Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Alma Nuestra no Teatro Sá da Bandeira | 03.12.2019

Convites duplos

Alma Nuestra.jpg

 

Após o lançamento do primeiro disco dos Alma Nuestra em Lisboa, eis que o grupo vai rumar ao Porto onde irá apresentar ao público o seu trabalho. Os Alma Nuestra é o projeto encabeçado por Salvador Sobral, na voz, que se juntou a Victor Zamora no piano, onde mais tarde se juntaram André Sousa Machado, na bateria, e Nelson Cascais, no contrabaixo. Formado em 2016, este grupo de amigos revisita os grandes clássicos da música cubana e sul-americana com uma sonoridade jazzística.

Três anos juntos e agora, em 2019, chega o primeiro registo discográfico da banda que conta com nove temas dos compositores Benny Moré, Jose Antonio Méndez, Ignacio Villa, Frank Domínguez, César Portillo de la Luz, María Grever, Rafael Hernández Marín e Juan Carlos Lobían. O disco já se encontra disponível para compra física e online em todo o território nacional, sendo que o lançamento internacional está previsto para o primeiro quadrimestre de 2020, pela Warner Espanha.

Para a apresentação do álbum foram realizados dois concertos em Lisboa e agora um no Porto e com o apoio da Força de Produção, tenho convites duplos para oferecer destinados à sessão de 03 de Dezembro, pelas 21h30, no Teatro Sá da Bandeira, no Porto. Este passatempo irá estar disponível até às 20h00 de dia 01 de Dezembro, Domingo, e nesse dia serão revelados os nomes dos vencedores nesta mesma publicação, sendo o sorteio feito através do sistema automático random.org. Os premiados serão contactados via email com as recomendações para o levantamento dos bilhetes acontecer nas melhores condições. Para a participação ser válida tens de seguir os passos que se seguem.

Vencedores dos convites duplos para Os 39 Degraus [17, 18 e 19.11.2017]

os 39 degraus porto.jpg

O sucesso de Os 39 Degraus por Lisboa levou a que a produtora Yellow Star Company lançasse em tournée este espetáculo que tem enchido as salas por onde tem passado. Pelos próximos fins-de-semana esta produção estará em cena pelo Teatro Sá da Bandeira, no Porto, e aqui pelo blog estiveram em passatempo para vos poder presentear três convites duplos para os dias 17 e 18 de Novembro, Sexta-feira e Sábado, sessão das 21h39, e para dia 19, Domingo, pelas 18h00.

Eis chegado o momento de revelar o nome dos sorteados através do sistema random.org e que irão receber email com as informações necessárias para que o levantamento dos convites possa ser feito nas melhores condições.

Convites duplos para Os 39 Degraus [17, 18 e 19.11.2017]

os 39 degraus porto.jpg

Um crime leva a que um inglês bem parecido comece a ser procurado pelas autoridades e a partir daí começa o desenrolar de Os 39 Degrais, uma divertida comédia que estará em cena no Teatro Sá da Bandeira, no Porto, nos dias 17 e 18 de Novembro, pelas 21h30, e a 19, pelas 17h00.

Na primeira temporada em Lisboa assisti a este espetáculo e agora quero que sejas tu a encontrar-te com as personagens interpretadas por Vera Kolodzig, João Didelet, Martinho Silva e Marcantónio del Carlo. Para isso deixo-te aqui a oportunidade de poderes ganhar um dos três convites duplos que tenho para sortear para cada sessão, basta preencher os dados, escolher o dia e esperar que a sorte esteja do teu lado!

Quero desta vez ver como é que o pessoal do Porto adere a este tipo de oportunidades! Toca a participar e a mostrarem que é importante apostar nas artes por todo o país para que cada vez mais as peças de sucesso percorram todo o território nacional e possam até estrear por outras cidades e depois chegarem à capital! A Yellow Star Company tem mostrado grande vontade nesse caminho, basta todos também fazerem por isso porque com salas esgotadas as sessões aumentam e a aposta será cada vez mais uma realidade! 

Sinopse

Quando  um ilustre e bem parecido gentleman inglês é procurado por um crime que não cometeu e se vê enredado numa teia de espiões, isto significa que estamos perante “Os 39 Degraus”. Uma peça que leva ao palco quatro corajosos actores que, sozinhos, desempenham mais de 100 personagens, num dos mais brilhantes espectáculos da Broadway e de West End. Resultado é uma comédia a alta velocidade que tem intriga, espionagem, aventura, heróis, vilões, romance e muitas gargalhadas!

