Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

11
Jan19

O Presidente Desapareceu | Bill Clinton e James Patterson

| O Informador

O presidente desapareceu.jpg

Título: O Presidente Desapareceu

Título Original: The President is Missing

Autor: Bill Clinton e James Patterson

Editora: Porto Editora

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Novembro de 2018

Páginas: 464

ISBN: 978-972-0-03135-8

Classificação: 5 em 5

 

Sinopse: O Presidente dos EUA desapareceu.

O mundo está em choque!

Mas a razão do seu desaparecimento é ainda pior do que seria de supor.

Com pormenores que só um Presidente como Bill Clinton pode conhecer e o suspense que apenas um autor como James Patterson seria capaz de criar, O Presidente Desapareceu é o thriller mais empolgante e surpreendente dos últimos anos.

 

Opinião: O início do meu ano literário começou em boa forma, com a leitura de O Presidente Desapareceu, um thriller que entrou diretamente para a lista dos meus preferidos dentro do género logo pelos primeiros capítulos, não desiludindo em algum momento até às últimas páginas. 

Um verdadeiro thriller político envolvente que James Patterson e Bill Clinton criaram em torno do Presidente dos EUA. Convidando o ex-Presidente para a escrita deste livro, James Patterson acertou em cheio, uma vez que na criação desta sua nova história conseguiu apurar novas informações sobre os meandros da Casa Branca com um conhecimento que poucos conseguem, os que por lá vão passando. 

16
Out18

Três Coroas Negras | Kendare Blake

| O Informador

três coroas negras.PNG

Título: Três Coroas Negras

Título Original: Three Dark Crowns

Autor: Kendare Blake

Editora: Porto Editora

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Setembro de 2018

Páginas: 328

ISBN: 978-972-0-03036-8

Classificação: 4 em 5

 

Sinopse: A cada geração, na obscura ilha de Fennbirn, nascem três irmãs gémeas.

Três rainhas herdeiras de um só trono, cada uma possuindo um poder mágico muito cobiçado. Mirabella é capaz de inflamar o incêndio mais violento ou a tempestade mais terrível. Katharine consegue ingerir um veneno mortal sem sentir os seus efeitos. De Arsinoe diz-se capaz de fazer florir a rosa mais vermelha e controlar o leão mais feroz.

Mas para uma delas ser coroada rainha, não basta ter a linhagem certa. As trigémeas terão de conquistar o seu direito à coroa, lutando por ele… até à morte.

Na noite em que as irmãs completam 16 anos, a batalha começa. E a rainha que sobreviver, conquistará a coroa!

 

Opinião: Inspirada em abelhas-rainhas e com ajuda da cerveja, Kendare Blake criou as Três Coroas Negras, um livro que surge da combinação entre um mundo fantástico com pontos de realidade que surpreendentemente cai nas graças de um leitor que não costuma ter neste estilo literário as suas opções. 

Com um início onde as personagens são bem apresentadas sem recurso a grandes artifícios, a história é demonstrada logo pelos primeiros capítulos tal qual se vai desenvolvendo. Mostrando do início ao fim vários pontos de ação, com um ciclo corrido entre as vivências das três personagens centrais, as rainhas, tudo é exposto. Os cuidados, as intrigas, os receios, os procedimentos para que nada falhe e os avisos são vistos através de três diferentes prismas porque cada rainha irá lutar para alcançar um só trono. Afinal de contas qual das três irmãs gémeas conseguirá aos dezasseis anos ficar com o lugar de destaque com que sempre sonhou, tendo para isso que eliminar as suas duas irmãs?

13
Out18

Ganha | As Flores Perdidas de Alice Hart | Porto Editora

| O Informador

As flores perdidas de Alice Hart.JPG

Um romance sobre as histórias que deixamos por contar e sobre as que contamos a nós próprios para sobrevivermos. Alice tem nove anos e vive num local isolado, idílico, entre o mar e os canaviais, onde as flores encantadas da mãe e as suas mensagens secretas a protegem dos monstros que vivem dentro do pai.

