Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vícios online

Constantemente somos levados a proferir determinados comentários sobre o modo como os jovens, desde bem cedo, olham para o mundo dos jogos online, dos vídeos e das redes sociais onde conseguem passar horas e horas sem desviarem o olhar e mesmo o pensamento sobre os ecrãs de televisão, tablet e telemóvel, deixando cada vez mais os (...)

As saudades da BGamer

Quem como eu passou uns anos a comprar a revista BGamer logo no dia em que a edição mensal saia para as bancas? Quem como eu vibrava com as últimas novidades do mundo dos videojogos e que sonhava poder ter todos os novos lançamentos? Quem como eu lia de ponta a ponta esta publicação que marcou gerações de jogadores? Comprei ao longo de anos, durante a adolescência, a BGamer que acabou por sair (...)

Videojogos: Lixo ou Venda

Tenho, talvez, mais de cem videojogos de PC dentro de um dos móveis do meu quarto. Muitos saíram-me em oferta com as revistas da especialidade e poucos foram comprados a solo e por os querer mesmo. Não são atuais, nada disso, e não me são úteis, sendo que muitos nem saíram da caixa. Hoje também não os tenciono usar porque não sou lá grande adepto de jogos de computador. O que fazer então com aqueles empecilhos? Tenho talvez duas soluções para me livrar de todos de uma ou (...)

Vendedor na Fnac

Não, eu não estou a trabalhar na Fnac, e o que quero dizer com o título que escolhi para este texto é que a partir de agora todos podemos ser Vendedores em www.fnac.pt. Isto foi uma coisa que descobri ao ir consultar o saldo do meu cartão Fnac, quando me apareceu na minha conta uma área denominada de A minha conta de Vendedor - Gerir a minha conta Vendedor. Oh, o que é isto? Pois, pelo que me dá a entender (...)