Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

universitarios-billboard

O Mar que afundou Beirais

Ser diretor televisivo não deverá ser tarefa fácil quanto mais quando se têm de tomar decisões sobre os horários das novas apostas que o canal faz. Vou falar do facto da direcção da RTP andar a fazer um bom trabalho com a série Bem-Vindos a Beirais, que nunca vi um episódio completo, mas percebo pelos valores que as várias temporadas do formato têm feito que o mesmo conseguiu agarrar o seu público fiel, e agora terem conseguido estragar tudo com a mudança de horário, para (...)

A demora dos telejornais

É um facto bem notório... No nosso país tudo tem que acontecer de forma diferente e para pior. Até os espaços noticiosos das nossas televisões demoram muito mais tempo que na maioria dos países desenvolvidos do mundo. Existe necessidade de termos quase duas horas de notícias seguidas nos canais generalistas? Com o universo dos canais de cabo a crescer constantemente e com os generalistas a apostarem também nesse meio, tendo já cada estação um canal dedicado à informação, (...)

O regresso de José Sócrates

Um regresso é sempre bem-vindo e também nunca podemos dizer que desta água não voltamos a beber, mas o que se passou com a administração da RTP para convidar José Sócrates para ser um dos seus novos comentadores semanais do canal, num espaço de aproximadamente trinta minutos? Um homem que ficou tão manchado politicamente e que deixou o país em mau estado e nas mãos de um Coelho sem rumo, agora volta para comentar o que também fez de mal? Andava a estudar por França, por onde (...)

Mas a RTP ainda está por privatizar?

Já passou mais de um ano em que a questão da privatização da RTP começou a aparecer como algo em concreto. Antes era tudo uma ideia, no ano passado a certeza aconteceu entre os governantes. Como estamos em Portugal, tudo continua igual e os dois canais generalistas continuam a pertencer a todos nós e não a um privado. A questão da privatização da RTP só pode mesmo acontecer no nosso país! Como é que se explica que depois de tantos meses, tantos estudos, tantas reuniões, (...)