Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diminuí o consumo de café

  França pode e tem muita coisa boa, mas existem apontamentos que em Portugal acabam por sair valorizados quando percebemos que em terras francesas não são tão bons como por cá. Falo da gastronomia mas quero ainda mais refletir no café! Eu, viciado e apreciador de cafeína, andava por terras nacionais a consumir cerca de cinco cafés expresso de forma diária. Sei que não o devia fazer, tentei várias vezes controlar este ato de tirar café após cada refeição mas as tentativas (...)

Sainte Chapelle, a capela inesperada

  A viagem a Paris teve dentro do previsto algumas surpresas, entre elas a capela gótica Sainte-Chapelle que não estava nos planos de visita iniciais mas que ao surgir pelo caminho acabou por nos convidar a entrar e que surpresa.  Situada na Île de la Cité e construída na época de Luís IX no século XIII, esta capela serviu o palácio real que nos dias que correm serve de Palácio da Justiça. Com dois pisos e duas capelas que se sobrepõem é a superior, a que serviu a família (...)

Basílica do Sacré Coeur

  A visita a Paris começou precisamente por subir até ao bairro de Montmartre para visitar principalmente a Basílica do Sacré-Coeur onde antes de entrar no espaço religioso tenho que destacar a fantástica vista sobre a cidade que é conseguida daquele ponto.  Envolvida numa ambiente especial e que é notório e sentido ao visitar o local, Sacré Coeur foi edificada em 1875 numa obra idealizada por Paul Abadie e ainda hoje consegue manter muito do projeto iniciar para que os (...)

Paris, já fui e voltei!

  Estou de volta ao dia-a-dia normal! Conheci um pouco de Paris ao longo de cinco dias, apresentei-me e desfrutei de uma cultura semelhante mas com diferenças notórias da nossa em Portugal. Foram dias de visitas, diversão e muito cansaço, tendo chegado ao fim com a ideia que muito vi e descobri mas que ficou tanto por percorrer. Visitei o Museu do Louvre, fui até Montmartre, onde encontrei a rua dos pintores e Sacré-Coeur, passei pela Torre Eiffel, fui surpreendido por Sainte (...)

Queixas de passageiros de cruzeiro que nunca ouviu

O sector do turismo é provavelmente uma das áreas com mais histórias insólitas para contar. Todos os motivos são bons para reclamar e para tentar que pelo menos uma parte do dinheiro seja devolvida. E quando se trata de cruzeiros as histórias são verdadeiramente hilariantes. Aqui ficam seis das queixas mais engraçadas e originais que alguns passageiros de cruzeiro já fizeram.   1. O camarote interior (...)

Lisboa/Porto por 9,5€

A CP a partir do final do mês tem um bombom, que me parece trazer alguma na manga, para os seus utentes. Fazer a viagem entre cidades ficará mais barato. Viajar de Lisboa ao Porto e vice-versa, por exemplo, ficará a custar somente 9,5€. Ao que tudo indica pela informação tornada pública irão existir descontos na ordem dos 65% em viagens de (...)

Brasa

Assim com tanto calor em cima num momento de viagem digam lá se não sou uma autêntica brasa em andamento?!

Café da estrada

Uma viagem para férias de Alenquer até Portimão! Pelo caminho parasse para um cafézito e percebe-se que o bom atendimento e simpatia não reinam por todas as paragens! Onde andam as boas maneiras dos proprietários dos estabelecimentos da borda da estrada, não falo daquelas meninas atenção, mas mesmo dos cafés e lojas de conveniência?! Primeiro entrasse no parque de estacionamento de umas bombas de combustível, estaciona-se e tenta-se beber café para marcar ponto a meio da (...)

Viagem Literária

O fim duma viagem é apenas o começo doutra. É preciso recomeçar a viagem. Sempre. José Saramago   A Porto Editora levará pelas próximas semanas a literatura a viajar pelo país através da iniciativa Viagem Literária onde a aproximação entre escritores e leitores vai ser promovida. Começando a 25 de Abril em Bragança, as (...)

Vou de férias! Até já!

Daqui a pouco, por volta das 00h00, a viagem para Torremolinos, cidade no Sul de Espanha, começa e esperam-nos mais de oito horas a conduzir, com várias paragens pelo caminho até a chegada ao destino acontecer. Estou a fazer a contagem para poder sair de Portugal, chegar ao hotel e descansar, ter uma semana de completo repouso, sem nada para me preocupar e sem ter de andar a pensar em trabalho e coisas que não me alegram assim muito. Preciso mesmo destes dias e irei querer desfrutar (...)