Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Universitários-billboard

«SIMMMMMMMMMMMM»

Cristiano Ronaldo é o vencedor da Bola de Ouro 2014! Sim, ele é nosso, o troféu teve todo o seu mérito e agora é pensar que os próximos meses têm novos prémios para conquistar! 2008 e 2013 foram os anos das primeiras Bolas de Ouro de Cristiano que agora faz a tripla, deixando os seus adversários para trás. Ronaldo conquistou o troféu com 37,66% dos votos, ficando longe de Lionel Messi, (...)

Chegaram ontem...

Chegaram ontem os mais recentes residentes da minha mesa de cabeceira! Não é que fizessem grande falta porque em fila de espera para serem lidos ainda estão uns oito ou nove primos destas novas aquisições, no entanto como o que é bom nunca é demais... Diretamente dos armazéns da Fnac acabei por comprar o Prémio Leya 2012, Debaixo de Algum Céu, da autoria de Nuno (...)

Jovem Prémio Leya

O Prémio Leya é talvez a distinção literária nacional com mais peso nos dias que correm, descobrindo novos autores. Este ano o prémio foi atribuído a Afonso Reis Cabral, o jovem de 24 anos, trineto de Eça de Queiroz através do livro O Meu Irmão. O vencedor do galardão foi escolhido entre 361 obras originais, recebidas de 14 países mas sempre com a língua portuguesa como base, tendo sido seleccionado pelo júri presidido por Manuel Alegre que se juntou aos escritores Nuno (...)

Patrick Modiano, o Prémio Nobel da Literatura 2014

Quinta-feira, 9 de Outubro de 2014, dia em que foi revelado o Prémio Nobel da Literatura atribuído pela Academia Sueca ao francês Patrick Modiano. Tendo sido o décimo primeiro autor nascido em França a receber esta distinção, Patrick foi destacado pela Academia aos 69 anos «Pela arte da memória com a qual ele evocou os destinos humanos mais inatingíveis e descobriu a vida do mundo da ocupação [alemã]». Tendo publicado o seu primeiro romance, La Place de l'Étoile, em 1968, (...)

A Acompanhante

A Acompanhante é a peça vencedora do Grande Prémio de Teatro Português 2013 da SP Autores e agora está em cena pela Sala Vermelha do Teatro Aberto, de Quarta-feira a Domingo, com interpretação da atriz Mónica Garnel. Este monólogo da autoria de Cecília Ferreira une o humor com a ternura e (...)

Fundação José Saramago

Visitei a Fundação José Saramago e posso dizer que na célebre Casa dos Bicos existe muito para ver sobre o homem que fez história e que marcou pontos na literatura mundial! Da vida pública à privada, das agendas aos apontamentos literários, dos jornais aos vídeos, do Nobel a Pil (...)

Prémio Leya 2013

Mais um final de ano aproxima-se e, como é hábito, um novo Prémio Leya é atribuído! Como é bom ver novos nomes a aparecerem pela literatura nacional através deste concurso aberto a todos mas onde só o melhor e o que mostra um trabalho capaz de seduzir os jurados consegue chegar à publicação da sua obra.  O Prémio Leya 2013 foi atribuído a Gabriela Ruivo Trindade, uma desconhecida do público literário e que só por vencer este destaque já merece o aplauso de quem gosta de (...)

Sorte publicitária

Ando cá com uma pontaria que nem te conto! Vou a qualquer site ou blogue e lá me aparece aquela publicidade do «Parabéns, você foi o visitante número 10000 e por isso acabou de ser premiado!», ou então algo do género, «Parabéns! Se seguir este anúncio recebe um prémio em sua casa!». A sério mesmo?! Oh, isto é que seria sorte, né? Será que este género de publicidade ainda rende assim tanto como quando surgiram as primeiras campanhas e as pessoas clicavam para verem se (...)

Prémio Leya ou Prémio Nobel

João Paulo Borges Coelho, com o livro O Olho de Hertzog, é o segundo autor distinguido com o Prémio Leya que leio e pela segunda vez acho que estes prémios poderão ser uma forma de antecipar os autores nacionais que daqui a uns anos poderão estar na corrida ao Prémio Nobel.  Depois de ter lido O Teu Rosto Será o Último, da autoria de (...)

A ler O Olho de Hertzog

João Paulo Borges Coelho foi o vencedor do Prémio Leya 2009 e, há umas semanas, numa ida a um centro comercial da nossa capital vi este livro em promoção e não o deixei de comprar. Agora chegou a vez de o ler! Em O Olho de Hertzog parece-me que vou embarcar numa viagem por Moçambique, no pós grande guerra, percebendo na primeira pessoa, já que este livro é contado pelo seu (...)