Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

21
Set14

Programas da Tarde

O Informador

Daqui a umas semanas os programas que irão tomar conta das tardes dos três principais canais nacionais já estarão no ar e desta vez é caso para se dizer que a Tarde vai estar em força, pelo menos nos nomes, já os rostos que irão disputar o horário não são assim tão fortes em alguns casos. RTP e SIC estreiam o Há Tarde e o Grande Tardem respetivamente, pelos próximos dias, dois novos programas que irão competir com o já fidelizado A Tarde é Sua de Fátima Lopes. Quem levará a melhor neste novo trio de batalha? A apresentadora, a dupla ou o trio? Se por um lado Fátima Lopes já tem o seu lugar de destaque nas tardes da TVI, tendo sido sempre líder desde que assumiu a condução do programa, agora a apresentadora terá novos concorrentes no horário que poderão beliscar os valores que tem vindo a fazer.

Pela RTP Vanessa Oliveira junta-se a Herman José para relançar as horas do lanche pela televisão pública. A apresentadora deixou a SIC, onde trabalhou durante oito anos, para abraçar este novo projeto, arriscando e fazendo o que já devia ter feito há mais tempo, não para a RTP, mas sair do canal que não lhe dava o destaque merecido. A nova dupla das tardes do canal não irá alcançar a liderança pelos primeiros tempos e penso que a escolha do Herman para este tipo de programas diários pode não ser a melhor, no entanto tudo pode acontecer e o apresentador e humorista é um dos melhores rostos da nossa televisão, já tendo provado que se consegue adaptar a tudo o que lhe é proposto. Será que irão fazer uma boa parceria? Aí acredito que sim, embora não veja o primeiro lugar do lado dos dois apresentadores!

Mudando para SIC, ai a conversa é a três e a João Baião irão juntar-se a atriz Luciana Abreu e Andreia Rodrigues. João mudou-se para o canal de Carnaxide como uma grande contratação, pensando-se que iria assumir o horário das tardes a solo e não com duas companheiras de apresentação que não encaixam. Não vejo Luciana Abreu como apresentadora de um formato diário, sendo uma estrela que gosta de dar nas vistas e sem grande jeito para a conversa. Com tantas apresentadoras nos magazines semanais e nos canais temáticos da empresa, qual a necessidade de recorrer a um rosto que é na representação e música que está bem, não tendo que andar a saltitar por áreas que não são as suas, tirando o lugar de alguém que sabe realmente o que é apresentar um programa de conversas e entretenimento? Um erro a escolha da Luciana, como tal não admira a saída da Vanessa para a RTP, quando a sua anterior direcção não aposta em quem deve em detrimento das vedetas da imprensa! Além da Luciana existe a Andreia Rodrigues que volta a ser chamada pela SIC para mais um programa! A apresentadora e namorada de Daniel Oliveira tem sido convocada para vários formatos depois do sucesso da primeira temporada de Gosto Disto, mas o que é certo é que depois do programa que apresentou ao lado de César Mourão, nada mais lhe tem corrido assim tão bem em termos audiométricos para voltar a ser chamada. Não percebo a razão de uma Ana Rita Clara estar somente dedicada ao programa no SIC Mulher quando é uma das melhores da sua geração e do canal, não entendendo também o que leva ao não recrutamento dos outros rostos do Fama Show para outras coisas, sendo sempre a Andreia, a Andreia e a Andreia! Até Merche Romero, que voltou a ser recentemente uma aposta da estação, merecia mais este lugar, mas quando se tem um bom relacionamento com as direcções tudo é possível, não é bem verdade?!

Se na RTP existe uma dupla que entendo e que vai correr bem, já na SIC vejo um trio imperfeito e que parece ter sido feito para um programa especial e que se ficará por aí mesmo. No entanto é a tripla de Carnaxide que acredito que possa fazer maior estragos na sua fase inicial na liderança das tardes da TVI! Será que em Queluz se vão deixar ficar se as novas apostas dos concorrentes correrem melhor que o esperado? Sou defensor que Nuno Eiró já devia estar há algum tempo ao lado de Fátima Lopes na condução do A Tarde é Sua, mas a direcção do canal ainda não percebeu essa parte!

Pelas próximas semanas os novos e o antigo formato já estarão todos em confronto e aí sim, a guerra das audiências nas tardes da televisão portuguesa vai recomeçar!

15
Set14

Feira Setecentista de Queluz

O Informador

Feira Setecentista de QueluzDurante este fim-de-semana Queluz recebeu a Feira Setecentista pelo Largo do Palácio! Passei a tarde de Domingo pelo local e acredito que no próximo ano poderão fazer bem melhor!

