Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Oh, a falta de assunto!

balão conversa.jpg

Não existindo assunto o melhor é não refletir para forçar a existência de tema. O tempo de vida ensina cada um a manter os silêncios, a precaver que se não existe tema para lançar conversa poderá ser somente a tradução de que talvez quem está do outro lado não mereça a presença e a procura para manter uma conversa meramente de circunstância. Perceber que quando se está frente a frente e não existem perspetivas do que poder falar para manter a companhia atenta acaba por ser uma boa demonstração de que não vale a pena forçar de forma triste, já que se não existe assunto com quem se está por breves momentos então somente convém perceber que existem pessoas que podem ter sido importantes mas que passaram para a história. Valerá a pena forçar certas companhias só para se parecer simpático? Já dei para essa peditório!

Copo meio cheio ou meio vazio

 

copo-meio-vazio-cheio.jpg

Uma sugestão... Olha para a fotografia publicada acima e guarda para ti o que vês. E agora diz em voz alta e até podes publicar nos comentários antes de prosseguires com a leitura se na imagem está um copo meio cheio ou meio vazio!

Na verdade as duas respostas estão corretas, dependendo do ponto de vista de quem olha mas esse mesmo olhar acaba por refletir a forma de ver a vida dessa pessoa. Se de modo positivo e otimista com a visão de um copo meio cheio ou perante o negativismo e insatisfação se estás perante um copo meio vazio.

No final de contas a forma de analisar o estado do copo acaba por refletir o modo como encaras cada situação que está em teu redor. Se vês de forma positiva a quantidade do conteúdo do copo estás no bom caminho mas se por outro lado estás a olhar para o que resta que é bom mas parece pouco, então está na hora de perceberes que tens de olhar para toda e qualquer situação de forma a atrair positivismo, vendo o lado bom que determinado aspeto da vida pode trazer consigo, originando pensamentos positivos, já que nem sempre menos é nada, sendo é podendo ser bastante.

Bom Domingo!

domingo.jpg

Acordar e deixar ficar a desfrutar da almofada por uns momentos até que o corpo se sinta capacitado para tomar alento e iniciar bem devagar o dia de Domingo. Fazer a primeira higiene do dia, preparar um requintado pequeno almoço para ser tomado ao sol matinal que se faz sentir na varanda, aproveitar o momento posterior para ler um pouco começando o dia de pausa com calma, sem horários e pressas. 

Todo este início de Domingo poderia acontecer, não fosse hoje dia de trabalho, já estar acordado há algum tempo porque tenho um despertador interno que não me deixa dormir até mais tarde, já tomei um rápido pequeno almoço e agora estou aqui, a escrever para logo publicar esta tua leitura, pensando que daqui a pouco é tempo de ir ao banho, aprumar a vestimenta e cuidar do corpo para me colocar a andar logo após o almoço antecipado para entrar em funções no preciso horário em que a maioria das famílias portuguesas se senta em torno da mesa a desfrutar da refeição dominical com pompa e circunstância, dentro ou fora de portas. 

Atitudes geram consequências

consequência.jpg

Ao longo da vida fui percebendo que tenho um feitio de merda e quem me conhece sabe que nem sempre sou uma pessoa fácil de lidar. Quando tudo está bem é perfeito, agora quando começo a ficar com os azeites fervidos a pessoa que deixo que os outros conheçam começa a alterar a forma de ligação e por vezes o bem acaba por se transformar na impaciência e na resposta desagradável acaba por sair mais facilmente. 

No momento em que começo a perceber que os atos e comportamentos de outros não vão de acordo ao que acho correto e aceitável para com todo um ciclo os meus pensamentos são alterados e de forma quase inconscientes dou por mim a alterar o modo de reação para com essas mesmas atitudes. Vejo e ataco, perco a paciência mais facilmente e da pessoa simpática e disponível início o processo de deixar para trás, ignorando e acabando, sem por vezes querer, mas tendo consciência que o faço, por chocar de frente com atitudes que não aceito para comigo e com os outros a que quero bem. 

