Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

17
Fev19

Barbie aposta na inclusão

O Informador

barbie.jpg

Foram precisas décadas para que a Mattel percebesse que existe muito mais para além de uma rapariga alta, esguia, loura e teoricamente perfeita. Há uns anos algumas Barbies incluídas na série Fashionistas começaram a ganhar cor na luta contra o racismo, tal como diferentes cores e cortes de cabelo, profissões e tipos de corpo. Agora, no ano em que a Barbie completa o seu 60ª aniversário, eis que um novo passo é dado, desta vez na direção da inclusão social com novas bonecas a serem lançadas mais para o final do ano a refletirem alguns problemas físicos. Os novos modelos a serem lançados contarão com uma Barbie em cadeira de rodas e uma outra com uma perna de prótese removível. 

Segundo a Mattel nas suas páginas pelas várias redes sociais, este lançamento pretende demonstrar «um maior reflexo do mundo que as raparigas vêem à sua volta», mostrando assim um novo esforço para reconhecer que a diversidade perante o conceito de beleza é igualitário a todos. 

Lembro, e após pesquisa, que há duas décadas, a Mattel lançou para o mercado a Share a Smile Becky, uma amiga da Barbie com mobilidade reduzida, mas a mesma foi retirada do mercado em 2017 por não se conseguir incluir no fantástico mundo da Barbie por falta de acessibilidades na casa e nos mais diversos acessórios criados ao longo destes anos. Agora é a própria Barbie que terá as suas novas versões, acreditando-se que assim os novos modelos para além da boneca possam estar a ser desenhados a favor da inclusão, uma vez que estas novas Barbies serão articuladas, tal como tem acontecido ao longo dos últimos anos com as restantes. 

04
Jan19

Convites Duplos | White Christmas | 05/06.01.2019

O Informador

2018 já lá vai e com ele mais um Natal, agora em semana de Reis, o musical White Christmas, da Artfeist, despede-se do público com as suas últimas sessões da atual temporada. Num original de Henrique Feist, este espetáculo dedicado à época natalícia recorda os grandes êxitos desta quadra através das vozes de Henrique Feist, Mariana Pacheco, Valter Mira e Diogo Leite, apoiados por Nuno Feist no campo musical. White Christmas esteve em cena no Auditório do Casino Estoril desde o início de Dezembro e chega agora ao fim. 

Para que os seguidores do blog possam ter a derradeira oportunidade de assistir a este musical, tenho convites duplos para as sessões de Sábado e Domingo, 05 e 06 de Janeiro, pelas 21h30 e 18h00, respetivamente, para sortear. Este passatempo irá estar disponível até às 19h00 de dia 04 de Janeiro, Sexta-feira. Nesse mesmo dia serão revelados os nomes dos vencedores nesta mesma publicação, sendo o sorteio feito através do sistema automático random.org. Os premiados serão contactados via email com as recomendações para o levantamento dos bilhetes acontecer nas melhores condições. Para a participação ser válida tens de seguir os passos que se seguem.

28
Dez18

Rapidez nas compras de Natal

O Informador

presentes natal.jpg

Nunca tinha sido tão rápido a comprar presentes de Natal como este ano! Geralmente penso, procuro, hesito e lá me decido. Mas este ano as coisas correram tão bem que até fiquei surpreendido!

Esta é a verdade! No que toca a presentear os outros sou sempre uma pessoa onde reina a indecisão no momento da escolha. Além de não ter, geralmente, ideia sobre os presentes ideais para cada um, tenho ainda o problema de ter de gostar do que vou oferecer. Posso ter ideia do que será o presente, mas o mesmo tem de ir ao encontro também das minhas preferências. Não basta comprar uns sapatos que o presenteado possa gostar. Não, eu também tenho de gostar do que ofereço. Caso isso não aconteça sei que irei continuar na procura de sapatos até encontrar o que acredito que possa ter o gosto de quem os irá receber mas que também me satisfaça como presenteador. 