É certo que o espaço estava cheio de comerciantes dos nossos dias que tentam aliar os seus produtos modernos com os de época, o que nem sempre é fácil, mas faltava magia ao evento. Tendo existido a tentativa de chamar as pessoas para voltarem a um ambiente setecentista, a animação estava fraca com poucos animadores e motivos de distracção, só mesmo estando a área comercial e dos petiscos atrativa, o que não chega para uma feira deste tipo.

Em pouco mais de quinze minutos o circuito pelo local foi feito, não existindo os espetáculos de rua que caracterizam este tipo de projetos e que acabam por ajudar os visitantes a ficarem mais algum tempo, vendo as exibições de atores e animadores que dão brilho a estas feiras antigas.

Queluz recebeu milhares de visitas de 11 a 14 de Setembro, muitas talvez ao engano, para com esta feira que achei que me iria agradar e que defraudou por completo a ideia que tinha sobre si! Acredito que a edição, caso aconteça, de 2015 apareça com maior força, tal como é característico acontecer por outras vilas e cidades nacionais!

Feira Setecentista de Queluz

Feira Setecentista de Queluz

13
Mar14

Baião, Herman e Moniz

O Informador

No espaço de pouco mais de uma semana três notícias foram reveladas pela imprensa e já aparentemente confirmadas pelas direcções dos canais televisivos que fizeram contratações de peso para as suas empresas. Se a TVI chamou José Eduardo Moniz para amparar o estado da ficção do canal, a SIC quer melhorar as suas tardes e roubou João Baião à RTP, que por sua vez quer colocar Herman no ar diariamente pela hora do lanche. Três homens sonantes do mundo televisivo a serem a notícia e O Informador a comentar!

Começando por Moniz! O seu percurso pelo mundo televisivo foi notável e a sua saída aconteceu num período conturbado e já esperado, agora dá-se a reentrada à casa que relançou e tornou líder e é caso para se dizer que é o regresso a quem de dever ao seu lugar de onde não deveria ter saído. José Eduardo Moniz não voltou à TVI como diretor, sendo apenas um conselheiro sobre a ficção nacional que irá ser produzida daqui para a frente pelo canal, mas saber que o ex-diretor voltou a casa e tem uma palavra a dizer sobre as novelas, séries e filmes nacionais que irão ser transmitidos pela grelha da estação é uma boa notícia. Moniz sabe fazer televisão como ninguém, fez mexer um canal que estava em terceiro e que foi colocado em primeiro onde tem continuado e, agora que o horário nobre, muito dependente das novelas, tem sofrido com os erros do passado, o capitão voltou a ser chamado para salvar e remendar o barco que levou a bom porto.

João Baião foi o grande rosto do Big Show SIC na década de 90 e posteriormente chutado para canto pelas sucessivas direcções da SIC, até que a RTP recrutou o apresentador para apresentar os seus talk shows diários, lançando-o num formato que não era o seu. Com provas dadas na conversa, com uma boa disposição ímpar e carinho do público, Baião agora voltou a ser convidado para voltar ao canal onde teve o seu pico de popularidade e as tardes estão-lhe destinadas para que a animação reine. Se foi uma boa aquisição? Foi! Se era necessário chamar alguém de outro canal para tentar levantar o horário onde Conceição Lino não pia? Existiam boas opções dentro dos quadros do canal de Balsemão, só que parece que a atual direcção não deverá achar o mesmo e prefere colocar tudo pela prateleira e chamar as estrelas dos outros. Uma boa aposta que não irá mudar o atual estado da situação, tal como João Paul Rodrigues não fez nem um belisque nos seus colegas do canal do lado quando se juntou pelas manhãs a Júlia Pinheiro. Não era necessário ter João Baião pela SIC, mas a Julinha e a Gabriela lá saberão!

Finalmente, a vontade da RTP em colocar Herman José a apresentar um programa diário nas tardes do canal! Será que isto é mesmo verdade ou não passou de um sonho tornado público pelo senhor diretor? Herman não tem minimamente o perfil de apresentador de que o público do canal gosta para ver num programa diário ao longo da tarde. Tem imenso talento para a comédia e é um dos melhores apresentadores da nossa televisão, mas não para estas ideias absurdas onde se querem ver formatos com animação, conversa, música, mas nada com o estilo com que Herman se tem celebrizado. A confirmar-se será a verdadeira aposta ao lado, eles lá saberão!

