Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

22
Out19

O que é perfeição?

o que é perfeição.jpg

 

Existirá a perfeição exata e particular? Afinal o que é a perfeição para cada um de nós? Qual o meu ideal que tanto se poderá distinguir do teu e de todos os outros? Cada qual tem a sua ideia sobre a perfeição, mas esta existirá mesmo num pleno?

Não existe perfeição e quem se achar o ser mais que perfeito está no mau caminho. Muitos seres que parecem ter o chamado "rei na barriga" acreditam que vivem numa vida perfeita, sem oscilações, onde tudo parece tão sonhador e exato que as quedas e os maus momentos não existem. Que seres são estes que se auto elogiam, acreditando atingir a perfeição dentro de todos os níveis, da vida pessoal à profissional, passando por relações, moda, influências, companheirismo. 

Queridas pessoas, desculpem desde já se estou a contrariar a vossa ideia de vida, mas a perfeição não existe. Primeiro o que para uns é o top dos tops para outros não passa de um simples atributo, o que para alguns é estar bem, para outros não chega e tudo isto virado do avesso dá o que? Ninguém consegue estar na sua totalidade realizado e contente, sendo irreal quando se ouvem aquelas frases feitas de certos seres que se gostam de mostrar ao estilo, "tenho uma vida tão perfeita". Queridas e queridos, isso não existe, pensem lá bem e olhem para aquele vosso poço bem fundo e percebam que amanhã logo a chuva aparecerá e a água sobe para relembrar como está o lodo lá bem em baixo. 

Seres perfeitos só mesmo no cinema e até ai as coisas já deixaram de funcionar como outrora, deixando os filmes de serem pontos fortes da imaginação para retratarem cada vez mais realidades com a mais pura realidade que pode existir. Não existe um ideal de beleza, não existe o excelente feitio, não existe a melhor vida do mundo... Não existe perfeição plena!

28
Jul14

Outros tempos... Outras palavras...

O tempo passa e o moderno deixa para trás o passado, aquele onde cartas eram escritas e faziam esperar um batimento de um coração apaixonado que ansiava pela chegada do correio para poder ter notícias de quem estava longe e fazia-se apresentar através das sentidas palavras junto de quem tanto desejava.

As cartas aos poucos têm perdido o seu sentido, tendo sido trocadas por emails, mensagens escritas de telemóvel e facebook ou somente pela ausência de comunicação entre o ser humano que procura cada vez mais despreocupar-se com os seus parceiros para se dedicar ao seu mundo e às suas personagens criadas em videojogos, televisão ou irrealidades que têm surgido para destabilizar o sentido da vida em comunidade. Em pleno século XXI as palavras tornam-se cada vez mais ausentes, sendo substituídas pela falta de paciência que existe entre cada um, não existindo frases para serem transcritas para o papel, revelando sentimentos bonitos e que mostravam mais que os gestos podem algum dia comunicar.

A palavra sempre foi a mais bonita forma de comunicar, ajudando o ser humano a relatar o que lhe vai na alma e aos poucos tem desaparecido e deixado a sua boa forma de comunicação pelo stress social com que o planeta vive nos dias que correm, pelos rápidos andamentos de cada um. Mostrar de forma poética e pausada o que o coração transmite é um dom inato que nasce com cada um, evoluindo consoante o ser que o transporta vai adquirindo sensibilidade e conhecimentos de si e dos outros.

As palavras, a falta das frases escritas, as cartas românticas de outros tempos... Aí, como faz falta a caneta e o papel que outrora fizeram suspirar muitos corações arrebatados e em busca da felicidade. As palavras, sempre as palavras que transmitem o amor, os sentidos e a verdadeira paixão! Já nada é contado com a crença de outros tempos e a vontade de posse entranhada de sangue que se fazia crer através da tinta que chegava além mar em busca da perfeição agora é impura!

Os tempos mudam e as palavras desaparecem!

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: