Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

28
Jul20

Noites quentes

cama-vazia.jpg

 

Noites quentes são estas que apareceram por uns dias para nos atormentar o sono? Geralmente nem sou muito encalorado com as horas noturnas mais quentes mas este ano tem sido horrível!

Antes de deitar tenho de abrir a janela para que o fresco da rua entre e faça circular um pouco o ar quente que a casa vai ganhando durante o dia. Geralmente suporto estas noites quentes mas este ano tem sido horrível, mesmo em noites em que o leve vento se faz sentir lá fora não consigo resistir a não abrir as portas da janela para deixar entrar essa brisa, preferindo ficar tapado mas sentindo no rosto o ar fresco.

27
Set19

Do Verão para o Outono

outono.jpg

 

O Verão já se foi, os dias soalheiros também estão a desaparecer e as manhãs começam frescas, rabugentas e escuras. A boa disposição de uma pessoa não aguenta e após os meses em que acordar com o sol a brilhar ajudava a arrancar de melhor forma mais um dia, agora com o Outono e os tons acastanhados a fazerem-se sentir, tudo parece triste. Levantar da cama torna-se num momento pesado e a vontade para despachar é arrastada até mais não porque simplesmente a iniciativa de desfrutar destes toscos e instáveis dias não tem a mesma magia do brilho de há umas semanas.

28
Nov17

Acordar devagar

despertador.jpg

De há umas semanas para cá que o despertador toca e o corpo parece colado à cama, não querendo dar sinais para se erguer. Agora quando o telemóvel começa a tocar pelas 07h00, a mão vai até ao Parar e os olhos voltam a fechar-se por uns ligeiros, mas que parecem lentos, minutos. Volto a pegar no telemóvel mais tarde e percebo que ainda posso ficar deitado, no quente da cama mais um pouco e assim acontece.

Após levantar, despachar e comer mas antes de me vestir para sair ainda consigo voltar a enfiar-me dentro dos cobertores, umas vezes deitado outras sentado, mas volto a aquecer um pouco para tomar coragem e mudar de roupa para finalmente sair de casa. O frio matinal que se faz sentir fora de portas e o facto de não apetecer nada acordar tão cedo andam-me a deixar mole e sem vontade de obedecer ao toque do despertador logo quando este faz o seu alarido na hora certa e que deveria ser para me levantar obedientemente com a finalidade de fazer tudo com calma e sem andar depois um pouco mais apressado.

15
Jun14

Aí que calor!

Serão de Domingo é sinónimo quase certo de ficar por casa a descansar e a repousar também para a semana que irá começar depois de dormir. Hoje, estou em casa a pensar que amanhã estarei de folga, a ver o Rising Star, a olhar para as mil e uma páginas de internet que tenho abertas pelo computador, com um livro em cima da cama para ser lido a qualquer momento e com a ventoinha ligada devido a este insuportável calor que se faz sentir por todo o lado.

Na rua ou em casa, janelas abertas ou fechadas, o tempo está quente, estando mesmo um ar abafado! Apetece andar nu pela casa, tomar banho de água fria de meia em meia hora e não ter que deitar em lado nenhum porque o calor da cama ainda piora a situação. A ventoinha está por aqui ligada, girando de um lado para o outro, apetecendo ficar com o aparelho mesmo aqui à frente do corpo para não faltar o ar e ajudar a descer a alta temperatura que este quarto tem. 

Andávamos todos aflitos que o Verão não aparecia e agora que deu sinais de existência, apareceu em abundância e para fazer estragos! Aí que calor!

27
Nov13

Banho de água fria

Final de tarde, na rua um frio de rachar qualquer corpo e em casa prepara-se o banho! Tudo preparado, entra-se na banheira e os primeiros minutos acontecem com toda a normalidade, até que a água quente, que vinha a correr do chuveiro, dá lugar à fria e corpo e cabelo estão com gel e shampoo respetivamente. O desejo de qualquer um acaba de acontecer!

Sem ninguém em casa para mudar a bilha de gás e com o corpo ensaboado o que poderia fazer então? Render-me aos factos e não criar argumentos desnecessários para estar na banheira, com frio e com a água desligada à espera que um milagre acontecesse. Pois, a opção só poderia mesmo ser, voltar a ligar a torneira, deixar que a água gelada percorresse o meu corpo e tentar despachar o final do banho o mais rapidamente possível.

Foi um verdadeiro banho de água fria!