Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

16
Nov19

Jorge Palma atuou no Coliseu de Lisboa

expresso do outono jorge palma.jpg

 

Fui convidado para no dia 14 de Novembro ir até ao Coliseu de Lisboa para assistir ao concerto de Jorge Palma sob o título Expresso do Outono, um dos novos temas do cantor e compositor. Se não ia com muitas expetativas, o que tenho a confessar é que até sai animado do espetáculo que começou morno mas que foi ganhando vida dentro do estilo do artista. 

Com um registo de «quem está completamente em casa» e com muito pouca comunicação com a plateia, Jorge Palma parece estar em palco para cantar, beber água e seguir em frente para tema atrás de tema, seguindo o agrado do público que o segue ao longo dos anos. Com vários êxitos interpretados e temas menos conhecidos, Palma seguiu o seu alinhamento sem oscilações, com as poucas falas e conversas a serem impercetíveis junto da plateia, uma vez que a sua união com o microfone só funciona mesmo no canto e mesmo assim com algumas falhas. 

 

11
Set19

Tou Preguiçoso by Vasco Palmeirim

 

Vasco Palmeirim é um dos homens do ano em televisão e rádio e não é que este verdadeiro mestre do entretenimento consegue sempre surpreender com as suas criações? Desta vez lançou, com o apoio da equipa das Manhãs da Rádio Comercial, o tema Tou Preguiçoso e mais uma vez o resultado final funcionou e além de ficar no ouvido acaba por ser cómico. 

Nuno Markl, Pedro Ribeiro e Vera Fernandes são os bailarinos da versão do Vasco do tema Faz Gostoso da Blaya e este Tou Preguiçoso está um verdadeiro, como diriam os brasileiros, show pela letra, pelos bonecos criados e a capacidade de cada um de arriscar numa brincadeira que será vista por milhões em menos de nada. Gostei deste Tou Preguiçoso que Faz Gostoso estas suas criações que viram sucesso!

24
Out18

Sofro de Acrofobia

acrofobia.jpg

É um facto que nem sempre fez parte de mim mas que ao longo dos últimos anos surgiu para não mais me deixar. Sofro de acrofobia, que é como quem diz, medo das alturas. Mas o meu medo nem sempre surge, dependendo muito do local e do que poderá estar por baixo da plataforma que me suspende. 

Geralmente é a partir de uma altura correspondente mais ou menos a um terceiro andar de um prédio que sinto a tremura com a ansiedade ao estar, por exemplo, numa varanda. Ao ficar numa varanda de imediato o cérebro começa a elaborar situações possíveis de acidente. Ou que a estrutura não aguente e exista uma queda total do espaço ou começo a olhar para as barras e pensar que podem estar mal pressas e se alguém se encostar poderá cair e ir desta para melhor. Outro dos locais onde geralmente sinto algum atrofio é junto ao mar, numa encosta rochosa que geralmente serve de miradouro que fica suspenso numa rocha onde nem se consegue ver nada em baixo a não ser água. Não dá, porque assim que me aproximo da ponta para espreitar, logo tenho de recuar por sentir que perco o controlo sobre os pensamentos que voltam a caminhar num sentido sobre o que pode acontecer de mal. Imaginemos uma plataforma que tenha de passar mas toda em vidro. Não, não, não! Posso passar mas não olho para baixo e caminho o mais rapidamente possível. Claro que se a distância entre o piso onde estou e o chão for curta não me causa problema algum, mas acima de um certo número de metros já surge um problema. 

Assistir a vídeos sobre alturas é daquelas coisas que me irritam, por exemplo, especialmente por não perceber qual o receio que sinto ao ver uma imagem. Começo a torcer-me todo e a encher-me de calores ao ver imagens de alguém a enfrentar pontes loucas em vidro, varandas bem altas, etc. Não sou eu que estou naqueles vídeos, mas mesmo assim tenho receio que alguma coisa descambe, tal é o meu medo sobre a queda de uma certa altura. 

07
Set18

Badoxa | Eu Sei

Badoxa - Eu Sei.jpg

O novo tema do Badoxa saiu e virou rapidamente sucesso! 

Eu Sei é daquelas músicas que tem tudo para ficar durante uns bons tempos a passarem na rádio e nas pistas de dança de todo o país. Parece mais do mesmo mas o tema fica no ouvido e dá vontade de voltar a fazer repeat até mais não. 

«Eu Sei que você gosta!» e que vai ouvir mais do que uma vez o vídeo que se segue...

04
Ago18

Love On Top de regresso

love on top.jpg

Hoje começa a nova edição do reality show low cost da TVI, o Love on Top, ou como Isabel Silva afirma, Lobe on Top. Já me questionaram sobre o que achava do regresso deste formato de bolinha vermelha ao ecrã. O que posso dizer? São seis raparigas e seis rapazes, escolhidos em discotecas e sites bem particulares, que se encontram numa casa para se conhecerem de dia e noite, em biquíni ou sem ele.

Quem me segue há algum tempo sabe que gosto de acompanhar reality shows, gostando de uns formatos e não tanto de outros, mas sigo e este em particular não é de todo dos meus preferidos, dentro do lote do que já foi feito a nível nacional. Percebo o seu regresso, principalmente pela polémica das quentes imagens pelo mundo online, gerando falatório nas redes sociais e imprensa e também por render milhões de visualizações em certos países onde os vídeos do formato são um verdadeiro sucesso nos conteúdos porno. Se vai ter audiência? Conseguirá manter os valores que o canal tem obtido no horário e com o TVI Reality. Se podiam e conseguiam fazer melhor? Podiam, mas com este tempo quente que agora chegou o momento é mesmo para colocar tudo a nu e com muita vontade para a brincadeira, mesmo que apostem num formato barato, com concorrentes que se vendem por pouco e estão dispostos a muito.