Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

11
Jan19

O Presidente Desapareceu | Bill Clinton e James Patterson

O Informador

O presidente desapareceu.jpg

Título: O Presidente Desapareceu

Título Original: The President is Missing

Autor: Bill Clinton e James Patterson

Editora: Porto Editora

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Novembro de 2018

Páginas: 464

ISBN: 978-972-0-03135-8

Classificação: 5 em 5

 

Sinopse: O Presidente dos EUA desapareceu.

O mundo está em choque!

Mas a razão do seu desaparecimento é ainda pior do que seria de supor.

Com pormenores que só um Presidente como Bill Clinton pode conhecer e o suspense que apenas um autor como James Patterson seria capaz de criar, O Presidente Desapareceu é o thriller mais empolgante e surpreendente dos últimos anos.

 

Opinião: O início do meu ano literário começou em boa forma, com a leitura de O Presidente Desapareceu, um thriller que entrou diretamente para a lista dos meus preferidos dentro do género logo pelos primeiros capítulos, não desiludindo em algum momento até às últimas páginas. 

Um verdadeiro thriller político envolvente que James Patterson e Bill Clinton criaram em torno do Presidente dos EUA. Convidando o ex-Presidente para a escrita deste livro, James Patterson acertou em cheio, uma vez que na criação desta sua nova história conseguiu apurar novas informações sobre os meandros da Casa Branca com um conhecimento que poucos conseguem, os que por lá vão passando. 

15
Set18

Presidente da RTP sem noção

O Informador

rtp.png

Gonçalo Reis é o atual Presidente do Conselho de Administração da RTP e em entrevista ao jornal Público afirmou que «a RTP está a prestar mais serviço público, ao Estado caberá ajustar a Contribuição para o Audiovisual de acordo com a inflação tal como a lei estipula». A minha questão vai no sentido que sempre debati sobre o facto de sermos todos nós, numa taxa com a fatura da luz, a pagarmos a RTP que gasta milhões e ainda contém publicidade, menos que os privados, mas que podia perfeitamente se igualar ao tempo publicitário da concorrência para sobreviver por si. O problema disto tudo está mesmo nos luxuosos ordenados e na quantidade de funcionários que os canais públicos de televisão têm há anos e muitas vezes sem qualquer sentido. Quem paga? O povo que muitas vezes nem passa os olhos pelo canal! Com isto o Presidente Gonçalo Reis ainda quer ter um cheque maior para poder fazer programas em direto por onde lhes apetece só para terem uma vista sobre o Tejo, mesmo que para isso paguem milhões por ano quando o mesmo formato podia ser feito em estúdio e sairia bem mais barato.

Para Gonçalo Reis o Governo devia recompensar a RTP pelo serviço público que tem sido feito nos últimos anos, mesmo com as audiências dos canais públicos a baixarem. A solução para o Presidente seria aumentar a taxa do audiovisual em 2019 nas faturas pagas todos os meses. «O financiamento da RTP é dos mais baixos da Europa. Até a Grécia, a Bósnia ou a Macedónia têm recursos superiores para o audiovisual. Nos últimos anos, com esforço, sacrifício e empenho interno, a RTP lançou novos canais na TDT, abriu os arquivos históricos, aumentou o apoio ao cinema e produção independente, e à divulgação de áreas culturais. Atuando numa situação de concorrência, de mercado, em que as exigências são crescentes, a RTP tem de ter os meios», afirma, e para isso têm de apostar, digo eu, em formatos mais caros que não são vistos e não recolhem assim o interesse publicitário.

Olho para as palavras proferidas e só penso que existe muita falta de noção dentro do canal público. Na programação diária apostem em séries para o horário nobre que ninguém vê e que podem muito bem começar logo após o Telejornal para terminarem no espaço de dez semanas, em alguns casos, perto da meia noite. O day time tem formatos base mas depois andam constantemente a inventar situações para andarem pelo país, o que envolve maiores despesas. Ainda no entretenimento são vários os rostos com salários fixos e que passam semanas a aparecerem com espaços semanais de minutos inseridos nos programas diários. Renovações de contratos com medo da concorrência e criação de programas para segurarem apresentadores só porque sim e não a pensar nos bons valores do canal. 

29
Dez17

Cuidados com Marcelo

O Informador

marcelo rebelo de sousa.jpg

Marcelo Rebelo de Sousa foi operado a uma hérnia umbilical e a imprensa continua louca atrás do nosso Presidente SuperStar.

Estando a recuperar sem problemas e dentro da normalidade, Marcelo foi operado no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, e a imprensa nacional não deixa o hospital para que possam fazer diretos quase de hora a hora e estarem sempre atentos ao boletim clínico do Presidente da República. 

Será que se tivesse sido Cavaco Silva operado enquanto lider nacional os jornalistas estariam tão interessados no seu estado clínico para fazerem tanta reportagem e diretos com a finalidade de dizerem mais do mesmo?

Nota-se a paixão que a imprensa nutre por Marcelo e os repórteres que acompanham diariamente os passos do Presidente devem adorar toda a azafama que o professor cria de dia para dia, alterando a sua agenda e levando a tropa toda atrás.

Marcelo é o Presidente SuperStar que Portugal nunca teve e a mudança que provocou em Belém tem levado a que o seu nome seja um dos mais procurados em termos noticiosos ao longo do ano. Agora hospitalizado continua a fazer notícia e a ser todo o centro das atenções. 

09
Mar16

Habemus Marcelo!

O Informador

habemus presidente.jpg

As primeiras horas de Marcelo como Presidente da Repúlica lembraram-me um pouco os primeiros momentos do Papa Francisco. Os seguranças em apuros com as ideias de andar livremente pela rua, os beijos e cumprimentos a quem passa, os sorrisos e acenos.

Habemus Presidente do povo?! Esperemos que sim!

13
Mai14

Cavaco Silva, o Informador

O Informador

Anibal Cavaco Silva, O InformadorAcabei de descobrir que o atual senhor Presidente da República Aníbal Cavaco Silva também já pertenceu à categoria que há uns anos decidi colocar como nome deste blogue. A dona Maria casou então há umas décadas com um Informador pertencente à Polícia Internacional e de Defesa do Estado!

O Informador de agora é diferente do daquela época, da pessoa que se tornou nosso dirigente e que conquistou os votos de muitos! Cavaco está na presidência do país e eu estou aqui a escrever, olhando para o seu antigo Bilhete de Identidade na altura em que se inscreveu na PIDE, época da ditadura salazarista, altura em que a democracia não existia, ao contrário do país que governa atualmente.

Uma pessoa e um grande contraste de época que mostra a contradição do senhor Silva! Pena ter sido apelidado de Informador, a palavra que deu o nome a este blogue livre e isento democraticamente!

guerra-dos-tronos-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

  • O Informador

    Na verdade é isso mesmo, a pressa e correrias cons...

  • MãeTástica

    É verdade. Não há pachorra para essas pessoas semp...

  • O Informador

    O que é bom na Netflix é que eles não cumprem um a...

  • O Informador

    Parece que o Costinha abriu este ano os cordões da...

  • O Informador

    Anda a falhar esse teu contabilista!

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook