Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Água da vida

Há um ano, ou talvez até um pouco mais, deixei de consumir refrigerantes às refeições que faço em casa e no trabalho. Passei anos, mesmo décadas, a beber sumos e mais sumos, com e sem gás, de laranja e todos os sabores disponíveis no mercado. Contudo, achei por bem eliminar este tipo de bebidas da lista de bens alimentares essenciais e praticamente de um momento para o outro deixei de ter sumos em casa.  Não vou dizer que num restaurante não peça um refrigerante quando a (...)

Memória seletiva

Nunca me tinha acontecido, no entanto por estes dias constatei o que os especialistas falam sobre a memória seletiva com o tempo. Em conversa familiar aqui por casa percebi que não tenho memória sobre os acontecimentos que rodearam a morte de uma vizinha que me viu crescer, como se fosse uma avó. Perdi em menos de dez anos qualquer memória daqueles dias e em conversa sobre os que amamos e que partem percebi que nem me lembro de ter sido eu a receber a notícia cá em casa para a (...)

Incapacidade diária

  Hoje, por motivos de força maior, não existe novo texto a ser publicado. Quer dizer, existe este, mas nada de normalidade. Nem todos os dias conseguimos estar bem na vida e com capacidades para nos rentabilizarmos após umas horas menos boas e de mal estar físico. Esta publicação está a ser escrita às 05h00 da manhã quando acordei após umas horas de sono que começaram mais cedo que o habitual e o corpo parece ter voltado ao normal após o que pareceu ser uma lixeira (...)

Detesto despedidas!

  Existem despedidas que nos tocam e mesmo quando as pessoas não nos são ou estão próximas acabamos por perceber que a vida sempre acontece e se transforma para novas fases, onde cada despedida de um local e grupo dá lugar a um novo alento de cada um para começar de novo e apostar no que acredita. Há uns dias, e mais uma vez entre os vários Adeus! dentro do género, uma das pessoas que "conheço" e com quem falo há anos devido às parcerias do blog decidiu deixar o seu lugar (...)

Ciclos de estabilidade

  Ciclos, como se estivessem viciados, chegam e vão de forma rápida ou mais lenta em cada vida. O desgaste de semanas pesadas onde os pensamentos tendem a criar situações negativas que nos acabam por transportar para quase um fosso psicológico e que muitas vezes pesam fisicamente causando cansaço que nem sempre é fácil de contornar. Ciclos pesados que nos fazem refletir, estando connosco próprios para entendermos os pontos menos bons que nos vão afetando para que tudo mude e (...)

Vida minha dos novos dias...

  Vida minha dos novos dias, o que me está a acontecer? Fechado em casa todo o dia estaria, se não tivesse ganho algum ânimo para começar a mexer o corpo com andamentos e corridas de forma diária. Acordo bem cedo e o pequeno almoço espreita após a higiene matinal. Logo me despacho e não me deixo arrefecer, trocando de roupa e deixando que o corpo me guie para uma viagem caminhante que vai ganhando alento ao longo de quase hora e meia pela mata ao lado da aldeia virada ao sol e (...)

As coisas boas da vida...

  Andamos tão concentrados pelo lado negativo dos pequenos apontamentos que nos vão acontecendo no dia-a-dia que acabamos por não aproveitar as coisas boas da vida... ( Ver mais... )

1, 2,3... Ação

  Seguir o caminho que a sociedade nos pré-estabelece não é o correto. Lutar, definir, entender e encontrar a individualidade faz todo o sentido no percurso particular de cada um onde as vontades, sonhos e crenças vão sendo definidos com o tempo e com as vivências que vão sendo feitas ao longo da vida.  A estadia pela Terra como seres físicos é feita de estados e etapas que definem cada um como ser único, individual e capaz de se auto promover através da sua própria (...)

Biblioteca de pessoas

  A vida é feita de encontros, permanências, despedidas e ausências de pessoas que chegam pouco ou muito dizem para ficarem ou partirem de novo, deixando ou não a sua marca. As pessoas são como os livros que passam por cada leitor. Existirá assim dentro de cada um de nós uma biblioteca de pessoas que vai sendo composta com o passar do tempo.  Existem os livros que quando chegamos já lá estão, tal como a nossa família que nos recebe e que ao longo dos anos vamos entendendo, (...)