Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Regressa a Cultura sem touros

Imagem retirada do portal Sol   O início de Junho está a assinalar o retomar de atividade em várias áreas, onde se incluem as atividades culturais, podendo realizar-se a partir de agora concertos, espetáculos teatrais, estando também as salas de cinema abertas, tudo com as novas e necessárias medidas de segurança. O que não ficou com luz verde para poder recomeçar foi a tauromaquia que terá de esperar mais uns (...)

A proibição das touradas

  Os anos passam e a questão da proibição das touradas continua a ser adiada por existirem várias faixas da sociedade, inclusivamente políticas, que são a favor da tortura em praça pública de animais. Não sou de todo defensor desta teoria de tradição que se deve manter num momento em que se defende cada vez mais o bem-estar animal, com leis que vão de encontro à sua proteção. As últimas informações dão conta de que o atual Governo tem no seu Programa a intenção de (...)

Convites Duplos | Fernando Tordo & Ary dos Santos: As Histórias das Canções

No ano em que celebra 70 anos de vida e 50 de carreira, Fernando Tordo realizou concertos únicos em Lisboa e Porto. Agora será a vez do Auditório do Casino Estoril receber o cantor de 1 a 4 de Novembro para a apresentação do espetáculo Fernando Tordo & Ary dos Santos: As Histórias das Canções.  Ao longo de quatro sessões, o músico e compositor irá reavivar a memória de todos com as composições que criou para José Carlos Ary dos Santos, com quem manteve uma forte (...)

A Inglesa e o Marialva | Clara Macedo Cabral

Título: A Infglesa e o Marialva Autor: Clara Macedo Cabral Editora: Casa das Letras Edição: 1ª Edição Lançamento: Julho de 2018 Páginas: 352 ISBN: 978-989-741-953-9 Classificação: 2 em 5   Sinopse: Esta é a história verídica de uma inglesa apaixonada por cavalos que chegou a Portugal nos anos sessenta com o sonho de aprender a tourear. Determinada, aventureira e apoiada por famílias (...)

Atitude positiva! Dos Touros para o Desporto!

A Câmara Municipal de Viana do Castelo mostrou atitude ao declarar-se em 2009 "anti-touradas" e agora, mais de sete anos depois, a autarquia irá iniciar o processo de alteração do espaço da praça de touros para o transformar num complexo desportivo que envolve além do recinto todo o seu espaço envolvente.  A antiga praça de touros de (...)

Morte animal em direto na RTP

A RTP continua a transmitir touradas em pleno século XXI! Serviço público de qualidade onde? De público é que aquele canal não tem nada, só se for o dinheiro que todos nós pagamos na fatura da luz para serem transmitidos espetáculos de morte animal em direto! Aplausos para todas as direcções, incluindo a atual onde a comédia impera e as cunhas reinam, para a má organização e programação que apresentam ao espetador!

Tenho cá uma pena!

Os dados audiométricos revelam que o público rejeita cada vez mais a transmissão de touradas em canal aberto. A última palhaçada do género que a RTP transmitiu foi vista por 350 mil espetadores, longe dos milhões de outros tempos, quando muitos veneravam este estilo de espetáculo de morte do animal na arena.  Com estes valores espera-se que a (...)

Degredo tauromáquico

Na tarde de Sábado e pelo café da aldeia em pleno Alentejo assiste-se à repetição da tourada que foi transmitida no serão de Sexta-feira pela RTP1. Não gosto mas enquanto estava de jornal na mão e telemóvel ligado pelas redes sociais, lá fui ouvindo o que estava a passar no pequeno ecrã e os comentadores que enchiam a sala sobre o que se iria passar a seguir... O touro ia contra o cavalo que caia contra as tronqueiras e o cavaleiro saltava em segurança para onde o touro (...)

Touradas cruéis

Na sala os meus pais insistem em continuar a ver touradas e mais touradas como se aquele espetáculo degradante tivesse bons momentos para aplaudir. Enfim, nem sempre os gostos familiares são passados de geração em geração. Embora em criança tenha adorado o mundo tauromáquico, hoje abomino completamente e continuo sem perceber quem defende esta prática matadora de animais indefesos num completo show da vida sanguinária ao vivo.  Vejam as farpas a serem espetadas num touro e (...)

Touradas

As touradas e as suas festas, que compreendo cada vez menos, ainda continuam a ser transmitidas e a fazerem notícias como se fossem um bom espetáculo! Enfim! Valerá mesmo a pena andarem a sacrificar animais publicamente, numa espécie de brincadeira para o povo ver e depois essas mesmas pessoas serem defensoras dos direitos dos animais? Aplaudem as regras que são colocadas em prática para salvaguardarem cães e gatos dos maus tratos que tantos donos praticam, no entanto depois (...)