Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Finalmente existe ação na Antiga Feira Popular

13
Mai18

feira popular lisboa.jpg

Umas décadas após o término da Feira Popular no centro de Lisboa e com os terrenos ao abandono desde então, a Câmara da capital age finalmente perante um problema urbano que já gerou muita polémica ao longo do tempo. Segundo a imprensa, o novo projeto entrará em discussão esta semana mas já existem bases para tudo arrancar.

Os antigos terrenos da Feira Popular e outros espaços abandonados na zona de Entrecampos, mais concretamente na Avenida Álvaro Pais e Avenida das Forças Armadas, irão contar com quase mil novas casas, vários espaços comerciais, um megacentro de escritórios, áreas sociais e culturais, contando com espaços verdes. Ao que tudo indica, esta «Operação Integrada de Entrecampos» irá ocupar cerca de 25 hectares desocupados na zona de Entrecampos.

Os novos imóveis e alguns já existentes, que serão recuperados, serão colocados depois em venda livre (279) pelo promotor que adquirir o projeto, sendo que o município ficará encarregue da construção direta de mais de metade destes imóveis (700), que ficarão disponíveis com rendas acessíveis junto da população. 63 fogos serão construídos pela Santa Casa da Misericórdia em lotes já pertencentes à identidade social.

Com isto Lisboa requalifica assim uma área da cidade que tem estado praticamente ao abandono ao longo de mais de duas décadas, terminando com o vazio e o mau aspeto que determinadas zonas de Entrecampos têm mantido ao longo deste tempo.

Quero uma máquina de barbear

22
Set13

Até hoje tenho feito a barba com o recurso à lâmina, mais concretamente à Gillette Fusion Power, no entanto acho que chegou a altura de dizer basta e comprar de vez uma máquina de barbear boa e que preencha os requisitos pretendidos e que a minha sensível pele aceite. Está na hora de pensar em ir às compras eléctricas, ai está, está...

Ao longo de mais de dez anos tenho feito a barba com a lâmina, tendo no início sofrido um pouco porque as que usava não eram próprias e só me estragavam a pele com cortes e arranhões nos dias em que era necessário limpar a cara. Agora e porque estou cansado de fazer a barba com o recurso à lâmina, vou começar a procurar uma máquina para me ajudar a fazer este serviço e em menor tempo.

Lojas de produtos eléctricos preparem-se porque O Informador está a chegar para a compra fazer!

Campera está à venda! Eu sabia!

02
Mar13

Há menos de um mês eu afirmei por aqui que o Campera Outlet Shoping, no Carregado, estava a caminhar para o encerramento. Agora é sabido que o espaço comercial está à venda por cerca de 30 milhões de euros. Quem sabe das coisas? Eu, claro!

Ah, pois é! No estado em que o centro comercial ao ar livre se encontra não poderiam existir muitas mais soluções. Para não fecharem as portas, porque aí o prejuízo seria enorme, os seus proprietários colocaram-no à venda e agora quem tiver bom dinheiro e vontade de investir num projeto amargurado que o faça.

A situação está à vista de todos que por lá andam a fazer compras. Muitas das suas lojas já estão fechadas e as que ainda vão sobrevivendo passam muitas horas às moscas. A direcção do espaço não tem sabido cativar os clientes e depois o frio também não ajuda, isto porque ir ao Campera não é como ir ao Vasco da Gama. No centro do Parque das Nações esteja quente ou frio na rua, isso não se sente no seu interior. No espaço do Carregado por ser a aldeia dos preços baixos, como foi apelidada na sua abertura, se estiver a chover e frio isso faz-se sentir naqueles longos corredores sem tecto.

O Campera agora passa pela fase de grande indecisão onde a sua continuação só poderá acontecer se novos investidores entrarem com capital para a sua compra, caso isso não aconteça de forma rápida, as marcas sobreviventes no espaço vão continuar a dizer «Adeus!» e partir para novas paragens bem mais movimentadas!

Há um mês eu previ o que ia acontecer! Eu sabia!