Ensinamentos da Vida

5D8FD9F4-C43D-42BA-ADF2-553ACF7AE66D.jpeg

Pensamento sobre a vida e os ensinamentos sobre escolhas que a mesma vai dando a cada um com o tempo. Os dias passam e a aprendizagem dá a cada um o poder de distinção sobre o que nos faz bem e o que não queremos ter por perto, ajudando a fazer uma seleção sobre as pessoas que pretendemos manter próximas, os que não desejamos mas que nem sempre é possível distanciar e os que conseguimos, com uma boa perfeição, distanciar. 

A vida é feita de fases e nem sempre a necessidade de estar próximo de uns e outros existe. Quem nunca deixou pessoas que foram importantes em certa altura da sua vida para trás por o destino deixar de fazer sentido, deixando entrar novas vidas na sua própria vida, uns que ficam e outros que passam de forma temporária porque nem sempre quem chega vem por bem e a necessidade de filtrar o positivo do negativo existe e dar importância a esse ponto é saber controlar as suas próprias vontades e controlar o seu bem-estar presente e futuro com base nos conhecimentos adquiridos com o tempo.

Conhece-te!

Auto conhecimento

Atenta que nem todos idealizam, pensam, criam e concretizam da forma como aceitas ser o mais correto. Percebe que em sociedade existem as diferenças que têm de ser respeitadas junto de quem se cruza no caminho. Aceitar e entender é fundamental para se conseguirem definir espaços pessoais para que num todo geral a vivência seja conseguida da melhor forma, sem existirem complexos e preconceitos, egoísmo e indefinições para com o percurso que tem de seguir uma linha exata e universal sem que se tenha de vir a provar o valor perante os restantes. Encontra-te e só assim consegues olhar o próximo e perceber se já terá feito o seu auto encontro para também ele te aceitar num movimento mútuo sem julgamentos e críticas, com amor e compreensão. Conhece-te antes de quereres reparar no próximo!

 

 

Ouvir, Filtrar, Ponderar.

468ED788-17E4-4931-A592-80CAEAC109DB.jpeg

O lema é este... Saber Ouvir, não responder logo quando o tema te faz ferver um pouco. Depois a sugestão é Filtrar a informação que te chegou e perceber se interessa ou é melhor deixar para trás. No fim Ponderar é sempre, mas mesmo sempre, a melhor solução antes de tomar qualquer decisão ou ação.

Ouvir, Filtrar, Ponderar é o melhor trio de verbos que todos devemos seguir para se conseguir sobreviver de bem com a vida social para não se acabar por acusar desgaste e cansaço perante toda a porcaria que nos rodeia. Ouve, recolhe e reflete antes de assumires a tua decisão defensiva e verás que ficarás a ganhar no momento final em que não agiste com impulso e soubeste esperar para dar a volta ao que poderia correr menos bem.

Responsabilidade futura

Sucesso

Ao longo do percurso de vida a maturidade e os conhecimentos vão sendo pontos base para se ganharem e ultrapassarem certos graus de responsabilidade nos mais diversos campos pessoais e profissionais. Cada um tem com a sua experiência a responsabilidade para conseguir tomar decisões através do poder de escolha e a partir do momento em que é necessário fazer opções de vida, escolhendo caminhos, optando por seguir determinados percursos que nem sempre se revelam nas melhores escolhas.

Quem nunca achou estar a tomar a decisão mais correta e perceber depois que a colheita afinal acabou por não dar nem metade do que havia sido objetivado? Escolhas responsáveis, sujeitas a adversidades, mas acima de tudo sabendo que na vida tudo se pode voltar a reconstruir porque nem sempre o começar de novo é sinónimo de derrota, desde que exista um projeto criado com responsabilidade e com a ideia de que tudo está a ser feito para correr pelo melhor.

 

 

Pausas silenciosas

silêncio.jpg

Momentos existem em que cada um necessita de fazer a sua pausa, procurar o silêncio que ajude a refletir, repensar o vivido, o presente e o que está para acontecer. Aquela solidão que pode servir de combustível para reforçar um amanhã com bases sólidas para se seguir em frente. Todos, em certos momentos da vida, já tivemos as nossas necessidades de procurar os silêncios em pausas forçadas pelo confronto pessoal. Este texto é assim como que a memória de todos os momentos em que cada um necessitou de seguir a regra dos três p's - parar, pensar e proteger - para se conseguir seguir com a vida em frente.