Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

27
Mar19

Lisboa imita Passeio da Fama

O Informador

nicolau breyner.jpg

Portugal vive da copia alheia de tudo e mais alguma coisa, visto a originalidade escassear em várias áreas sociais. Agora e como se já viesse tarde, a autarquia de Lisboa, mais concretamente a Junta de Freguesia de Santo António, resolveu inspirar-se no Passeio da Fama de Hollywood e criar o passeio dos nomes consagrados do teatro em plena Praça da Alegria, ali pela zona da Avenida da Liberdade. 

Com a finalidade de homenagear os atores do teatro, a Junta de Freguesia com mais teatros por metro quadrado da capital - Teatro Tivoli BBVA, Cinema São Jorge, o antigo Cinema Condes, Maxime, Fontória, Parque Mayer, Variedades, Maria Vitória e o ABC - resolveu criar a sua própria cópia do Passeio da Fama só que no lugar das estrelas com os nomes das grandes personalidades, será adotada uma outra forma. Os nomes serão escritos a preto ao longo da calçada portuguesa na Praça da Alegria. 

Para já e numa primeira fase serão trinta e cinco os nomes que estarão a partir de hoje, 27 de Março, pela calçada, entre eles os de Nicolau Breyner, Laura Alves e Armando Cortez, porém a ideia é dar continuidade a este projeto ao longo dos anos e alongar o Passeio da Fama nacional pela zona. 

25
Ago18

Exclusivo | Baião com Cristina nas manhãs da SIC

O Informador

joão baião.jpg

Nos últimos dias a bomba televisiva foi lançada com a transferência de Cristina Ferreira da TVI para a SIC. Agora e numa informação exclusiva que me foi dada e de fonte bem próxima do apresentador, posso revelar que a apresentadora não estará sozinha na condução do novo programa das manhãs da estação de Carnaxide. João Baião, que mantém o seu vínculo contratual com a SIC e que estando no ar ou não está a ganhar, irá juntar-se a Cristina na nova aposta do canal agora dirigido por Daniel Oliveira. 

Nos corredores do canal a informação sobre esta junção de Cristina com João já é sabida, não estando ainda certo quando o novo programa estreará, tudo apontando para o início de Janeiro. Para já o que é real é que os apresentadores estão escolhidos e João mantém-se assim como uma aposta no entretenimento do canal, juntando-se à antiga parceira televisiva de Manuel Luís Goucha para lhe fazerem frente. 

Lembro que João Baião regressou à SIC em 2014, após uma passagem pela RTP, tendo apresentado ao longo dos últimos quatro anos o programa Sabadabadão, ao lado de Júlia Pinheiro, Portugal em Festa com Merche Romero, Rita Ferro Rodrigues e Catarina Morazzo, sendo ao mesmo tempo aposta nas tardes semanais em Grande Tarde com Andreia Rodrigues e mais recentemente Juntos à Tarde ao lado de Rita Ferro Rodrigues. Estes formatos não conseguiram atingir a liderança nas audiências e acabaram por ser cancelados devido aos maus resultados obtidos enquanto estiveram em antena. Agora Baião voltará a ser aposta mas nas manhãs ao lado de Cristina Ferreira num tudo por tudo perante um horário há anos perdido para a TVI. 

03
Dez14

Grande Treta

O Informador

Começou há mais de um mês o programa que prometia alterar as tardes da SIC e tornar as mesmas competitivas e capazes de enfrentar a liderança que Fátima Lopes mantém na TVI com o A Tarde é Sua. Agora percebe-se que João Baião nada conseguiu provar com a sua grande contratação, nem ao serão com o Sabadabadão, nem com o Portugal em Festa e mesmo com a terceira aposta, o Grande Tarde, a liderança desejada continua lá longe.

Ao lado de Luciana Abreu e Andreia Rodrigues, Baião chutou para canto Conceição Lino que apresentou o Boa Tarde nos últimos anos, sempre a perder para o canal concorrente. Conceição saltou da informação para comandar o talk-show das tardes, nunca tendo conseguido provar o sabor da liderança. Como um canal privado precisa de mostrar bons valores, no início do ano Júlia Pinheiro e companhia tiraram da cartola a contratação do então apresentador de Praça da Alegria, da RTP, para ficar encarregue do horário após a novela da hora de almoço, tendo começado logo o novo programa a ser preparado para aparecer na liderança e conseguir atirar Fátima Lopes para o segundo lugar.

Mais de um mês depois da estreia a tripla de apresentadores já mostrou que não existe lugar para todos no Grande Tarde, os números de telefone dos passatempos enfadonhos são os grandes amigos de Andreia e Luciana, o programa fica constantemente em segundo lugar, nunca tendo liderado e tendo o Há Tarde, de Herman José e Vanessa Oliveira a fazer-lhe frente. Ou seja, a aposta no Grande Tarde nestas suas primeiras semanas não revelou nada de novo, não conseguindo subir os valores que a Conceição fazia. Para quê a mudança se os valores continuam iguais e agora até a RTP se consegue aproximar das tardes da SIC?

Embora o programa não pareça conseguir liderar pelos próximos tempos, o que tudo indica é que em poucos meses esta tripla será desfeita para entrar um novo rosto no programa, uma tal de Rita, a atual bombeira de serviço do canal. Será que João e Rita conseguirão fazer mossa na concorrência? Não me parece, mas sempre são melhores que as duas assistentes que a direcção do canal arranjou para o Baião!

Uma forte aposta numa Grande Tarde que de grande só tem mesmo os altos ordenados dos seus apresentadores e alguns atributos das duas meninas!

22
Dez13

A mudança de João Paulo Rodrigues

O Informador

João Paulo Rodrigues apareceu no pequeno ecrã num programa especial de anedotas que Teresa Guilherme apresentou num serão de Sábado na TVI e desde aí não mais parou, sendo chamado pela RTP para animar as manhãs da Praça da Alegria com o seu parceiro de trabalho Pedro Alves. Depois das manhãs do canal público estreou-se com o Telerural ao serão, passando em 2012 a ser um dos concorrentes do programa A Tua Cara Não Me É Estranha, onde se tornou vencedor, nos serões de Domingo da TVI. Rapidamente o sucesso apareceu e foi atribuído um programa ao apresentador que começou a partilhar os finais de tarde do canal com Marisa Cruz. Agora e porque o mercado televisivo não pára, a SIC contratou o João Paulo, só que o contratado parece não ter pensado bem na sua mudança.

Se quando estava na RTP tinha o seu público, que gosta de ver séries cómicas e que no entanto não gosta de produtos facilmente vendáveis, na TVI o humorista ganhou de vez o estrelado por estar perante o seu público alvo que o agarrou desde o início ao colo. Os meses têm passado e o sucesso tem sido contínuo, embora já não se sinta tanto o fenómeno como outrora porque outros rostos entretanto foram surgindo. Agora a SIC apelou pelo João e este está em fase de mudança para o canal, só que esqueceu-se que o seu público não é o da SIC, mas sim o da TVI.

Antevejo que irá acontecer ao João o que aconteceu e continua a acontecer a Júlia Pinheiro. Na TVI a apresentadora era a rainha das tardes e liderava nos serões do canal, mudou-se para as manhãs da SIC e o seu público não a seguiu, o que não estava previsto na sua contratação. Três anos depois de Júlia estar na estação de Carnaxide a liderança diária continua longe e quando foi apresentar algo ao serão raramente lutou pelo pódio. Agora e porque não conseguiu levar Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha, que já há muito perceberam que o que aconteceu à sua ex-colega de canal e amiga lhes poderia acontecer caso aceitassem os convites, a flecha foi atirada a João Paulo Rodrigues que não declinou o convite.

O João vai apresentar as manhãs ou tardes da SIC a partir de Janeiro, mas não levará os telespetadores que o viam na TVI porque quem vê o Somos Portugal está sintonizado na quatro e quem vê filmes está com o comando ligado ao número 3. O João é um apresentador acarinhado pelos telespetadores que gostam de programas populares e não por quem prefere uma presença mais discreta e séria. Um tiro no pé que esta estrela vai dar a si próprio!

17
Set13

Os Nossos Dias ao almoço

O Informador

Num canal público e onde o corte orçamental está bem presente sobre a direcção e responsáveis pelos conteúdos que são lançados para a grelha, como se explica produzir uma nova novela nacional para passar no horário das 12h00 de segunda a sexta-feira, ficando ali dinheiro a mais, num horário com público a menos?

Não entendo a decisão da RTP em lançar uma novela, Os Nossos Dias, no horário que antecede o informativo do almoço. Uma coisa é ter uma talk-show, ou mesmo um produto ficcional barato, naquele horário, outra completamente diferente é apostar na produção de uma novela, que é um produto caro, e colocá-lo no horário em que grande parte do público se encontra fora de casa.

Queriam fazer uma novela, faziam, mas encaixavam-na num horário onde pudesse ter um maior número de público para se tornar lucrativa. Não entendo esta decisão de apostar em algo caro para não poder ser apresentado à maioria dos telespetadores. Qual a razão de não colocar Os Nossos Dias às 18h, por exemplo? Uma incógnita!

Se é para tirar uma hora a um programa que não aquece nem arrefece nas preferências dos telespetadores também o podiam fazer ao Portugal no Coração, mexendo na restante tarde para poder aceitar esta novela. Agora tirar parte de Praça da Alegria para terem ainda mais despesa naquele horário é um erro e dos grandes!

Assim se percebe a razão pela qual aqueles canais públicos deviam ser privatizados porque para se gastar o dinheiro dos contribuintes desta forma, vale mais deixar a RTP ser controlada por uma entidade que tenha pulso nos custos e lucros.

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook