galos e rolos, a lembrarem todos os humanos, que se encontram pelas suas proximidades, de que já é dia e horas de levantar. Um acordar preguiçoso, com olhos meio abertos, esticar pernas e braços antes de dar o pulo para poder calçar chinelos e começar a fazer a primeira e rápida higiene diária. Tudo aqui tem o seu (...)

Visita ao Palácio de São Bento

O Palácio de São Bento abriu as suas portas ao cidadão comum, de forma gratuita, através das Jornadas Europeias do Património 2014 neste último fim-de-semana de Setembro. Passeei pelos corredores e salas do edifício histórico, visitando todos os espaços disponíveis para percorrer, começando pelo Claustro e terminando na Biblioteca! Vendo o Átrio, os Jardins Interiores, (...)

Barragem de Alqueva

As férias deste ano já terminaram há alguns dias, mas como optei por ir mostrando várias imagens dos locais por onde passei por aqueles dias, aqui ficam as que fui tirando pela passagem junto às margens da Barragem do Alqueva! Um lugar onde a natureza foi transformada pelo homem, a região do Alqueva é (...)