Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

leituras-verao-billboard
21
Nov19

Parcerias vs. Chicos espertos

redes sociais.jpg

 

As redes sociais são pontos fortes onde se pode encontrar tudo e mais alguma coisa, de truques e dicas, as vidas pessoais, comentários menos bons, conselhos, invejas e afins. Por vezes gosto de ficar a ver passar através do Instagram os InstaStories, mesmo que tenho o telemóvel ao lado onde vou espreitando se alguma coisa me suscitar interesse. E foi num desses momentos que detetei que uma mesma influencer/blogger consegue em várias publicações seguidas comentar produtos de forma tão reveladora e sincera que antes de provar revelou que adorava. 

Passo a explicar, a criatura armada em chica esperta recebeu um produto para experimentar. No lugar de experimentar e comentar de seguida, o que fez para cair no ridículo? Abriu o envelope, tirou o artigo e afirmou que esse mesmo produto era ótimo, para logo de seguida dizer que ainda ia experimentar. Então? O produto é ótimo antes de provar? Não percebi!

O mais giro é que esta mesma blogger também recebeu um livro no mesmo dia, voltou a mostrar o envelope de onde tirou o livro, que por acaso também recebi da mesma editora, e sem o ler já sabia que ia ser uma das suas melhores leituras do ano.

Então pessoal? Que estratégias de burla são essas? Então sem conhecerem já andam a revelar mil e uma maravilhas? Sei que podem ler comentários de uns e outros, mas não há nada como ter a vossa própria opinião sobre as coisas para poderem revelar se gostaram ou não dos que vos foi enviado. Comentar sem conhecimento de causa e só porque alguém disse que era bom não é aceite. Desculpem os muitos que andam por ai à procura de comentários para fazerem uma reflexão bem semelhante sem se darem ao trabalho de conhecem, mas isso não conta mesmo.

02
Ago18

Contactos de parceiros do blog

contacto.png

Não, eu não dou contactos sobre parceiros com quem trabalho no blog! Não, não vale a pena tentarem porque tanto emails como números de telemóvel são pessoais e só transmitidos a outras pessoas com a aprovação do seu proprietário e para isso é necessário existir vontade da minha parte em questionar e chatear quem quer que seja por pessoas que nem conheço. Acho ainda uma falta de respeito partilharem contactos sem a aprovação do seu proprietário, que seja para tratar de assuntos pessoais ou profissionais. Ninguém tem o direito de divulgar os meus contactos a outros, como tal entendo que fazer aos outros o que não aceito que me façam é um ato incorreto. 

Este é o recado que já havia dado em tempos mas que pelos vistos existem vários novos bloggers por aí que não o viram ou que acham que quem anda há mais tempo por aqui gosta de abrir a agenda de graça para fornecer contactos atrás de contactos para os meninos que aparecem e querem assim a papinha toda feita. As coisas fazem-se com tempo, tudo vai surgindo pelo mérito e não é por cunhas que lá chegam. Talvez possam vir a ter essa sorte pelas vossas capacidades de persuasão ou por fazerem tudo o que estiver ao vosso alcance para determinados fins, mesmo que para isso se tenham de rebaixar a alguém, mas por aqui essa forma de funcionamento não cola. Não vale a pena então enviarem-me emails com pedidos de ajuda para contactar alguém ou através das redes sociais as mensagens de que gostavam de também receber isto ou aquilo porque partilhas sem mérito não cabem por estes lados.