Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vazio

Vazio é a palavra que consegue descrever situações e estados de alma imperfeitos através de várias perspectivas. Os Vazios que se cruzam e dão trabalho conseguem sempre deixar uma mensagem, mesmo sendo ela imperfeita e vã. Acreditar que existe sempre algo melhor para cada um. Perceber o quanto os que nos fazem mal conseguem pagar para serem seres inúteis na sociedade. Pensar no tempo perdido passado em redor de um Vazio sem nexo e lugar certo. Acreditar na mentira de quem não (...)

Certeza absoluta

Se não me considerar especial quem o irá fazer? Sou uma edição limitada e exclusiva pois! Quem gosta, gosta! Quem não gosta, paciência!

Traumas

Os acidentes e acontecimentos do género sempre me ficam marcados pela mente por longos anos e os locais onde acontecem jamais são esquecidos, estando as imagens bem presentes quando passo pelo sítio onde algo de mau aconteceu. Agora foi o suicídio no Carregado mas antes já outros momentos do género marcaram a minha área traumática. Lembro-me de quando tinha aí (...)

Igualdade na diferença

«Dizem que para sermos iguais, temos de ter pensamentos iguais. Mas é a diferença que nos completa.» São os opostos que se atraem por pensarem de formas diferentes e se completarem assim, não percebo a razão das pessoas dizerem «ah e tal são tão parecidos e estão sempre de acordo». Será que quem diz isso acredita mesmo no que diz ou é só para fazer o género e ficar bem na fotografia? Quem pensa e quer seguir um caminho muito provavelmente não vai procurar uma pessoa com as (...)

As máscaras do cinismo

«O cinismo é um mecanisco de defesa usado por aqueles que tem medo de serem feridos no amor, no trabalho, na vida.» Paulo Coelho O cinismo, tal como Paulo Coelho afirma é usado para tapar os desgostos com a vida no seu geral, mas mais que isso, é também usado por pessoas fracas que se querem mostrar fortes e combatentes perante tudo e todos.  Cada vez conheço mais pessoas que usam da sua forma de argumentação cínica para esconderem o que são verdadeiramente e para não deixarem (...)