Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

04
Set20

O ego de Cristina Ferreira

IMG_7772.jpg

 

Setembro já começou e Cristina Ferreira, além de ter assumido a direção de entretenimento e ficção da TVI continua a dar cartas com a sua revista e não só. Este mês o tema de capa da sua publicação gira em torno de si própria, mais uma vez, e mostra o egocentrismo um pouco desnecessário em torno de si e do sucesso alcançado. 

É público que adoro Cristina Ferreira, mas não será demais ser sucessivamente a capa da sua própria revista? Além de estar constantemente em grande destaque, neste mês de mudança e de novos rumos ainda consegue fazer quatro capas, em modo fantasia, com princesas e heroínas do universo fantástico do mundo Disney e Marvel perante o lema 《Deseje mais, todos os dias》. Percebo a ideia destas quatro capas, mostrando o poder da mulher em ser forte pela luta do sonho e conquista. Com a premissa 《Deseje mais. E siga em frente. O resto é fantasia.》, a apresentadora resume assim pelas redes sociais esta escolha para chegar junto dos leitores em Setembro.

Mais uma vez Cristina é capa da sua própria revista, optando por mostrar a heroína que pode existir em cada mulher por não baixar os braços, por lutar pelos seus objetivos e sonhos que aos poucos são concretizados com foco e determinação. Certo é que tudo em que Cristina Ferreira toca, seja na televisão ou fora dela, vira sucesso, mas estas capas não revelarão um pouco de auto valorização a mais? Defendo a ideia que se cada um não se valorizar não serão os outros que o irão fazer, mas ao olhar para estas quatro capas de princesas e super heroínas só penso no quão concentrada em si e no sucesso Cristina está neste momento como salvadora da pátria de um canal que ajudou e derrubou em menos de nada para agora regressar como a grande conquistadora que ao perceber o erro volta a casa para levantar os muros que ajudou ela própria a derrubar como se tivesse de voltar à feira e montar as estacas da banca. São assim os heróis tão merecedores do seu lugar quando estão bem vistos, quebram tudo para depois voltarem a conquistar e ganharem mérito com isso?

16
Ago20

Marcelo, o Presidente que se tornou nadador-salvador

original.jpeg.jpg

 

Agosto é uma autêntica maravilha no que toca aos serviços informativos dos principais canais de televisão e mesmo imprensa escrita em Portugal. No mês de férias, e em pleno feriado de 15 de Agosto, todos ficamos a saber como grande destaque que o nosso Presidente da República se tornou num quase nadador-salvador para ajudar duas jovens que caíram da sua canoa na Praia do Alvor, no Algarve.

Ao se encontrar de férias na praia algarvia, e num momento em que aproveitava o bom tempo à beira-mar, Marcelo Rebelo de Sousa, ao perceber que as duas jovens estavam atrapalhadas na água e com dificuldades em voltarem a canoa para subirem a bordo, decidiu ajudar com a sua boa forma de nadador e apoiou e ajudou as jovens a subirem a bordo dos meios de socorro, como um autêntico herói dos mares.

Marcelo, o Presidente que se tornou por um dia nadador-salvador é a notícia cor-de-rosa do fim-de-semana, acompanhando as férias de Cristiano Ronaldo, o sucesso online de Cristina Ferreira como figura mais pesquisada nos últimos dias, os dramas das guerras entre estrelas nos corredores da TVI e a contratação de Ljubomir Stanisic por parte da SIC. A vedeta nomeio disto tudo acaba por ser mesmo Marcelo, o salvador de Portugal, em trabalho ou de férias, na terra e no mar. 

05
Ago20

Teresa Guilherme na Revolução do Big Brother

teresa guilherme.jpg

 

No final do primeiro trimeste deste ano Cláudio Ramos deixava a SIC para tornar um sonho seu em realidade na TVI, o de apresentar o Big Brother. Com a edição comemorativa de regresso do reality show terminada no passado Domingo, 02 de Agosto, e com uma nova temporada agendada para estrear a 13 de Setembro, foi tornado público que o apresentador não estará nos comandos da edição apelidada de Revolução do Big Brother, ficando este lugar destinado à rainha dos reality shows em Portugal, Teresa Guilherme, que regressa assim ao ecrã num formato que tão bem conhece. 

A novidade caiu como uma bomba, já que tudo apontava que na próxima edição fosse Cláudio Ramos a servir de anfitrião como nos últimos meses. No entanto Nuno Santos, diretor geral da TVI, e Cristina Ferreira, diretora de entretenimento e ficção do canal, trocaram as voltas e sem qualquer suspense anunciaram o regresso de Teresa ao ecrã e nos comandos do Big Brother. Nuno Santos publicou mesmo nas suas páginas das redes sociais o texto que passo a citar. «Bem-vida Teresa! Teresa Guilherme é a apresentadora da próxima edição do Big Brother. "O Big Brother faz anos em Setembro. Que felicidade poder reviver e celebrar essa data que mudou a minha vida e a história da televisão em Portugal. Que bonito estar de volta!", salienta a apresentadora com emoção. A TVI mostra-se igualmente entusiasmada com este regresso, celebrando assim o formato de maior sucesso das últimas décadas em Portugal. O regresso da Teresa coloca "um novo foco sobre o programa que será inovador na forma, mantendo a matriz de intervenção social que está hoje na base de um conteúdo tão transversal". Cláudio Ramos, apresentador da edição anterior começa agora a trabalhar no seu próximo projeto que será comunicado em breve. A TVI agradece o seu empenho e os resultados alcançados nos últimos meses à frente do BB2020. Setembro é já amanhã!».