Moniz, Baião e Herman, três nomes que fizeram a história da nossa televisão e que voltam a ser notícia por continuarem a fazer com que o mercado do audiovisual mexa e fique em sobressalto!

23
Set13

Belmonte [Estreia]

O Informador

«Isto é o paraíso!» ditou, pelas palavras do ator António Capelo, o início da novela Belmonte na antena da TVI. A grande aposta em termos de ficção nacional para o horário nobre do canal de Queluz já estreou e teve com o seu primeiro episódio um bom impacto perante O Informador.

Adorei! Adorei! Adorei! Se há uns tempos afirmei que uma outra novela do mesmo canal me tinha conquistado logo pelo seu primeiro episódio, esta suplantou a outrora nova aposta e a qualidade está bem presente e vincou-se tão bem em todos os pormenores desta nova produção.

Dos atores ao texto, da banda sonora à imagem, dos cenários aos pormenores... O cuidado que está impresso em Belmonte é notório e tal tinha mesmo de acontecer. Mostrar o nosso país, numa produção adaptada, recuperando atores que têm estado afastados do pequeno ecrã e ainda conseguir encontrar uma atriz brasileira para uma das personagens principais foi um trabalho excelentemente bem conseguido e a luta dos últimos meses está agora a começar a ser mostrada aos telespetadores.

Eu fiquei maravilhado com todo o primeiro episódio pelo tipo de história que conta, por mostrar o nosso país tal como é, com óptimas paisagens naturais do nosso Alentejo e por ter um elenco com nomes bem conhecidos e que não costumam encontrar-se nos mesmos trabalhos. Graças à extinção dos contratos de exclusividade outros rostos têm agora a oportunidade de aparecer em detrimento das estrelas que são assim deixadas para trás. É bom ver esta renovação de elencos e não estar constantemente com as mesmas caras, novela após novela, onde só mesmo as personagens mudavam porque os corpos continuavam a ser os mesmos. Gostei desta variedade e só por isso a aposta já era vencedora!

O tipo de história é atrativa com uma luta familiar a dar o grande toque deste trunfo e depois com uma banda sonora bem romântica e capaz de englobar várias estilos e com um trabalho de fotografia tão bem cuidado, esta Belmonte poderá não ser só mais uma novela. Se tudo continuar como foi apresentado na sua estreia, o público tem nesta produção da Plural um novelão capaz de conquistar miúdos e graúdos.

25
Ago13

Cristina Ferreira... SIC ou TVI

O Informador

Uma das questões mais noticiadas nos últimos meses, porque tão depressa aparece como destaque na imprensa como já ninguém comenta, é o facto da direcção da SIC, mais concretamente Gabriela SobralJúlia Pinheiro quererem ter a estrela da TVICristina Ferreira, no canal que dirigem. Este assunto já se tornou tão rotineiro que se algum dia acontecer ninguém vai acreditar!

Será que a imprensa não tem mais nada para colocar nas suas páginas que consiga chamar os leitores a comprarem o jornal ou a revista? A apresentadora e companheira nas manhãs de Manuel Luís Goucha já confessou que é amiga das duas mulheres que comandam o canal concorrente para o qual trabalha, mas também já contou à imprensa que tem contrato com a estação de Queluz por uns bons meses. Como é que se fazem notícias de que a SIC quer a Cristina e que esta pode estar a caminho do canal para ser o rosto da mudança nas manhãs e tardes que está a ser preparada para acontecer em Janeiro, quando a apresentadora revela que está bem onde está e embora tenha amizades do outro lado, isso não implica a mudança de camisola?

A Cristina já revelou que até se sentir bem no local que a lançou para o estrelato não se mudará porque além de estar bem e com um bom ordenado, tem ao seu lado uma pessoa que admira enquanto colega. O contrato só termina no próximo ano, por isso qual a razão da imprensa já andar a falar desde o ano passado que a saloia da Malveira poderá estar com um passo no canal do lado? Uma coisa é fazer uma notícia quando as coisas são certas, outra é supor porque neste caso é bem compreensível que um canal que luta pela liderança queira ter no seu lote de apresentadores um rosto que garante audiências e que tem apresentado na sua carreira formatos líderes e com o carinho do público. Elas podem querer, mas quem manda em Queluz também a quer e não a vai deixar fugir assim tão facilmente!

