Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

28
Abr17

Oficialmente desempregado

| O Informador

desempregado.jpg

Mês e meio após o início do processo de despedimento por falta de pagamento, eis que finalmente consegui ter luz verde dada por parte da Segurança Social que me contactou via carta a informar que estou oficialmente desempregado e com a atribuição de Subsídio Desemprego para Trabalhadores com Salários em Atraso. 

Sinceramente não sabia que existiam várias formas de desemprego e com títulos, mas pronto, não muda muito, somente que no lugar dos vinte meses que tinha direito se tivesse sido despedido normalmente, terei acesso a dezasseis, mas sinceramente não conto utilizar grande parte deste período, começando agora o novo ciclo à procura de emprego. 

02
Nov16

4 por 4

| O Informador

Quatro dias de pausa seguidos e o regresso ao normal a surgir no horizonte! Só penso em voltar para a ilha neste momento, andar com o tempo para trás e não pensar que se aproximam quatro dias de trabalho.

Neste quarteto diário que se aproxima farei ainda os trinta anos, pelo Sábado, e ai ainda custa mais... Trabalhar no dia de aniversário, coisa que ao longo de dez anos laborais só aconteceu uma vez até aqui! 

02
Jan16

Bom dia!

| O Informador

Deixo aqui a informação, para os mais preocupados com a minha pessoa, de que enquanto a maioria dorme em mais um dia de fim-de-semana prolongado, eu, pobre desgraçado, estou a preparar-me para entrar ao trabalho daqui a pouco. Pois é, depois de dois dias de pausa, hoje tenho oito horas de trabalho pela frente para amanhã voltar a poder descansar! Vida de pobre é assim! Divirtam-se lá com estes vossos dias de descanso extra! Inveja pura e dura, confesso!

30
Dez15

Noção laboral

| O Informador

Existem dias em que é necessário dar razão à consciência para se perceber que enquanto trabalhador não seu fez grande coisa ao longo das oito horas de trabalho!

Hoje foi um desses dias! Não senti e não percebi como o tempo foi passando! Olho para trás e vejo que acabei por andar de um lado para o outro por me andarem sempre a chamar e que em concreto acabei por não ver o meu corpo a ter grande produtividade ao longo daquelas horas em que estive a tentar fazer alguma coisa em vão!

Existem sempre estes dias em que deixamos o horário laboral e pensamos no que andamos a fazer... No meu caso foi nada de nada! Dizem que faço mas na minha auto análise acabo por pensar que isso não acontece, ficando meio disperso ao longo de manhã e tarde onde todos têm a sua função, como eu, mas onde acabei por andar meio presente no trabalho dos outros e ausente no que tinha em mente desempenhar. 

25
Dez15

Amanhã trabalha-se!

| O Informador

Natal prestes a terminar, quatro dias de descanso a terminar e um dia de trabalho a espreitar!

Pois é, amanhã, Sábado, lá vou eu entrar ao serviço pelas nove da manhã para um dia que irá custar a passar para no Domingo voltar a repousar. Mas alguém merece ficar em casa de terça a sexta para trabalhar depois no primeiro dia do fim-de-semana? Pelos vistos alguém merece, eu!

Sim, já me está a custar só de pensar que quando me deitar acordarei passadas umas horas para o sacrifício de Sábado! Como saberia tão bem ficar pela cama em mais uma manhã fria de Inverno!

Mais sobre mim

foto do autor

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Sofia

    Isto aqui não é nenhuma pequena vila, embora seja ...

  • O Informador

    Também acabo por viver nos subúrbios mas não tão p...

  • Sofia

    Eu estou nos subúrbios, mas onde moro tenho transp...

  • O Informador

    Já quis viver na cidade quando se inicia a fase ad...

  • Sofia

    Isso é bom! Eu não me imagino a viver noutro sítio...

Mensagens

Pesquisar

Redes Sociais | Segue-me

Instagram Facebook Twitter Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. Goodreads

Última Leituras

Aconteceu em Paris
liked it
O título demonstra desde logo que o leitor irá visitar Paris. Amy acompanhou a sua amiga Kat até aos seus últimos dias de vida, mas as duas tinham um objetivo, viajar até à cidade do amor em segredo. Kat não conseguiu resistir mas Amy le...
O Pecado da Gueixa
liked it
A cultura japonesa está em grande destaque em O Pecado da Gueixa, através da perceção das regras comportamentais de um ninja, Hiro, protetor de um padre português, Mateus, que juntos irão investigar a morte de um samurai, Akechi-san, num...
O Silêncio da Cidade Branca
it was amazing
Nem sempre uma capa consegue representar o que está no seu interior, mas com O Silêncio da Cidade Branca primeiramente fui conquistado pela imagem que me remeteu para uma sinopse que conquistou. Já com esta obra em espera na mesa-de-cabe...

goodreads.com
BlogsPortugal
Bloglovin Follow

 Subscreve O Informador