Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Preciso de feedback

  Caros amigos, conhecidos, desconhecidos, visitantes, leitores e parasitas do blog, preciso da vossa ajuda para me ajudarem a perceber se uma loja online é puramente de confiança ou não. Necessito de comprar um portátil novo e/ou (ainda estou a pensar) um tablet com teclado, e encontrei nas newsletter que recebo semanalmente a página GalpBonus, associada ao universo Goodlife, só que acho os preços tão (...)

(In)defesa do consumidor

A Deco Pro Teste afirma-se como defensora do consumidor, tendo tudo ao alcance dos seus clientes para conseguirem ajuda nas questões contratuais em defensa da verdade. Depois, volta não volta, também a empresa que se mostra contra a falsa propaganda consegue invadir as caixas de correio em papel ou digital de qualquer pessoa com publicidades enganosas (...)

Mais MEO

Até aqui tenho mantido internet móvel no telemóvel, pagando €9,99 por 1Gb mensal, usufruindo de um serviço Vodafone que sempre foi útil mas que não estava disponível para quando vou, por exemplo, de férias ou passar uns dias fora e não existe sistema wifi por perto para usar em outras plataformas. Agora e pelo mesmo preço mensal, o meu pacote Meo foi alargado e passo a ter (...)

Lerem O Informador ao meu lado

Não, já não me faz tanta confusão como no início. Porém tenho que confessar que se alguém estiver ao meu lado a ler o que escrevi n' O Informador, naquele dia ou em dias anteriores, que me faz um certo nervoso miudinho! Não é nada que me atormente e me deixe em estado deveras nervoso mas sinto-me talvez com um pouco de vergonha por estarem a ler aquelas palavras que escrevi, para poderem ser vistas por todos, mas a pensar que não o vão fazer mesmo ao meu lado. Isto é um (...)

Trabalhar em tempo de férias

Nos dias que correm é cada vez mais impossível viver-se sem telemóvel, computador, tablet ou seja lá o que for que nos coloque em contacto com os outros. Durante o tempo que estive de férias reparei que as pessoas tiram uns dias para descansarem, mas mesmo assim não deixam de lado o seu emprego e as preocupações que daí surgem diariamente e consequentemente por terem determinado cargo dentro da empresa. Não foi uma, nem duas, nem três pessoas que vi ao longo dos últimos dias em (...)