Com Cláudio Ramos a continuar com novos projetos no canal e que por muito que se tente mostrar feliz por esta substituição não me consegue convencer de tal, mostrando a direção do canal que não ficou totalmente feliz pelo seu desempenho na condução do programa âncora da estação durante praticamente quatro meses. Novos accionistas a entrarem na Media Capital, Cristina Ferreira nos comandos do entretenimento, Nuno Santos com vontade de ver a estação na liderança, eis que surge no lote de apresentadores do canal Teresa Guilherme para alterar e puxar ainda mais pela próxima edição do Big Brother. Numa temporada que se diz estar a ser preparada para revolucionar o conceito do formato até aqui, os castings já estão a decorrer e as equipas de produção a serem formadas para mais um arranque em grande, para mais agora em que o próprio canal começa a recuperar vários horários da liderança que foi sua e que deixou de o ser quando Cristina se mudou para a SIC, que ao que parece nunca foi a sua verdadeira casa profissional. 

Fiquei espantado com esta mudança de apresentador, quando nada o fazia prever e por achar que o Cláudio evoluiu bastante nas últimas semanas da edição do Big Brother 2020, mas na verdade Teresa Guilherme é a Teresa dos reality shows, a apresentadora implacável que todos gostamos de ver na frente deste género de programas. Só espero que este seu regresso não traga consigo os velhos trocadilhos irritantes e que o seu género para guiar cada gala seja com uma maior liberdade e sem textos tão rígidos escritos pelo seu amigo Miguel Dias para os quais o público perdeu a paciência nos últimos anos de Teresa nos ecrãs. Por um lado fico feliz por ver a Teresa de regresso no que tão bem sabe fazer, por outro esperava que tivéssemos entrado mesmo numa nova era no que toca a reality shows e com esta substituição inesperada parece um regresso ao passado, voltando uma Teresa com 65 anos de idade a ganhar destaque no principal programa do canal que convoca toda a grelha da estação ao longo da sua duração. Será que daqui a uns anos irão chamar de novo o Cláudio, que agora sai como derrotado de um programa que tornou líder em certos horários, para apresentar um reality quando a Teresa voltar a dizer que não quer mais fazer edição atrás de edição de novos e velhos formatos da vida real?

31
Jul20

Ajuntamentos clandestinos

ajuntamentos.jpg

 

Um dia desta semana, quando sai mais tarde do trabalho, e a caminho de casa passei ao lado de um dos jardins no final da vila para seguir para a aldeia onde vivo e eis que me deparo com algum barulho num espaço recôndito mas que se fazia ouvir da estrada.

Olhei no momento da passagem, nenhum carro pelas redondezas, mas no centro de um espaço mais protegido mas com visão para a estrada, deveriam estar mais de vinte adolescentes em festa, num espaço tão pequeno como o antigo quarto de Cristina Ferreira no seu programa matinal na SIC. Imagina um espaço pequeno assim, mas amplo, circular e com um muro em volta, com mais de vinte pessoas dentro, como se tivessem numa pista de dança, com o som em alguma coluna, de copos de plástico na mão e sem o espaçamento necessário para com os cuidados de higiene e distância de segurança pretendidos nesta altura do campeonato mundial em que ainda nos encontramos. 

22
Jul20

Jesus de novo com Cristina

jorge jesus cristina ferreira sic tvi.jpg

 

A 07 de Janeiro de 2019 estreou O Programa da Cristina nas manhãs da SIC e o convidado especial na primeira emissão do formato que logo iniciou na liderança foi Jorge Jesus, que se tornou amigo da apresentadora desde então, a ponto de apresentadora e treinador falarem ao telefone enquanto Jesus se encontrava na Arábia Saudita, tal como referiu em tempos a Cláudio Ramos, «Já não falo com o meu Jorge há muito tempo. Sabes que a gente falava ao telefone os dois, quando ele estava na Arábia Saudita. Ele perguntava se a amiga estava boa… a amiga sou eu. Falávamos por videochamada, que eu adorava. Estava lá ele na Arábia Saudita. Adoro o Jorge, um beijinho. A Internet no Brasil não é tão boa, por isso é que ele não me tem ligado», confessava.

Agora, com o regresso de Cristina Ferreira à TVI a ser anunciado no mesmo dia em que também Jorge Jesus é anunciado como o novo e regressado treinador ao Benfica, aposto as minhas fichas em que no dia em que Cristina arrancar com o seu novo talk show na TVI que Jorge Jesus será de novo o grande convidado para ajudar a abrilhantar a estreia.