Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

06
Nov17

Sensualidade de Lili Caneças

O Informador

lili-canecas-edicao-novembro-revista-cristina.jpg

Se existem meses em que a capa da revista Cristina tem um entrevistado sem grande interesse junto dos leitores, existem edições da publicação em que parece que Cristina Ferreira e a sua equipa editorial têm um ataque de baboseira e acabam por gastar quatro rostos interessantes de uma só vez! Em Novembro tal facto é novamente notório e após um mês com uma capa com a mulher do treinador Rui Vitória como destaque, eis que agora surgem quatro capas, para escolha do leitor onde Lili Caneças divide o estrelato com um modelo, Virgul posa ao lado de Cristina, Ljubomir é entrevistado pela sua mulher e Alexandra Lencastre deixa-se questionar por Manuel Luís Goucha. Existia mesmo necessidade de colocar uma Lili, um Goucha, uma Lencastre, o Ljubomir e Virgul a disputarem a melhor capa num só mês quando no mês anterior tiveram tão má escolha? Este é daqueles casos do 8 e 80!

Mas apetece-me comentar um pouco mais sobre a edição de Novembro da revista Cristina, isto só pelas capas! Quem terá pensado na beleza espontânea de colocar Lili Caneças bem esticada e em modo sensual - será possível - em grande destaque? A senhora poderia ter honras de capa mas sentadita, com o seu abajur louro bem personalizado e em destaque, tal como é conhecida, não existindo necessidade de ser apresentada esta imagem ao público que deveras irá fazer a sua escolha entre as quatro opções, mas esta deverá ser a última da maioria, acredito. Uma imagem de mau gosto, muito sinceramente, não pela convidada que até acho uma figura interessante do panorama social nacional, mas sim pela sua pose, vestimenta e modo como a sessão fotográfica parece ter sido elaborada!

01
Dez13

Leituras de Novembro

O Informador

Domingos Amaral, José Eduardo Agualusa e Tiago Rebelo formaram a minha tripla de autores lidos ao longo do mês de Novembro através dos livros Já Ninguém Morre de Amor, Barroco Tropical e Uma Noite em Nova Iorque, respectivamente. Três romances, dois mais simples e um mais complexo, que me preencheram várias horas de leitura ao longo de todo o mês!

Já Ninguém Morre de Amor1Já Ninguém Morre de Amor

O amor e as suas formas fatídicas para levar as pessoas até ao poço da morte... Assim poderia ser descrito o livro de Domingos Amaral. Através de quatro gerações de uma família, o autor conta diferentes histórias de amor que levaram os seus protagonistas à rampa que os deixou partir com o coração abalado ou em êxtase. O amor mata se não for correspondido, magoa quando se torna bem forte e atraiçoa os mais preparados! Domingos Amaral escreve a bom ritmo e sem grandes alaridos, fazendo com que os seus romances sejam as minhas opções nas horas para desanuviar de livros bem complexos.

Barroco TropicaBarroco Tropical

Parecendo, em certas partes, uma auto biografia, em Barroco Tropical, José Eduardo Agualusa flutua através de histórias e lendas para contar a sua aventura. Mostrando a sua sabedoria, o autor mostra neste livro a sua escrita absorvente e translúcida que deixa o leitor agarrado e com vontade de chegar ao final, na tentativa de se descobrir como tudo termina, já que a história agarra e procura-se sempre mais. Sendo um autor sem tempo, que ora avança até ao futuro, ora recorre a momentos do passado, Agualusa sabe como ninguém unir o imaginário à realidade para tornar as suas criações em palavras que ajudam qualquer um a viajar pelo seu mundo. Aconselhável!

Uma noite em nova iorqueUma Noite em Nova Iorque

Calmo, preenchido, simples e agradável são características que podem descrever este romance de Tiago Rebelo. Um livro com sentimentos fortes sem grandes complicações na escrita e palavras que conseguem conquistar qualquer leitor que goste de uma história sem grandes artifícios e malabarismos linguísticos. Em Uma Noite em Nova Iorque dois trios amorosos cruzam-se passando a batata quente entre si até que tudo acontece sem nada prever com um final que poderá ser o esperado mas onde se vai acreditando que tal não irá mesmo tornar-se no desfecho de uma história corrida e sempre com altos e baixos na vida das personagens.

30
Nov13

Mais vistos de Novembro

O Informador

O mês de Novembro chega agora ao fim e com ele, tal como eu quero que seja habitual no final de cada mês, vou revelar os textos mais vistos ao longo dos últimos trinta dias aqui pelo blogue. Se por um lado tenho os residentes que continuaram a ocupar lugares de destaque de Outubro para cá, por outro existem os mais recentes que também conseguiram chegar ao pódio dos mais vistos!

  1. O Informador [Página Principal] - http://oinformador.com/
  2. O carro do filho de Cristiano Ronaldo - http://oinformador.com/o-carro-do-filho-de-cristiano-ronaldo/
  3. Ups! O Coelho é uma Ave - http://oinformador.com/ups-o-coelho-e-uma-ave/
  4. Cristina Ferreira, a diretora - http://oinformador.com/cristina-ferreira-a-diretora/
  5. Pepsi vs. Ronaldo - http://oinformador.com/pepsi-vs-ronaldo/
  6. Passatempo – A Culpa - http://oinformador.com/passatempo-a-culpa/
  7. Novo café Nespresso no Continente - http://oinformador.com/novo-cafe-nespresso-no-continente/
  8. Cristina Ferreira soma e segue - http://oinformador.com/cristina-ferreira-soma-e-segue/
  9. Passatempo - Mary Poppins, a Mulher que Salvou o Mundo - http://oinformador.com/passatempo-mary-poppins-a-mulher-que-salvou-o-mundo/
  10. Primark invade o Colombo - http://oinformador.com/primark-invade-o-colombo/

É bom continuar mês após mês a partilhar com todos esta minha casa e poder ver que o que escrevo e mostro é visto cada vez por mais pessoas! Aos poucos o crescimento sustentado acontece! Obrigado!

30
Nov13

Blogue do Mês - Devaneios de um Adolescente

O Informador

Devaneios de um Adolescente

«Um blog de um adolescente de 17 anos que escreve bastante... mas ainda há muito para escrever.»

Tudo começa com a frase de apresentação que o Alexandre Fernandes escolheu para dar as boas-vindas aos leitores que aparecem pela sua casa virtual por hábito e gosto ou porque lá foram parar por algum motivo. Devaneios de um Adolescente foi a escolha d' O Informador para o Blogue do Mês de Novembro!

Tenho que revelar que em tempos pertenci a um grupo de jovens com a mania que tinham o poder de fazerem notícias sobre o mundo televisivo em alguns sites e blogues dedicados ao tema e foi aí que comecei a conhecer, online, este adolescente cheio de devaneios. Ele aparecia pelos fóruns com os seus comentários e depois ingressou na equipa que liderava. Comecei a visitar o seu blogue a partir desse momento e agora, mesmo já não estando em contacto tão direto consigo, visito-o e sigo as suas aventuras e ideias que são partilhadas com o mundo.

Eu adoro o modo como o Alexandre tem desenvolvido o seu Devaneios de um Adolescente, onde ao longo do tempo tem mostrado que está a crescer no mundo da escrita, colocando muitos senhores das letras de lado através da sua forma de ver e mostrar a sociedade com palavras proferidas com vontade e sentimento.

O Alexandre tem crescido e o seu blogue tem vindo a acompanhar o percurso para a fase adulta e espero que quem lhe tem piscado o olho na imprensa, através das entrevistas e comentários que já deu para fazerem notícias consigo, sejam só o principio de algo que tem potencial para crescer dentro do mundo da comunicação. A dedicação, o desempenho e os pés assentes na terra estão consigo, falta agora manter o nível e não deixar que o comboio desalinhe!

Ele é um adolescente com alma de gente grande!

23
Dez12

Número de telemóvel com data de nascimento

O Informador

Pode-se dizer que isto é uma ideia parva, que isto são coisas que só as estrelas pensam, mas eu também pensei e tenho um desejo... Quero ter um número de telemóvel com a minha data de nascimento, pode ser?

Senhores da Vodafone, se puderem, anotem aí... Nasci a 5 de Novembro de 1986, logo quero ter um cartão SIM com o 915111986.

Isto pode ser um autêntico absurdo, pode ser algo de quem não tem mais nada para fazer, mas eu quero ter um telemóvel especial, não posso? Há quem tenha roupa com o seu nome, sapatos inscritos com as suas iniciais e relógios com as caras, eu quero ter um número de telemóvel com a minha data de nascimento. Quem me quiser surpreender, está à vontade!

30
Nov12

É fim do mês, mas ainda não recebi

O Informador

Estamos no último dia de Novembro, mas aqui o menino ainda não recebeu. Nada que não me estranhe, mas confesso que depois de seis anos a ver a maioria das pessoas a terem os seus ordenados nos últimos dias de cada mês, eu sempre o tenho na minha conta lá para dia 2, 3, 4 e até já existiram alturas que o 8 era o dia certo.

Pois é, nunca recebi no final do mês o meu salário. Tem sido sempre assim desde que comecei a trabalhar e já é um hábito, por isso, para mim, o final do mês não acontece agora, mas sim na próxima semana. 

Por que razão isto acontece na minha empresa, eu não sei, mas é uma regra que se mantém desde que os primeiros trabalhadores entraram para lá e que ainda prevalece, mais de dez anos volvidos.

Para a semana é que receberei o meu ordenado e a parte do subsídio de Natal pertencente a Novembro, sim, eu já recebo o meu subsídio mensalmente e não só em Dezembro. Disseram que achavam que eu ia ser aumentado, mas só no dia em que tirar o extracto da conta é que verei se isso vai mesmo acontecer ou se não passou de um boato!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook