Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Ofereço

14
Abr15

Alguém quer uma dor de cabeça de forma gratuita? Ontem o sintoma apareceu ao longo da tarde e hoje voltou a fazer-se sentir de novo! 

Penso que poderá ser pelo regresso ao trabalho, não sei. No entanto o que é certo é que nas férias estas coisas não aconteceram e agora que voltei há vida normal e irreal é disto! 

Amizade da Saúde

02
Fev15

Li por um blogue nacional que por sua vez ouviu numa rádio que o facto de ter muitos amigos é bom para a saúde. Será que deverei ter medo de estar prestes a terminar de viver por ter um grupo bem restrito de pessoas que considero de verdadeiros amigos?

Conforme fui lendo o dito texto fui ao mesmo tempo pensado nas pessoas que coloco dentro do lote da amizade, deixando os conhecidos e os outros, aquele que nem sei bem o que são, para trás. Fazendo as contas percebi que os poucos e bons que tenho chegam-me perfeitamente por serem os que fui escolhendo e também os que me deixaram ficar nas suas vidas. Somos mesmo poucos, existindo uma distinção entre as pessoas que estão comigo e aquelas com quem me vou cruzando, cumprimentando e não desejando que passe disso. Os suficientes amigos que tenho chegam-me para o gasto mas agora fiquei a pensar que poderei estar a colocar a minha rica saúde em risco por ser assim tão ganancioso quando se fala de amizade.

Só um pormenor que me saltou à vista também pelo dito texto do blogger... Será que os variadíssimos amigos que existem pelas redes sociais também contarão para um melhoramento do estado de saúde? É que se assim for estou um pouco mais descansado, embora não conheça talvez uns noventa por cento das pessoas com que tenha «amizade» pelo Facebook, TwitterInstagram ou Goodreads.

Estarei com a vida em perigo?! Que grande estudo!

Operação Nariz Vermelho

20
Dez14

Nariz VermelhoA Operação Nariz Vermelho continua empenhada em receitar alegria às crianças, familiares e profissionais de saúde que se encontram nos serviços pediátricos dos hospitais portugueses.

No entanto para que os Doutores Palhaços possam continuar a fazer com alegria o seu sério trabalho, toda a ajuda é necessária. Como tal um pequeno donativo pode fazer muito no futuro desta Operação tão recheada de alegria.

Quem puder e quiser apoiar o trabalho dos Doutores Palhaços basta ligar para o 760 305 505 (custo da chamada €0,60 + IVA) ou fazer o seu donativo através do NIB 0036 0310 9910 0011 4395 6.

Pouco pode fazer muito e com a ajuda de todos este tão bom ato solidário continuará a ter narizes vermelhos de boa disposição para partilhar pelos hospitais nacionais. Já fiz a minha parte! E tu?

Vencedor do livro Comer Saúde

20
Nov14

Comer Saúde VencedorO livro Comer Saúde é um dos mais recentes lançamentos da Guerra e Paz, estando a fazer sucesso pelas livrarias nacionais a pensar nos seus compradores mas também nos presentes de Natal. Como O Informador anda sempre de mãos dadas com as mais recentes apostas da editora, eis que um exemplar deste livro de boas práticas culinárias esteve em passatempo pelos últimos dias, chegando agora a altura de revelar o seu vencedor!

E esta obra do Clube do Livro SIC da autoria de Dr. Michel Lallement foi atribuída através do sistema automático random.org ao comentador no texto do passatempo que chegou em quinto lugar, o que significa que foi o Joaquim Silva o seleccionado, dando desde já os parabéns ao mesmo que irá receber pelos próximos dias o seu prémio em casa!

Agradeço a todos os participantes e convido-vos a continuarem com O Informador porque novas oportunidades como esta estão sempre a aparecer! Parabéns ao vencedor e até já a todos!

Comer Saúde

O que têm em comum o cancro, o Alzheimer, a diabetes, a fibromialgia, a artrose, a osteoporose e a obesidade? Resposta: além de estarem a afectar cada vez mais pessoas, estas e outras doenças têm origem numa inflamação crónica das nossas células, cujas causas estão muitas vezes associadas ao consumo de alimentos tóxicos e a intolerâncias alimentares.

Em Comer Saúde, o Dr. Michel Lallement, cirurgião oncológico com mais de vinte anos de experiência, explica e mostra-nos como funcionam na prática os mecanismos por meio dos quais intoxicamos o nosso organismo com uma alimentação inadequada e ensina-nos a escolher o que comemos, invertendo o caminho que nos pode levar ao encontro de algumas das piores doenças dos nossos dias.

Mais do que uma dieta ou receitas, o que este livro nos dá são as ferramentas e o conhecimento para que cada um de nós possa ser o seu próprio nutricionista, conseguindo assim prevenir e combater as doenças que mais afectam a população mundial.

Comer Saúde, o livro que pode ser teu!

10
Nov14
Comer Saúde

O que têm em comum o cancro, o Alzheimer, a diabetes, a fibromialgia, a artrose, a osteoporose e a obesidade? Resposta: além de estarem a afectar cada vez mais pessoas, estas e outras doenças têm origem numa inflamação crónica das nossas células, cujas causas estão muitas vezes associadas ao consumo de alimentos tóxicos e a intolerâncias alimentares.

Em Comer Saúde, o Dr. Michel Lallement, cirurgião oncológico com mais de vinte anos de experiência, explica e mostra-nos como funcionam na prática os mecanismos por meio dos quais intoxicamos o nosso organismo com uma alimentação inadequada e ensina-nos a escolher o que comemos, invertendo o caminho que nos pode levar ao encontro de algumas das piores doenças dos nossos dias.

Mais do que uma dieta ou receitas, o que este livro nos dá são as ferramentas e o conhecimento para que cada um de nós possa ser o seu próprio nutricionista, conseguindo assim prevenir e combater as doenças que mais afectam a população mundial.

Comer Saúde, um dos mais recentes lançamentos da Guerra e Paz já está a fazer sucesso pelas livrarias e sites de vendas literárias nacionais. Agora e porque O Informador anda sempre de mãos dadas com as mais recentes apostas da editora, eis que tenho um exemplar deste livro de boas práticas culinárias para oferecer aos comentadores e leitores do blogue que se queiram deixar guiar pelas dicas do Dr. Michel Lallement!

Quem quiser habilitar-se a ser o vencedor do exemplar de Comer Saúde, uma obra do Clube do Livro SIC, que tenho para oferecer basta viver em Portugal, ser seguidor pelo Facebook d’ O Informador e da Guerra e Paz, partilhando este passatempo pelo seu estado, tendo depois que copiar a frase que se segue e colocá-la como comentário a este mesmo texto.

«O Informador e a Guerra e Paz têm para oferecer o livro Comer Saúde!»

Este passatempo começa pelas 12h00 do dia 10 de Novembro, Segunda-feira, terminando pelas 18h00 de dia 20! Com a participação validada é só ficares atento porque será logo pelo dia 20 que anunciarei o nome que foi seleccionado através do sistema random.org. O vencedor será também contactado via email, como tal peço que no momento da inscrição os dados – nome (primeiro e último) e email – fiquem correctos para uma melhor comunicação.

Desejo Boa Sorte a todos os participantes, bons comentários, muitas partilhas e um alerta! Muito cuidado com a alimentação porque o que se come hoje poderá ajudar ao bem de amanhã mas se as escolhas alimentares não forem as melhores tudo também poderá ser mais complicado!

Legionella

10
Nov14

O Ébola assustou Portugal quando bateu à porta de Espanha! Agora chegou a Legionella de forma repentina e já com mortes confirmadas ao nosso país e o vírus que tem andado a matar pelo mundo inteiro deixou de ser notícia nacional.

Com a Legionella pouco e tudo já foi dito! Primeiro lançaram o boato de que não se devia consumir água da rede pública, O que logo pelo primeiro dia acabou por ser desmentido pelo diretor do Hospital de Vila Franca de Xira, ao qual pertenço por viver em Alenquer. Agora e com tantos testes e análises já feitos pelas águas do concelho e dos seus vizinhos será que ainda exista vírus que resista?

Revelaram que os infectados ficam uma semana com o vírus incubado até que este se manifeste, o que traduzido por miúdos indica que a inalação da dita bactéria que esteve instalada na água já desapareceu e deveu-se a algum erro de há dias atrás, algo que já estará resolvido mas que não deixa de colocar toda a população da zona em alerta. É certo que os avisos sobre os cuidados com os meios aquáticos, duches, hidromassagens e jacuzzis devem ser mantidos, então há que respeitar e ter a noção de que as malvadas bactérias ainda podem andar por ai, o que já não acredito.

Podemos beber água, temos é que manter o cuidado com a sua inalação, com os vapores e gotículas que são deixadas. Da forma como este tema está a ser tratado acredito que novas infecções não irão aparecer, só estando agora a surgir o grande pico de infectados que mantém o vírus consigo há alguns dias quando este lhes caiu em cima.

A linha de saúde pública em caso de sintomas está disponível pelo número 808 24 24 24. É bom estar atento, mas também é bom não ir a correr para os hospitais porque o que se sente pode não estar ligado ao vírus e ser algo passageiro, não existindo necessidade de encher os centros hospitalares por medo.

Respeitem os ex fumadores

13
Set13

Eu não sou e nunca fui fumador e não me faz diferença que fumem ao pé de mim, desde que não me incomodem. Agora o que me faz confusão é perceber que as pessoas que fazem um esforço para deixarem de fumar não poderem sentir o apoio dos outros que no lugar de ajudarem só fazem o contrário, pegando nos cigarros ao lado dos heróis que os deixaram de lado. 

Não aceito de maneira nenhuma saber que as pessoas que deixaram de fumar têm que levar com os amigos e familiares de cigarro na mão mesmo ao seu lado. Se existe um esforço da pessoa para deixar o vício e se esta mostra que não quer estar em ambientes de fumadores nos primeiros tempos, pelo menos até se habituar, porque não as sabem respeitar?

Acho uma falta de respeito ver um fumador ao lado de uma grávida, que deixou o tabaco pela saúde, como se nada fosse. O mesmo que ver uma pessoa que afirma que deixou este mau vício e depois tem que levar com os outros a falar de tabaco e a fumarem mesmo à sua frente como se tivessem em modo de provocação.

Será assim tão difícil estar duas ou três horas sem esfumaçar e respeitar assim os outros?