Os Dias Realistas

dias_realistas.jpg

Mais do que um apelido em comum, os dois casais Dias são vizinhos de vivendas idênticas, quintal com quintal e além disso vivem situações bem semelhantes. Bambi e João mudam-se para a casa ao lado de Margarida e Tó e ao primeiro encontro percebem que existe bastante em comum entre o dia-a-dia de cada casal. Esta é a premissa de Os Dias Realistas, a nova produção da UAU que acabou de estrear no Auditório dos Oceanos do Casino Lisboa. 

Catarina Furtado, João Reis, Manuela Couto e Paulo Pires dão vida aos Dias, as quatro pessoas que se encontram em casal ou ao longo da noite em secretismo com o vizinho para debaterem as questões com que se deparam no seio conjugal. As preocupações, os dilemas e o pessimismo são uma constante entre estas personagens que caraterizam qualquer pessoa que tem na sua vida várias semelhanças com a do vizinho do lado. Todos vivemos de pensamentos positivos e negativos e é com isso com que por palavras e conversas poderemos perceber que afinal nunca nos encontramos sozinhos no Mundo, já que todos têm os seus aspetos comportamentais que podem ter um lado agradável mas também pessimista. 

Com um humor negro, Os Dias Realistas de Will Eno tem nesta adaptação uma interpretação de excelências, sem falhas e com um excelente desempenho de contracena entre o quarteto de atores que o público tão bem conhece. Num texto nem sempre fácil e com vários momentos mais elaborados e puxados para a comédia complexa falta talvez nesta fase inicial de estreia as chamadas de atenção com frases mais chamativas e que puxem de certa forma pelo público presente na sala.

Vencedores de Lar Doce Lar

O espetáculo Lar Doce Lar está de regresso ao Porto para encher o Teatro Sá da Bandeira de boa disposição! Como acredito que rir é um dos melhores remédios para tudo nesta vida e como gosto de partilhar com todos bons momentos, lancei com a Força de Produção o passatempo que dava a oportunidade de vencerem bilhetes duplos para a sessão de estreia da mini temporada deste espetáculo a que adorei assistir! Com Maria Rueff e Joaquim Monchique em palco, em Lar Doce Lar o público é convidado a entrar numa residência para seniores onde tudo e mais alguma coisa acontece às variadas personagens que vão entrando e saindo de cena!

 

Bilhetes para Lar Doce Lar (01-10-2015)

Lar doce lar sá da bandeira.jpg

Após encherem o Casino Lisboa por mais que uma temporada e de já terem andado pelo Porto, chegou a hora de Maria Rueff e Joaquim Monchique voltarem com Lar Doce Lar ao Teatro Sá da Bandeira. 

De 1 a 11 de Outubro o espetáculo que tem conquistado o público e a critica pelos últimos anos está de regresso ao Norte após a conquista de mais de 125 mil espetadores por todo o país. Uma comédia bem divertida onde os dois atores desempenham várias personagens que se inserem num ambiente de um residência para séniores onde tudo e mais alguma coisa acontece. 

Como assisti e aconselho, tenho agora três convites duplos para oferecer aos leitores do blog que têm assim a oportunidade de ver este espetáculo no dia do regresso, 1 de Outubro pelas 21h30, ao Porto onde já foi bem recebido por outras alturas. 

Maria Rueff e Joaquim Monchique deixaram mais de 100 mil espectadores, por todo o país, incrédulos e desconcertados por tanto se rirem, num espectáculo que transformou a comédia num bem de primeira necessidade: "Lar Doce Lar".

Com um desempenho notável, os dois actores são os fantásticos protagonistas deste grande êxito que nos convida a mergulhar no mundo de uma residência para séniores de uma forma hilariante e, ao mesmo tempo, ternurenta.

Chegou a hora de permitir aos muitos que não conseguiram ver este excelente espectáculo, ou mesmo àqueles que não se cansam de o ver e rever!

Maria Rueff e Joaquim Monchique, com grande generosidade e muito talento, ensinam-nos a sonhar e a olhar para a vida com uma alegria que só um finíssimo sentido de humor pode causar.

Texto A partir de " O Que Importa É Que Sejam Felizes!" de Luísa Costa Gomes

Com Maria Rueff e Joaquim Monchique

Encenação António Pires

Cenário F. Ribeiro

Figurinos Dino Alves

Desenho de Luz Paulo Sabino

 

TEATRO SÁ DA BANDEIRA

1 A 11 de OUTUBRO

5ª a sábado: 21h30 I Domingos: 17h

Preços: a partir de 8€ 

Este passatempo vai decorrer até às 19h00 de 30 de Setembro e para se habilitarem a um dos bilhetes duplos que tenho para sortear só têm de:

  • Fazer Gosto nas páginas de Facebook d' O Informador e da Força de Produção.
  • Partilhar este post. 
  • Preencher o formulário que se segue onde só é permitida uma participação por endereço de e-mail.