Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

08
Nov18

«Molha parvos»

chuva.jpg

Espero! Espero! E espero que a chuva miudinha passe, debaixo de uma varanda, para seguir a viagem a pé. Passam cinco minutos e os pingos tipicamente apelidados por «molha parvos» não param, no entanto deixo-me ficar em espera porque ao não querer ser conhecido como o parvo que anda à chuva, opto por permanecer.

O que resulta da espera? A chuva não acalma, bem pelo contrário, e o que parecia pouco molhar transforma-se numa autêntica trovoada. E agora? Volto a esperar mais um pouco e mais uns minutos, até que finalmente os pingos «molha parvos» regressam e lá sigo eu a viagem que já podia estar terminada, não quisesse ser teimoso para não me auto considerar um parvo que anda à chuva sem necessidade.

 

07
Jun15

Trovoada em Junho

Só para questionar! Quem se lembrou de chamar uma trovoada para Portugal em pleno mês de Junho? Isto não pode acontecer, para mais quando estou a menos de uma semana das férias!

Já agora e porque pensei que poderia ser levado pela tempestade, hoje em passeio por Monsanto, surgiu assim de um momento para o outro, depois do céu estar nublado e com algum pó, uma ventania que levantou folhas secas de Outono e terra solta por todos os cantos! Poderia ter aproveitado para tentar ficar com o dom do Peter Pan, mas pensei mesmo que se me metesse ao sabor do vento que voaria para não mais voltar!

Raio de trovoada, que vá embora hoje ou o mais rapidamente possível porque não te queremos por cá nesta altura, pode ser?