Quando uma enorme tragédia muda a sua vida irrevogavelmente, Alice vai viver com a avó numa quinta de cultivo de flores que é também um refúgio para mulheres sozinhas ou destroçadas pela vida. Ali, Alice passa a usar a linguagem das flores para dizer o que é demasiado difícil transmitir por palavras.

À medida que o tempo passa, os terríveis segredos da família, uma traição avassaladora e um homem que afinal não é quem parecia ser, fazem Alice perceber que algumas histórias são demasiado complexas para serem contadas através das flores. E para conquistar a liberdade que tanto deseja, Alice terá de encontrar coragem para ser a verdadeira e única dona da história mais poderosa de todas: a sua.

O romance de estreia da australiana Holly Ringland foi lançado e rapidamente se tornou num dos livros do momento. Agora, a 15 de Outubro, chega às livrarias portuguesas através da Porto Editora. As Flores Perdidas de Alice Hart pretende assim conquistar o público nacional através do poder das histórias de sobreviventes a eventos traumáticos contados pela autora após uma forte pesquisa. 

É através de Alice Hart, uma miúda com nove anos que os testemunhos acontecem. Vítima de um passado doloroso, mas com perspetivas sobre o futuro quando se vê a viver com a avó rodeada de flores naturais e inspiradoras, esta miúda tudo tem para alterar a sua vida. 

As Flores Perdidas de Alice Hart é daqueles livros inspiradores que ligam vidas com o poder da natureza, existindo em cada capítulo a explicação sobre o significado de cada flor, tal como a sua ilustração, numa criação da artista Alice Rewa. Este parece ser um livro mágico sobre amor e redenção na procura de um futuro melhor onde as histórias de sobreviventes são relatadas numa perspetiva de encontrar um caminho de cura e salvamento. 

Para ti, que estás desse lado, tens aqui a oportunidade de ganhar um exemplar de As Flores Perdidas de Alice Hart. Esta hipótese irá estar disponível até às 19h00 de dia 21 de Outubro, Domingo, e nesse mesmo dia será revelado o nome do vencedor nesta mesma publicação, sendo o sorteio feito através do sistema automático random.org. O premiado será contactado via email com a notícia sobre o prémio. Para a participação ser válida tens de seguir os passos que se seguem...

15
Jun18

A Resignação | Luís Miguel Rocha

| O Informador

a resignação.jpg

Autor: Luís Miguel Rocha com Porfírio Pereira da Silva e Rui Sequeira

Editora: Porto Editora

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Maio de 2018

Páginas: 296

ISBN: 978-972-0-03092-4

Classificação: 2 em 5

 

Sinopse: Em dezembro de 2012, Bento XVI recebeu de uma comissão de cardeais um relatório de 300 páginas sobre o mediático caso “Vatileaks”.

Dois meses depois, no dia 11 de fevereiro de 2013, evocando razões de saúde, e ciente da gravidade da sua decisão, o Papa anunciou ao mundo que resignaria ao trono de São Pedro. Não se sentia capaz, física e espiritualmente, para continuar a exercer o cargo.

Que segredos comprometedores guarda o extenso relatório? A resignação terá acontecido por razões de saúde, como o Bento XVI anunciou, ou por pressões políticas que jamais serão tornadas públicas? 

Os mistérios de tão inesperada decisão serão agora revelados.

 

Opinião: A Resignação é o último livro de Luís Miguel Rocha, obra póstuma que foi terminada por Porfírio Pereira da Silva e Rui Sequeira, após a morte do autor. A família não quis deixar o que já estava escrito arrumado e ao lado da Porto Editora decidiram avançar com A Resignação, que só foi possível ser terminado através das notas que o autor foi deixando sobre o rumo que cada personagem iria seguir até ao final. 

