Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Universitários-billboard

Nem sei...

  A verdade destes tempos é que existem horas do dia tão vagas que a expressão "nem sei" parece fazer todo o sentido para descrever os diversos momentos em que me podem questionar sobre o que estive a fazer e a resposta é tão vaga que simplesmente consigo afirma "não sei", sendo de facto isto que me ocorre. O que sei é que as horas do dia em sistema de lay-off passam e quando dou por isso o dia anoitece e ao refletir sobre o que fiz ao longo do período em que estive acordado (...)

Silêncios confinados

  21/11/2020, pelas 16h25   Esta tarde, de pijama vestido, o que vai contra as minhas regras pessoais de ficar em casa com um aspeto sociável e não com aspeto de quem vou dormir a qualquer momento, estou com a televisão ligada como dama de companhia, o computador também ele em espera que as palavras surjam pelo teclado para um texto que será publicado logo no dia seguinte, com o bulldog deitado aos pés da cama, meio adoentado e a ressonar no seu sono de prazer por poder estar na (...)

Não sejamos ingénuos...

  A quarentena quase obrigatória invadiu Portugal em Março para ficar por uns meses e muitas vozes se levantaram com a esperança de uma mudança social, para melhor, por tudo o que estávamos a passar. Agora, com o retomar da vida com a nova normalidade percebemos que continuamos a ser ingénuos por acreditar numa mudança social que na generalidade não aconteceu.  Claro que nada mudou para melhor, talvez até bem pelo contrário. Neste tempo de confinamento o que se ganhou (...)

Modo off

  Nunca te aconteceu dares por ti sentado na cama, deitado no sofá ou encostado à parede a olhar para um vazio que não existe durante minutos em modo off? Claro que sim, sei que não sou o único a ficar momentaneamente especado com olhar oco, sem pensar absolutamente em nada e ao mesmo tempo sem entender que estou focado em coisa nenhuma e com o pensamento completamente desligado. Existem os momentos ocupados, em que o tempo parece passar num ápice sem que nos demos conta e depois (...)

Vazio

Vazio é a palavra que consegue descrever situações e estados de alma imperfeitos através de várias perspectivas. Os Vazios que se cruzam e dão trabalho conseguem sempre deixar uma mensagem, mesmo sendo ela imperfeita e vã. Acreditar que existe sempre algo melhor para cada um. Perceber o quanto os que nos fazem mal conseguem pagar para serem seres inúteis na sociedade. Pensar no tempo perdido passado em redor de um Vazio sem nexo e lugar certo. Acreditar na mentira de quem não (...)