Algumas questões bem interessantes... Será que Cristina se mudará mesmo nos próximos anos para a SIC por amizade e um melhor salário? É que o caso de Júlia Pinheiro poderá pesar nesta contratação porque a ex-estrela da TVI mudou-se, começou a apresentar o Querida Júlia e embora já tenha pisado o horário nobre do canal que agora dirige, o sucesso de outrora já não está do seu lado. E sair de um canal onde se é a estrela maior de entre um lote de talvez oito ou nove apresentadores e passar para um com dezenas de pessoas que podem estar à frente de um programa e com vontade de brilhar também poderá ser um risco, não? É certo que quando se está no topo e pouco se pode subir existe sempre a tentação de recomeçar tudo de novo para batalhar dia-a-dia pela reconquista, mas essa batalha pode correr mal como é visível em alguns casos que nem aquecem nem arrefecem desde há mais de dois anos!

Vários são os pontos favoráveis e contra à mudança de Cristina Ferreira da TVI para a SIC ao longo do próximo ano, mas não me parece que este salto e rotura com todo um passado feito de sucessos aconteça porque a apresentadora do Você na Tv! sabe que o seu público é o do canal onde está e não o elitista que prefere os programas de conversa de Carnaxide.

2014 poderá significar uma mudança na carreira de Cristina Ferreira, ou não, mas pela imprensa, desde que se tenha assunto para se colocar na capa já é muito bom e o resto é conversa!

11
Ago13

Ok ficou mesmo Ko

O Informador

Antes de começar já o seu trágico destino estava traçado! O programa Ok Ko que a direcção da TVI resolveu apresentar aos seus telespetadores nos serões de Verão não resultou, mas isso não seria mais que previsível visto há uns tempos na SIC ter passado o Salve-se Quem Puder que após a primeira semana também deixou de fazer o efeito desejado? Um tiro no pé que antes de acontecer já andava a fazer estragos!

João Paulo Rodrigues é o fenómeno que o canal de Queluz encontrou no ano passado e que consegue ter os espetadores do seu lado... Vera Fernandes uma voz bem conhecida da rádio Cidade Fm e que deu o salto para o ecrã como ninguém... O que correu mal então? O formato em si!

Já ninguém tem paciência para ver duas ou três pessoas de frente para uma parede ou luva de boxe à espera de serem empurradas para uma piscina de água gelada. O formato não tem nada de especial e tirando a parte dos concorrentes e convidados mudarem dia após dia nada mais há de atraente neste tipo de programas que não conseguem cativar o público.

O Ok Ko surgiu como a aposta para o início do serão ao longo de várias semanas deste Verão, mas rapidamente a direcção do canal percebeu que tinha errado e retirou do ar o que nunca deveria de ter sequer idealizado como uma boa aposta.

Conclusão, as novelas que andavam a ser poupadas para poderem durar mais uns tempos estão neste momento a serem exibidas em doses ampliadas e sem necessidade, já que existem produtos engavetados e à espera para serem transmitidos e que podiam ter feito boa figura nesta altura do ano sem se ter que apostar erradamente numa piscina que meteu água e que agora tem que ver os restantes programas gravados irem para o ar num dia e horário para o qual não foram idealizados.

Um Ok que só podia dar num grande Ko! Apostas erradas para se atrair um outro público... Só me fazem lembrar a Júlia e a Sobral com a aposta no Portugal em Festa!

07
Jan13

Presépio da mana Pa

O Informador

Presépio

Já conhecem a minha mana Pa, não já? Pois, não nos vimos nos dias antes de Natal, nem até à passagem de ano, mas ela não se esqueceu de mim e ofereceu-me uma prendinha, este presépio especial e cheio de pinta!

Foi no dia que fomos ver o filme Os Miseráveis, que a Pa me deu o presentinho de Natal de que gostei muito e que se encontra agora, como pode ser visto pela imagem, à frente dos meus livros.

Este presépio é tão giro, mas tão giro mesmo, que não o posso guardar, mesmo não estando em época de Natal já. Vai ficar no sítio onde está durante todo o ano e assim sempre que olhar para aquele local, lá está o presente da minha irmã do coração.

Nesta imagem natalícia existem algumas coisas engraçadas, não existem burro e vaca, tal como o senhor papa afirmou que tais figuras não fizeram parte desta histórica mágica. Depois, não dá para ver na imagem, mas por baixo das folhas das palmeiras existe uma luz que posso ligar sempre que quiser. Mas o que destaco mesmo é o facto de as três figuras serem tão redondinhas e fazerem-me lembrar que saíram de uma série de desenhos animados, daqueles que apetece apertar e levar para casa.

Adorei este presente da mana Pa! Tão giro e engraçado, que só podia vir mesmo daquela mente. Para quem quiser, contaram-me que foi comprado numa loja recheada de presépios, lá para os lados de Queluz!

young-adult-50-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook