Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

25
Ago18

Exclusivo | Baião com Cristina nas manhãs da SIC

O Informador

joão baião.jpg

Nos últimos dias a bomba televisiva foi lançada com a transferência de Cristina Ferreira da TVI para a SIC. Agora e numa informação exclusiva que me foi dada e de fonte bem próxima do apresentador, posso revelar que a apresentadora não estará sozinha na condução do novo programa das manhãs da estação de Carnaxide. João Baião, que mantém o seu vínculo contratual com a SIC e que estando no ar ou não está a ganhar, irá juntar-se a Cristina na nova aposta do canal agora dirigido por Daniel Oliveira. 

Nos corredores do canal a informação sobre esta junção de Cristina com João já é sabida, não estando ainda certo quando o novo programa estreará, tudo apontando para o início de Janeiro. Para já o que é real é que os apresentadores estão escolhidos e João mantém-se assim como uma aposta no entretenimento do canal, juntando-se à antiga parceira televisiva de Manuel Luís Goucha para lhe fazerem frente. 

Lembro que João Baião regressou à SIC em 2014, após uma passagem pela RTP, tendo apresentado ao longo dos últimos quatro anos o programa Sabadabadão, ao lado de Júlia Pinheiro, Portugal em Festa com Merche Romero, Rita Ferro Rodrigues e Catarina Morazzo, sendo ao mesmo tempo aposta nas tardes semanais em Grande Tarde com Andreia Rodrigues e mais recentemente Juntos à Tarde ao lado de Rita Ferro Rodrigues. Estes formatos não conseguiram atingir a liderança nas audiências e acabaram por ser cancelados devido aos maus resultados obtidos enquanto estiveram em antena. Agora Baião voltará a ser aposta mas nas manhãs ao lado de Cristina Ferreira num tudo por tudo perante um horário há anos perdido para a TVI. 

24
Mar18

Curtas e Diretas | 132 | Rita Ferro Rodrigues e RTP

O Informador

rita ferro rodrigues.jpg

Será mesmo verdade que após a saída da SIC, Rita Ferro Rodrigues irá para a RTP após as críticas ao lote de apresentadoras escolhido pela direção do canal para o Eurovisão? Que canal vê na apresentadora uma boa contratação quando não existem sucessos televisivos ao longo da sua carreira recente? Para mais numa RTP onde não faltam é rostos femininos para apresentarem programas. Só vejo mesmo um canal onde podia encaixar e ser a melhor... CMTV! De resto...

19
Jan18

Novas tardes da SIC!

O Informador

sic.png

A SIC anda há anos atrás dos resultados pela liderança diária e a situação continua complicada em todos os horários. Porém existem formatos que se distinguem por conseguirem atingir números tão baixos que acabam por ser cancelados para serem substituídos por apostas que não lembram a ninguém. 

Com os fracos resultados ao longo das tardes no período semanal, o programa apresentado por João Baião e Rita Ferro Rodrigues, o Juntos à Tarde, irá ter a sua última emissão no próximo dia 23 de Fevereiro e quando se pensava que a direção do canal iria criar algo novo para ocupar a totalidade do horário ocupado pelo talk-show, eis que a surpresa acontece e somente uma das horas irá trazer novidades à grelha do canal.

Anunciado há dias o programa Dr. Saúde para ocupar o horário das 18h00, eis que sabe-se agora que das 16h00 até à chegada do novo formato a opção será repetirem as duas novelas nacionais que são exibidas ao serão. Ou seja, Paixão e Espelho d' Água irão ver os seus episódios do dia anterior serem repetidos pelas tardes, numa suposta tentativa de subirem os horários em que essas repetições acontecem. 

O que me pergunto com esta decisão é se a direção da SIC acredita mesmo em milagres. Se as novelas não conseguem liderar no episódio inédito da noite, ficando atrás da concorrência da TVI, como é que ainda vão apostar na sua repetição? Acredito que a repetição das duas novelas faça igual ou pior do que o Juntos à Tarde tem feito, uma miséria para um canal que luta pela liderança, mas mesmo esse pouco público da tarde poderá pesar ainda mais nos resultados que serão feitos nos episódios da noite. Se agora perdem, com a exibição dupla do mesmo episódio correm o risco de perder um pouco mais.

Já Dr. Saúde não me parece que convença no horário em que vai estrear, acreditando sim que tivesse melhores hipóteses de conseguir ter valores mais elevados se fosse exibido após o Primeiro Jornal, visto não ser um programa sobre doenças e seus derivados o ideal para um formato diário, em que as famílias começam a estar em casa, e ainda sendo antecedido por repetições de novelas, aparecendo como uma quase reabertura de antena no início do final da tarde na grelha do canal. 

Ou seja, a SIC tira do ar um talk-show que nunca conseguiu liderar para colocar a repetição das suas principais novelas da noite. Sai um flop para criarem possivelmente um novo duplo problema, tentando melhorar as tardes, o que não acredito, e correndo o risco de perderem algo à noite. 

17
Jan18

Criar ilusões no Eurovisão? Não concordo!

O Informador

rita ferro rodrigues.jpg

Muitos foram os famosos e anónimos, como eu, que comentaram a decisão de Portugal colocar na apresentação do Festival Eurovisão da Canção 2018, a decorrer no nosso país pela vitória do ano passado de Salvador Sobral, um quarteto somente composto por mulheres. Foi o caso de Rita Ferro Rodrigues que concorda com a escolha das quatro apresentadoras, não entendendo é o facto de não existir um rosto negro entre as escolhas da RTP. 

Se na minha opinião ver Catarina Furtado, Daniela Ruah, Filomena Cautela e Sílvia Alberto juntas na condução deste evento é um erro pela desnecessidade de existir dispersão na apresentação, sendo depois um erro não ter entre estes nomes um dos rostos masculinos do canal, já para a apresentadora do ainda existente, mas já com dia final marcado, Juntos à Tarde, da SIC, a questão é somente outra.

Líder do movimento e da plataforma Capazes, Rita Ferro Rodrigues comentou o facto da escolha ter recaído somente em «mulheres brancas». Foi pela sua conta no Twitter que a apresentadora relembrou que em «2017 foram só homens a apresentar a final da Eurovisão, 2018 só mulheres. Nada a apontar», mostrando apoio ao ver quatro mulheres na condução do evento, tal como tanto defende, não dando assim hipótese à igualdade de género que Portugal não quer mostrar à Europa. O que Rita não percebe e acha como «grave é o facto de ambos os painéis serem compostos apenas por pessoas brancas. Por tudo o que isto significa ao nível das oportunidades e da representatividade. Falamos sobre isso?». 

Podemos falar sobre isto sim! Como é que queriam que a RTP apostasse para um evento especial em algo que não faz ao longo do ano? Quantos apresentadores de cor negra é que a estação pública tem nos seus principais programas para agora, de um momento para o outro, poderem ser aposta num evento que toda a Europa vai transmitir? Pelo que percebo neste comentário da apresentadora, a vontade era que a direção do canal e Portugal, por consequência, mostrasse aos outros que um dos principais rostos televisivos do canal público tem outro tom de pele, o que não acontece. Existem jornalistas que representam outras nações, mas não são os principais pilares que dão a cara diariamente pelo canal que se diz ser «de todos nós» e se assim é não há que depois tentar mascarar numa situação especial algo que não acontece perante os olhos dos telespetadores que passam os seus olhos pela programação do canal. 

03
Dez14

Grande Treta

O Informador

Começou há mais de um mês o programa que prometia alterar as tardes da SIC e tornar as mesmas competitivas e capazes de enfrentar a liderança que Fátima Lopes mantém na TVI com o A Tarde é Sua. Agora percebe-se que João Baião nada conseguiu provar com a sua grande contratação, nem ao serão com o Sabadabadão, nem com o Portugal em Festa e mesmo com a terceira aposta, o Grande Tarde, a liderança desejada continua lá longe.

Ao lado de Luciana Abreu e Andreia Rodrigues, Baião chutou para canto Conceição Lino que apresentou o Boa Tarde nos últimos anos, sempre a perder para o canal concorrente. Conceição saltou da informação para comandar o talk-show das tardes, nunca tendo conseguido provar o sabor da liderança. Como um canal privado precisa de mostrar bons valores, no início do ano Júlia Pinheiro e companhia tiraram da cartola a contratação do então apresentador de Praça da Alegria, da RTP, para ficar encarregue do horário após a novela da hora de almoço, tendo começado logo o novo programa a ser preparado para aparecer na liderança e conseguir atirar Fátima Lopes para o segundo lugar.

Mais de um mês depois da estreia a tripla de apresentadores já mostrou que não existe lugar para todos no Grande Tarde, os números de telefone dos passatempos enfadonhos são os grandes amigos de Andreia e Luciana, o programa fica constantemente em segundo lugar, nunca tendo liderado e tendo o Há Tarde, de Herman José e Vanessa Oliveira a fazer-lhe frente. Ou seja, a aposta no Grande Tarde nestas suas primeiras semanas não revelou nada de novo, não conseguindo subir os valores que a Conceição fazia. Para quê a mudança se os valores continuam iguais e agora até a RTP se consegue aproximar das tardes da SIC?

Embora o programa não pareça conseguir liderar pelos próximos tempos, o que tudo indica é que em poucos meses esta tripla será desfeita para entrar um novo rosto no programa, uma tal de Rita, a atual bombeira de serviço do canal. Será que João e Rita conseguirão fazer mossa na concorrência? Não me parece, mas sempre são melhores que as duas assistentes que a direcção do canal arranjou para o Baião!

Uma forte aposta numa Grande Tarde que de grande só tem mesmo os altos ordenados dos seus apresentadores e alguns atributos das duas meninas!

13
Jul14

Flop Baião

O Informador

Há uns meses atrás a imprensa começou a noticiar que a direcção da SIC estava em negociações com João Baião para o apresentador da extinta Praça da Alegria, da RTP, voltar a ser um dos rostos do canal onde apresentou o Big Show, seu maior sucesso. Agora e passados os primeiros desafios junto do público, pode-se dizer que as apostas para as quais Júlia Pinheiro e companhia queriam Baião revelam que a sua contratação foi mais um tiro no pé para o canal.

Começando por Sabadabadão, o programa dos serões de Sábado onde João Baião partilha a apresentação com Júlia Pinheiro, pode-se logo começar a adivinhar que algo de mau já deve ter passado pela cabeça de alguém sobre esta contratação supostamente de peso e bons resultados. O programa estreou a perder para a concorrência e desde aí que tem visto os seus valores a caírem ainda mais!

O programa da noite de Sábado está morto e não consegue ressuscitar! Existe formatos que conseguem equilibrar-se quando começam a meio gás e surpreender, o pior é que este começou logo sem respiração suficiente e além de perder para a concorrente direta, leia-se TVI, também já leva tareia da RTP. O que fazer com Sabadabadão? Terminar o programa o mais rapidamente possível porque além de não estar a resultar só anda a prejudicar o canal com as suas médias diárias!

Se ao Sábado corria mal, pela SIC acharam que seria Baião a salvar as tardes de Domingo com o Portugal em Festa! Então o que foi feito? Tiraram a dupla Rita Ferro Rodrigues e José Figueiras que andava a fazer metade do valor que o Somos Portugal tem feito desde que começou e colocaram a nova contratação da estação ao lado de Merche Romero a passear pelo país com a caravana do canal. O que está a acontecer? A nova dupla além de não conseguir subir os valores para se mostrar ser uma forte concorrência ao formato líder no horário, ainda está a conseguir fazer baixar o que já ia mal!

Dois programas, dois horários diferentes e em dias distintos onde João Baião perde à grande para o que passa pelos canais do lado, não conseguindo mostrar ter o público do seu lado quando está a apresentar o seu Sabadabadão e o Portugal em Festa. E agora? Baião foi contratado por seis anos com o estatuto de estrela, tal como Júlia Pinheiro o foi há três anos atrás! A directora de conteúdos da SIC vê agora a sua história ser repetida pelo amigo e ambos conseguem ser apostas negras do canal pelo qual dão a cara!

Um Flop Baião foi o que a SIC roubou à RTP sem perceber que o público do canal quer programas diferentes dos da concorrência e não cópias descaradas do que é bem feito para os telespetadores que optam pela TVI.

25
Jun13

Portugal em Festa, um erro!

O Informador

Eu já tinha avisado antes da estreia de Portugal em Festa ter acontecido que esta aposta não era nada boa ideia e agora, após dois programas terem ido para o ar chega a confirmação de que a direcção da SIC deu um tiro no pé em ter retirado o programa Fama Show, as séries e o cinema das tardes de Domingo. Rita Ferro Rodrigues e José Figueiras não têm culpa, mas neste momento apresentam uma aposta flop nas tardes dominicais do canal.

A direcção do canal de Carnaxide quis apresentar nas suas tardes de Domingo um programa semelhante ao sucesso da TVI, Somos Portugal, no entanto é claramente visível que o seu público não é o mesmo do canal concorrente e que se por um lado os telespetadores da quatro gostam deste tipo de formatos em directo com animação, música e prémios, quem sintoniza habitualmente a três não vai na mesma onda e prefere ver ao fim-de-semana um bom filme ou um formato mais internacional.

É certo que na SIC luta-se para se conseguir roubar público à TVI, mas o que está a acabar por acontecer com este tipo de estratégia é que não rouba quem vê o Somos Portugal e ainda perde o público que tinha com as séries e cinema.

O Portugal em Festa teve a sua primeira emissão a 16 de Junho e perdeu para o concorrente mais directo, tendo até ficado atrás da oferta da RTP, agora e com a segunda edição do programa a ser transmitido os valores foram ainda piores e nem metade do resultado do programa apresentado por Iva Domingues e Nuno Eiró a Rita e o José conseguiram fazer.

E agora? Será que esta aposta furada vai mesmo continuar no ar até ao final de Agosto? É que os valores só estão a ficar piores do que um bom filme andava a fazer. Será mesmo necessário ser tão casmurro e continuar a querer dar festa aos portugueses quando estes não a querem ver?

A SIC tem um público que não gosta da cópia do Somos Portugal, eu percebi isso logo quando soube que este programa ia arrancar, mas quem gere a programação do canal só quer derrubar os outros e não pensa em quem está em casa diariamente a sintonizar a sua estação. Depois dá asneira!

young-adult-50-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook