Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hdeusesemitos-billboard

Vencedor do Prémio Leya 2018

O vencedor do Prémio Leya 2018 foi conhecido hoje na sede do grupo editorial, em Alfragide, após decisão do grupo de jurados, que pela voz do presidente do júri, Manuel Alegre, deu a conhecer que Itamar Vieira Junior foi o eleito com o seu romance Torto Arado.  Com o lote de jurados composto por Manuel Alegre, presidente do júri, pelo antigo reitor da Universidade Politécnica de Maputo, Lourenço do Rosário, o professor de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra, José (...)

Debaixo de Algum Céu

Uma história simples onde o narrador entra num prédio que podia albergar qualquer um serve de cenário para Debaixo de Algum Céu, o livro de Nuno Camarneiro que foi vencedor do Prémio Leya 2012. Com palavras e diálogos simples mas sem grande enredo, este semi romance não me conquistou com nenhuma das suas áreas divididas em vários apartamentos ou pelo vão das escadas. Os normalíssimos habitantes daquele prédio vivem a última semana do ano em quase comunhão e apego entre si. (...)

Chegaram ontem...

Chegaram ontem os mais recentes residentes da minha mesa de cabeceira! Não é que fizessem grande falta porque em fila de espera para serem lidos ainda estão uns oito ou nove primos destas novas aquisições, no entanto como o que é bom nunca é demais... Diretamente dos armazéns da Fnac acabei por comprar o Prémio Leya 2012, Debaixo de Algum Céu, da autoria de Nuno (...)

Jovem Prémio Leya

O Prémio Leya é talvez a distinção literária nacional com mais peso nos dias que correm, descobrindo novos autores. Este ano o prémio foi atribuído a Afonso Reis Cabral, o jovem de 24 anos, trineto de Eça de Queiroz através do livro O Meu Irmão. O vencedor do galardão foi escolhido entre 361 obras originais, recebidas de 14 países mas sempre com a língua portuguesa como base, tendo sido seleccionado pelo júri presidido por Manuel Alegre que se juntou aos escritores Nuno (...)

Leituras de Junho

Adeus Junho, até para o ano!Não sabia como começar este texto sobre as minhas leituras de Junho e escolhi a despedida do mês que acabou por terminar para o fazer. Ao longo do sexto mês do ano só me deixei levar por dois livros, As raparigas que sonhavam ursos e No Meu Peito não Cabem Pássaros. Vamos lá ver, de forma reduzida, o que achei destas duas obras! As raparigas que sonhavam ursos Mar (...)

Citações de No Meu Peito não Cabem Pássaros

O livro No Meu Peito não Cabem Pássaros não é mais um que se lê e esquece... É uma obra de Nuno Camarneiro que marca e que me fez destacar várias partes ao longo das horas de leitura que lhe dediquei. Como gosto de partilhar as coisas boas da vida, aqui vão algumas da citações deste romance apaixonante e inspirador sobre três grandes nomes da história mundial. «Portugal é assim, diminutivo e manso. O que foi chegando fez-se à escala e por cá ficou, as Indiazinhas, a (...)

No Meu Peito não Cabem Pássaros

Fernando (Pessoa), Franz (Kafka) e Jorge (Luís Borges) são o trio protagonista de No Meu Peito não Cabem Pássaros, o livro com que Nuno Camarneiro se estreou na literatura mas que só ficou conhecido pelo público após ter ganho o Prémio Leya 2012 com Debaixo de Algum Céu. Até aqui não conhecia nada deste jovem autor, mas de uma coisa tenho a certeza, agora que (...)

Vou ler No Meu Peito não Cabem Pássaros

Nuno Camarneiro venceu o Prémio Leya 2012, mas não é pela obra vencedora que me vou tentar apaixonar nos próximos dias, mas sim por No Meu Peito não Cabem Pássaros, o outro livro que o autor premiado já tinha lançado através da D. Quixote em 2011. Sinopse Que linhas unem um imigrante que lava vidros num dos primeiros arranha-céus de nova iorque a um rapaz (...)

Compras da Feiro do Livro Lisboa 2013

Mais um ano e mais uma ida à Feira do Livro Lisboa aconteceu! Vim de férias logo no dia seguinte a esta visita, mas antes de partir tive tempo para colocar as minhas compras bem emparceiradas para uma bela imagem! Num ano em que a polémica entre a organização da Feira do Livro e o município do Porto aconteceu, por Lisboa a feira parece que saiu reforçada e com um maior (...)