Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

universitarios-billboard

Convites Duplos | Vidas Privadas | 22/24.02.2019

Uma peça sobre o amor nas suas mais quentes, e mais frias, expressões. Amanda e Elyot, divorciados há cinco anos reencontram-se por acaso,com novos esposos, em segunda lua de mel num hotel em Deauville. Quando a chama entre eles se reacende, fogem juntos para Paris, onde... uns dias mais tarde os novos esposos os vêm procurar... Uma comédia de costumes duradoura e especiosa. Com Suzana Borges, Guilherme Barroso, Maria Dias e Martinho Silva. O Auditório do Casino Estoril, através da ArtFei (...)

Private Lives | Vidas Privadas

Nöel Coward é o criador de Private Lives, a comédia que agora chegou a Portugal através da adaptação a cargo de Suzana Borges e com o título literalmente traduzido para Vidas Privadas, como assim tinha de ser.  Num espetáculo sobre o amor e com a paixão representada das mais diferentes formas, neste espetáculo os hábitos, costumes e tradições de uma relação são debatidos de alto a baixo, entre o bem e o mal. Com base num casal divorciado e que refaz as suas vidas perante (...)

Convites Duplos | Vidas Privadas | 08/09.02.2019

Uma peça sobre o amor nas suas mais quentes, e mais frias, expressões. Amanda e Elyot, divorciados há cinco anos reencontram-se por acaso,com novos esposos, em segunda lua de mel num hotel em Deauville. Quando a chama entre eles se reacende, fogem juntos para Paris, onde... uns dias mais tarde os novos esposos os vêm procurar... Uma comédia de costumes duradoura e especiosa. Com Suzana Borges, Guilherme Barroso, Maria Dias e Martinho Silva. O Auditório do Casino Estoril, através da ArtFeis (...)

Vencedores de Allo Allo [08-05-2016]

Allo Allo está desde o início de Março pelo Teatro Armando Cortez, em Lisboa, numa temporada que tem seguido os passos de sucesso que este espetáculo tem obtido desde que estreou em 2015. Agora e após semanas de sala cheia, eis que o público pediu um prolongamento da temporada e a Yellow Star Company concretizou, estando Allo Allo pelo menos até ao final de Maio com novas sessões disponíveis.  Para assinalar este sucesso teatral lancei passatempo para atribuir dois convites (...)

Bilhetes para Allo Allo [08-05-2016]

O espetáculo Allo Allo, da responsabilidade da Yellow Star Company regressou a Lisboa em Março para encher a sala de espetáculos do Teatro Armando Cortez, em Carnide. Agora e após nova temporada de sucesso, eis que um prolongamento estava a ser exigido pelo público que fica assim com novas sessões (...)

Vencedora de Allo Allo [24-03-2016]

Após uma temporada de sucesso pelo Teatro da Trindade, o espectáculo Allo Allo regressou aos palcos lisboetas mas desta vez na sala do Teatro Armando Cortez para voltar a esgotar sessão após sessão. Como assisti pelo ano passado e aconselho, eis que há dias lancei passatempo com a finalidade de atribuir um convite duplo para a sessão de Quinta-feira, 24 de Maio, aos leitores do blog. Agora (...)

Bilhete para Allo Allo [24-03-2016]

Após uma temporada de sucesso pelo Teatro da Trindade do espetáculo Allo Allo e de uma curta digressão nacional no início deste ano, eis que a produção da responsabilidade da Yellow Star Company está de regresso a Lisboa e com um aperitivo extra. Além de voltar com a finalidade de continuar a esgotar sessão após sessão, Allo Allo será o (...)

Bilhetes para Allo Allo (19-11-2015)

Estreado recentemente pelo Teatro da Trindade, Allo Allo é o espetáculo que recorda a hilariante série televisiva de outros tempos. Para reviver ou conhecer, como foi o meu caso, a Yellow Star Company produz agora este Allo Allo onde nos transporta até um café central em França onde tudo e mais alguma coisa vai acontecendo com René, personagem de João Didelet, no centro da acção. Retratando os (...)

Allo Allo

A estreia de Allo Allo encheu a sala do Teatro da Trindade, não fosse esta produção assinada pela Yellow Star Company que tem vindo a mostrar boa qualidade nos seus lançamentos que depois ficam em palco meses, voltando e andando em tournée pelo país. Desta vez poderá não ser excepção se existirem pelas próximas sessões algumas alterações para com a forma como a apresentação de Allo Allo é feita junto do público! Não digo que não gostei porque isso não seria a verdade, (...)