Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

13
Fev16

As séries do momento...

O Informador

Estico o tempo ao serão e as manhãs de folga em busca dos novos episódios das séries que estou a acompanhar no momento. E agora, pelas últimas semanas, têm sido mais que muitas as produções que tenho acompanhado praticamente semanalmente. 

Tirando a primeira parte da segunda temporada de Gotham que terminei ontem de ver e Scorpion que comecei agora a ver a primeira temporada quando já tenho a segunda também a ser gravada para ser vista, tudo o resto tem sido acompanhado há medida que é transmitido entre nós. Ora vejamos...

As Segundas-feiras são dedicadas a Mad Dogs (USA) que conta a aventura intempestiva de um grupo de amigos quarentões que pensam ir passar uns dias de férias com um quinto elemento do grupo quando percebem que as suas vidas estão prestes a mudar. Para melhor? Isso agora é que vai ser bonito!

Passando para as Terças, eis que surge Família de Acolhimento, aquela série do casal lésbico com os filhos adoptivos que acompanho regularmente, sem perder um único episódio, sendo uma das minhas preferidas produções dentro do género familiar. Ainda pelas terças tenho agora acompanhado também a recente temporada de Ficheiros Secretos, embora não me lembre de nada do que tenha acontecido por outros tempos nos episódios transmitidos na minha fase infantil. 

Seguindo em frente e parando nas Quartas-feiras, eis que aparece 100 Code, uma série que começou este ano e que ainda não percebi se gosto ou não. Posso dizer que tem despertado alguma curiosidade ao longo dos episódios, mas ainda não está nas preferidas para acompanhar temporada após temporada. 

As Quintas-feiras são recheadas... Começam com a novidade que é Code Black onde as urgências hospitalares estão em foco, sendo esta série aquela cujo tema central não costumo gostar mas que me tem arrancado lágrimas episódio atrás de episódio. Depois aparece Como Defender um Assassino, a produção que me conquistou pelo ano passado e que volta a pregar-me ao ecrã. 

03
Ago15

Doces e Televisão

O Informador

Neste momento estou com a televisão ligada porque A Única Mulher está em estado de alerta, o computador ligado com um episódio de Tyrant em espera para ser visto, uma caixa de gomas do Lidl pela secretária e uma barra de Milka de Morango a espreitar. 

Conseguirei resistir aos motivos chocolateiros após fechar a cápsula de gomas? Doces e mais doces com o mundo televisão a dar o mote para ir comendo e não ser lembrado dos males adocicados que vou cometendo!

22
Jul15

Vida de séries

O Informador

Neste momento vejo mais séries que os dias da semana!

Se começar por falar que ando a ver A Guerra dos Tronos, tento terminar a única temporada de Traição, vejo as segundas temporadas de Tyrant e The Strain, acompanho no dia de exibição Wayward Pines, tento começar a assistir ao quarto ano de Scandal, tal como à sétima temporada de A Teoria do Big Bang. A par disto ainda não comecei a ver por falta de tempo a minha série, Família de Acolhimento.

Querem mais? Isto são séries e mais séries e sem tempo para as colocar em dia! Se começasse agora a enumerar as que quero ver e que com tudo isto não consigo então ai a lista estendia-se e o texto tornava-se maçador até mais não!

11
Jan15

Tyrant

O Informador

Os serões de Segunda-feira da FOX ganharam uma nova cor, ou melhor, um novo drama recheado de suspense e acção. A série Tyrant chegou ao canal, passadas algumas semanas da sua estreia mundial!

Relatando a história de uma família americana que volta às origens no Médio Oriente, esta produção atraí desde o primeiro episódio pela controversa forma como é contada. Bassam Al-Fayeed, Barry, interpretado por Adam Rayner, é o filho mais novo de um ditador que sempre recusou seguir as suas pisadas. Bons anos mais tarde a terra natal volta a receber Barry para o casamento do seu sobrinho e este regresso aparece com um forte envolvimento nas políticas familiares e nacionais outrora deixadas para trás. As reais vidas da ditadura imposta pelo seu pai e também pelo irmão mais velho, Jamal, personagem a cargo de Ashraf Barhom, confrontam-se com o regresso de Barry. A par de tudo isto, a sua esposa Molly, Jennifer Finnigan, e os dois filhos, após pisarem as origens da família não querem mais voltar a casa e ao país onde sempre viveram.

Uma série que já tem a sua segunda temporada a ser preparada para arrancar pelos próximos meses e que chegou há dias a Portugal nos serões da FOX. Eu, que não gostava deste tipo de produtos pesados e com violência, acabo por confessar que tenho andado a alterar tal opinião através de tão bons produtos internacionais onde a atualidade e a diversidade de temas impera.

Em Tyrant, a julgar pelos primeiros episódios, bons enredos foram criados onde a maldade, desejo de vingança, amor visto de vários prismas, abusos de poder, força e vontade não faltam entre as personagens centrais! Uma série com uma imagem superior ao habitual, com uma excelente fotografia aliada aos lindíssimos locais naturais onde parte da acção se desenrola e um texto bem organizado para prender quem está em casa durante quase uma hora a assistir a um produto de qualidade!

Vale sempre a pena espreitar e tirar as próprias ilações!

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook