Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

leituras-verao-billboard
16
Dez19

Os meus Livros do Ano

EPCT6749.JPG

 

Antes mesmo dos derradeiros dias que antecedem o Natal, a lembrança surgiu para vos sugerir, perante as minhas leituras do ano, as obras que se destacaram e ganharam a minha preferência pelos últimos meses. Quem sabe se o meu top literário do ano não vos consegue influenciar no momento de escolher o livro ideal para oferecer aos vossos amigos, familiares e conhecidos que adoram ler!

 

O Presidente Desapareceu, de Bill Clinton e James Patterson

 

O Presidente Desapareceu, de Bill Clinton e James Patterson foi o primeiro thriller lido em 2019. De leitura rápida, uma boa história com um desenvolvimento surpreendente e sem paragens. Este livro revela o momento em que o Presidente dos EUA desapareceu e a necessidade primordial é perceber tudo o que se passou e não deixar o país afundar durante os dias de paragem e indefinição presidencial. Podes saber tudo o que achei sobre esta obra que me conquistou e que aconselho a quem goste de suspense, onde se fala de política mas cuja história vai muito para além da suposição, percorrendo corredores e salões que todos ou muitos gostariam de visitar um dia. Uma boa escolha para este Natal dentro do género!

O Presidente Desapareceu (compra aqui)

 

Becoming, a Minha História, de Michelle Obama

 

Impossível fazer a revisão do ano literário sem referir Becoming, A Minha História, de Michelle Obama. O retrato dado na primeira pessoa por Michelle passou para os milhões de leitores que se deixaram conquistar por esta obra que fica para a história. Contando e emocionando com os anos que passou na Casa Branca, a senhora Obama não esconde, relatando de forma real e por vezes cruel e sem necessidade de chegar tão longe a sua vida, partindo de uma infância conturbada até chegar a um namoro primeiramente rejeitado para se tornar num casamento quase perfeito. A conquista do poder, a chegada ao topo, a família, as filhas, e o legado deixado para que tudo terminasse bem e a vida voltasse à sua aparentemente normalidade que jamais voltará a ser o que foi e o pretendido. Uma vez primeira dama, para ser primeira dama! Um testemunho pessoal, real, pessoal, cruel e que cativa, sem maçar, bem pelo contrário, conquistando em cada momento para se querer saber tudo o que foi vivido, sentido e feito antes, durante e após os anos presidenciais dos Obama. Este é o livro perfeito para oferecer a quem goste de histórias reais e auto biografias!

Becoming, a Minha História (compra aqui)

02
Set19

Pecados Santos | Nuno Nepomuceno

Pecados Santos

 

Título: Pecados Santos

Autor: Nuno Nepomuceno

Editora: Cultura Editora

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Janeiro de 2018

Páginas: 440

ISBN: 978-989-8886-10-1

Classificação: 5 em 5

 

Sinopse: Um rabino é encontrado morto numa das mais famosas sinagogas de Londres. O corpo, disposto como num quadro renascentista, representa o sacrifício do filho de Abraão, patriarca do povo judeu.

O caso parece ficar encerrado quando um jovem professor universitário a lecionar numa das faculdades da cidade é acusado do homicídio.

Mas é então que ocorrem outros crimes, recriando episódios bíblicos em circunstâncias cada vez mais macabras. E as dúvidas instalam-se.

Estarão ou não estes acontecimentos relacionados?

Porque insistirá a sua família em pedir ajuda a um antigo professor, ele próprio ainda em conflito com os seus próprios pecados?

As autoridades contratam uma jovem profiler criminal para as ajudar a descobrir a verdade. Mas conseguirá esta mente brilhante ultrapassar o facto de também ela ter sido uma vítima no passado?

 

Opinião: Pegar numa obra de Nuno Nepomuceno já é para mim sinónimo de qualidade e após a leitura de A Célula AdormecidaA Última Ceia, obras que prenderam, resolvi voltar atrás na história que foi contada em A Última Ceia para voltar a encontrar o professor Afonso Catalão que inserido numa boa narrativa volta a criar no leitor uma conquista de poder para a concentração que a vontade de saber como tudo continua e termina aconteça. 

Num thriller de qualidade, o autor prova com Pecados Santos que discretamente tem conquistado o seu lugar no mercado nacional junto dos leitores que se deixam apanhar num primeiro contacto e que depois procuram mais. Nepomuceno sabe criar, elaborar, conquistar e resolver as situações de modo a que o leitor fique agarrado a cada capítulo que contado com investidas e recuos provoca a vontade de se saber mais.

Tocando em temas sociais e que muitos optam por deixar de lado para não ferir suscetibilidades, a religião é um dos tópicos centrais em que o autor se tem centrado nas suas histórias onde não falta o amor, a morte, a amizade, o profissionalismo e o cuidado perante os outros. Misturas de temas e classes sociais que se tornam perfeitas, um trabalho bem conseguido entre a ficção e factos reais bem tratados e representados, locais excelentemente caracterizados com a capacidade do leitor visitar tudo o que vai sendo contado através de descrições pormenorizadas e explicativas de locais, sentimentos e comportamentos.