Não conheço a obra para trás do autor, e percebi que esse seria um ponto fundamental para entrar com uma maior facilidade no mundo de A Resignação, uma vez que a maioria das personagens tem um percurso lógico e já seguem de obra em obra para chegarem ao ponto em que logo se iniciam nesta narrativa final. 

25
Mai18

Feira do Livro de Lisboa | Grupo Porto Editora

| O Informador

autores que nos unem 2018.jpg

A 88ª edição da Feira do Livro de Lisboa arranca hoje no Parque Eduardo VII e como não podia deixar de ser os lançamentos, showcookings, workshops e sessão de autógrafos e de conversas com autores serão uma constante pelos dias do certame literário. 

No espaço Autores que Nos Unem, do Grupo Porto Editora a homenagem de abertura caberá a Luís Miguel Rocha. Um tributo ao autor será feito logo no primeiro dia de Feira por parte do grupo editorial, estando todas as suas obras em destaque ao longo do dia de hoje e também em permanência ao longo do evento. Será feito também o lançamento oficial do seu último livro, A Resignação, que já se encontra disponível.

Neste primeiro fim-de-semana de certame, 26 e 27 de Maio, os autores Gonçalo M. Tavares, José Rentes de Carvalho, Teolinga Gersão e Mário de Carvalho serão talvez os nomes mais sonantes a marcarem presença no espaço da Porto Editora. Mas não estarão sozinhos, já que são vários os nomes na agenda e que passarão no espaço logo pelos primeiros dias de Feira. António Luís Marinho, Helena Garrido, Irene Flunser Pimentel, Irina Golovanova, João Luís Barreto Guimarães, João Pedro Marques, Luís Cardoso, Mário Carneiro, Onésimo Teotónio Almeida, Rita Nascimento, Rodrigo Magalhães, Sérgio Godinho e Tiago Cavaco estarão também junto dos leitores para sessões de autografos e conversas sobre as suas obras e os próximos lançamentos. 

Nestes primeiros dias de festival literário também as tertúlias marcam a agenda do espaço do Grupo Porto Editora. Isabel Valadão, João Paulo Oliveira e Costa e Manuela Gonzaga estarão em debate com Mergulhar na Literatura - Como Escrever um Romance Histórico no Sábado, 26, pelas 18h30. Já no Domingo, 27, pelas 17h30, será a vez de Francisco Simões falar sobre futebol num momento mais virado para o humor com A Construção de Identidade.

 

18
Mar18

Vencedores dos exemplares de Os Mauzões | Porto Editora

| O Informador

os mauzões 2.jpg

SINOPSE

Eles são Mauzões, todos sabem disso. São assustadores, perigosos e... Maus. Mas estes tipos querem ser Heróis. E vão prová-lo fazendo boas ações… quer queiras quer não. Prepara-te para o mais divertido, atrevido e espetacular coleção que alguma vez leste. Prepara-te para conheceres Os Mauzões.

Os Mauzões, da autoria de Aaron Blabey, chegaram às livrarias nacionais através da Porto Editora que lançou no início deste mês os primeiros volumes desta coleção destinada aos leitores mais jovens. Contando a história do grupo de amigos Sr. Lobo, Sr. Tubarão, Sr. Víbora e Sr. Piranha, Os Mauzões são um quarteto invulgar, assustador, perigoso e com muito má reputação, devido ao longo cadastro criminal que os acompanha. 

Mais sobre mim

foto do autor

Banner mrec Saldos 2019

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Happy

    Eu vi e gostei muito!

  • Gorduchita

    Não defendendo de forma nenhuma a empresa de medic...

  • O Informador

    É possível porque nas carrinhas é mesmo para despa...

  • O Informador

    O meu não perde o contacto com o cabo, mas só liga...

  • Anónimo

    Quando vou à medicina do trabalho num edifício ond...

Mensagens

Pesquisar