Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A roupa infantil da discórdia

Nos últimos dias a discórdia surgiu entre pais e educadores quando a marca de roupa infantil Zippy lançou a sua nova coleção sem género para crianças entre os 3 e os 14 anos. Quando anunciada esta futura nova coleção logo se sentiu um certo azedume pelas redes sociais, mas agora que a mesma foi lançada para o mercado as reações foram mais que muitas.  Neste momento e após perceberem que parte da nova coleção disponível da Zippy para crianças não tem género, muitos (...)

Eu, o rapazito!

Sinceramente, não querendo parecer convencido, sei que aparento por vezes ter menos idade que a verdadeira! Há uns dias no trabalho senti isso na pele com uma cliente a apelidar-me por rapazinho junto do meu colega, com dois anos a mais que eu, que foi chamado por senhor! A diferenciação poderia ter uma boa ou má conotação mas não senti nada de critica naquela forma de se exprimir perante os dois, simplesmente quis diferenciar mas enquanto eu fiquei contente... Ah pois é, o (...)

Vejo um rapaz que morde as unhas e sangra tinta

«Vejo um rapaz que morde as unhas e sangra tinta» Barbara Kingsolver, em A Lacuna Um bom escritor não o é pelo número de vendas que faz anualmente ou por fazer mais presenças junto do seu público, não sendo a quantidade de venda que define o bom do mau, mas sim a qualidade que na maioria dos casos não é valorizada. Um bom escritor não se valoriza a sim mesmo, trabalha arduamente para ter uma obra com que se identifique e morde as unhas para sangrar tinta sempre que a sua (...)

Roupas indecentes em rapariga indecente

Nos tempos de escola, uma menina mais nova que eu sempre gostou de ser provocadora e usar roupas bem ousadas e impróprias para a sua idade. Agora, aos 20 anos, essa menina já é casada e mãe, mas continua a gostar de provocar com o seu modo de estar junto do outros. Em conversa com a minha melhor amiga a semana passada calhou falarmos dessa miúda que tem publicado fotografias suas pelas redes sociais como se fosse uma bomba sexy, um bocado para o gordo, mas acha-se a melhor do mundo, a (...)