Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dupla encomenda literária

A Fnac voltou com as suas 48 Horas de promoções a 50% no seu site e como não podia deixar de ser eu aproveitei para encomendar dois livros que acabaram de chegar à minha caixa de correio, juntando-se assim à minha lista de espera para as próximas semanas! Depois de Verão Quente e Quando Lisboa Tremeu me terem servido de boa companhia há uns meses, agora chegou a vez de me deixar levar por J (...)

Quando Lisboa Tremeu

Domingos Amaral já me tinha conquistado com o seu Verão Quente e agora que li o Quando Lisboa Tremeu, a opinião sobre o autor mantém-se e ainda sai reforçada porque se o primeiro foi bom, o segundo foi ainda melhor! Neste romance histórico que retrata o grande terramoto que (...)

A ler Quando Lisboa Tremeu

Um livro que já queria ler há algum tempo e que só agora me vai fazer companhia. Falo do sucesso de Domingos Amaral, Quando Lisboa Tremeu. O terramoto de 1755 é a base histórica deste romance e através de factos reais que se cruzam com uma história criada pelo autor que me conquistou com Verão Quente, há uns meses, lá vou entrar na Lisboa de outros tempos, de outros costumes (...)

Verão Quente

Verão Quente foi o livro mais rápido que li este ano e a minha opinião geral sobre esta obra de Domingos Amaral não é má, não é boa, anda ali pelo meio, assim para os lados do melhor. Como já tinha dito, estreei-me na leitura de Domingos Amaral com este Verão Quente e logo de início achei que o autor consegue explicar bem o que quer mostrar aos seus leitores, abrindo desde logo o (...)

Erro em Verão Quente

Estou a gostar muito de ler Verão Quente, da autoria de Domingos Amaral, mas não posso deixar de comentar um erro que detectei no livro. Algo que não deve ter sido só visto por mim e que não devia estar presente, para mais numa terceira edição. Tudo começa na página 203 onde o narrador relata o que está a acontecer consigo e com uma das protagonistas da história... «Tiro os sapatos, dispo as calças, fico em cuecas e camisa, deito-me e espero» Depois, numas linhas mais à (...)

Verão Quente de Domingos Amaral

Verão Quente, o livro que Domingos Amaral publicou em Junho de 2012, é a minha companhia literária para os próximos dias. Já não é nova a vontade de experimentar a escrita de Domingos Amaral e no meu aniversário o meu amor ofereceu-me este Verão Quente que só agora comecei a ler. O autor português já me vinha a fascinar pela sua carreira como jornalista e (...)

O que já tenho para ler em 2013

2012 foi um ano em que li um pouco mais do que nos outros, onde continuei a acompanhar o percurso de vários autores e onde descobri também quem me irá fazer companhia com as suas novas obras literárias. Se descobri quem me tenha fascinado, também percebi o que não vou voltar a ler tão cedo. Fui comprando ao longo do ano alguns livros que ainda não li, mas que aguardam religiosamente o seu lugar na minha vida pela mesa de cabeceira, porque sei que mais tarde ou mais cedo os vou ler. Ei (...)