Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

sveva-casati-billboard

Voltei! Voltei! Voltei!

04
Set19

voltei.jpg

 

Foram duas semanas de pausa e que boa pausa. Desta vez descansei e fiquei quase, mas não consegui ficar totalmente, longe do computador, o que já não acontecia há bastante tempo. Este sim é o caminho a seguir com o pensamento de que férias são férias, podemos pensar, mas convém fazer a pausa total de tudo para depois voltarmos com energia, novas ideias e totalmente frescos para mais uns meses de trabalho. 

Férias no trabalho e fora de casa significaram também desta vez ficar quase totalmente com o computador desligado para não criar conteúdos para o blog. Liguei somente um dia, fiz dois textos a nível literário e posso dizer que o que fiz chegou porque além de ter feito todos os preparativos para não vos deixar a zeros durante duas semanas consegui deitar e acordar sem qualquer obrigação de que devia procurar internet para ligar o computador, uma vez que não gosto de entrar no blog via telemóvel. Descansei, não pensei em escrever rigorosamente nada, lá surgiram alguns, mas poucos, temas para desenvolver pelos próximos dias, mas pelo menos nestas férias fiquei ausente deste mundo, ligado às redes sociais sim, mas deixei de lado tudo o resto e como foi bom!

Caos sem rede

13
Jul19

offline.jpg

 

Escrevo agora mesmo com as teclas do portátil a darem os seus estalidos de forma contínua. Mesmo ao lado tenho o telemóvel com o ecrã a dar sinais de vida de vez em quando com novas notificações vindas das redes sociais, mensagens escritas, emails ou de aplicações informativas. O online não para, sempre estamos ligados, tudo nos tenta fornecer as novas do mundo, dar um Olá por vezes interesseiro ou simplesmente clandestino de quem não tem nada para fazer.

Onde inserimos tanta notificação ao longo de um dia em que é necessário trabalhar, aproveitar as horas vagas, alimentar o corpo, organizar a vida e descansar? Nos dias que correm não existe praticamente vida sem a correria das ligações de internet, sempre estamos ligados e no momento em que a rede fica desligada ou determinada aplicação bloqueia o mundo parece estar prestes a desabar. Ora porque não estamos a conseguir aceder ao email que tanto esperamos com uma resposta, ora porque não sabemos quantos gostos está a receber a última publicação feita nas redes sociais ou somente porque alguém nos contou um mexerico sobre uma publicação de outrem e é necessário ir espreitar. Andamos ligados, não saímos sem ver a temperatura do tempo que surge no ecrã do telemóvel, não começamos o dia fora de casa sem consultar as redes sociais, se existem mensagens por ler é bom logo despachar o tema antes que um revéns aconteça.