25
Dez18

E hoje é isto... Bom Natal!

O Informador

presépio natal.jpg

Hoje são mesmo os votos de Boas Festas que ganham lugar também aqui pelo blog. A tradição não existe por aqui em grande forma como na maioria dos lares nacionais, no entanto estes dias são igualmente celebrados, com uma maior calmaria do que para a maioria, é certo, e como um dia quase normal, onde alguns motivos especiais acabam por animar determinados momentos familiares.

 

24
Dez18

Natal com Livros

O Informador

árvore natal livros.jpg

Há uns dias num dos locais onde costumo ir quase diariamente tomar café e levo quase sempre a leitura do momento para me fazer companhia durante um bocado, a empregada de balcão disse-me algo como «para ti não deve ser difícil escolher presentes de Natal, ofereces livros!». Sim, era bom que assim fosse, mas isso não acontece!

Na verdade gostaria imenso de oferecer livros a todas as pessoas a quem ofereço presentes nesta época de Natal, no entanto sei que quase ninguém que me está mais próximo lê como eu. Não tenho leitores por perto como gostaria de ter, não conseguindo influenciar os de casa e os da rua a terem sempre um livro por perto, a conseguirem criar hábitos de leitura e a olharem para os livros como bons amigos que podem andar sempre connosco. Seria fantástico se no momento de fazer as compras de Natal, fosse até ao site da Wook, por exemplo, e pudesse escolher livros para oferecer. Procurar o que mais se poderia identificar com cada presenteado, pelo tema da obra, pelo nome, pelas personagens ou pela mensagem que cada narrativa passa a quem lhe pega com agrado e vontade de embarcar em novos mundos e vidas. 

Já ofereci livros quando sei que vão ser lidos! Infelizmente e como sei que nem sempre vale a pena optar por esse caminho, opto por não oferecer literatura por saber que não lhe vão pegar como gostaria que o fizessem. Seria tão mais fácil se todos conseguissem olhar um pouco mais para os livros, para os grandes clássicos ou somente para os tops nacionais, mas que lessem com agrado e não quase por obrigação em alguns momentos das suas vidas. 

18
Dez18

Comércio de Natal aceita pessoas Simpáticas

O Informador

natal compras.jpg

Quem trabalha na área comercial e em pontos mais fortes com produtos adequados para oferecer na época de Natal deverá reconhecer o que irei partilhar neste texto. Muitas das pessoas que andam às compras do presente ideal entram em lojas com falta de paciência, para comprarem o que aparecer, sem mostrarem qualquer tipo de gosto pelo que levam e ainda menos interesse em comprar. Se não querem oferecer e se o fazem contra vontade porque seguem com a ideia em frente?

A falta de paciência e simpatia por estes dias parecem desaparecer da vida de muitos portugueses que partem para centros comerciais e ruas de comércio tradicional por obrigação e sem qualquer vontade. Compram o que não gostam, refilam porque estão a gastar dinheiro e no momento da escolha acabam por revelar a situação com os seus modos menos dignos.

Se não gostam de gastar dinheiro com os outros optem por presentes originais feitos em casa e que por vezes conseguem revelar um muito maior simbolismo. Não enfrentem o comércio como uma obrigação. Entram em lojas mal dispostos, de cara fechada e sem interesse, isto porque têm de comprar o que nem sabem e nem conseguem deixar que a simpatia lhes faça companhia no momento em que chegam, fingem não ouvir um simples «bom dia», respondem mal e ainda conseguem ser indelicados para que seja tudo feito com pressa porque o objetivo é despachar um dos pesos pesados do mês de Dezembro, as compras de Natal. 

guerra-dos-tronos-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

  • O Informador

    Na verdade é isso mesmo, a pressa e correrias cons...

  • MãeTástica

    É verdade. Não há pachorra para essas pessoas semp...

  • O Informador

    O que é bom na Netflix é que eles não cumprem um a...

  • O Informador

    Parece que o Costinha abriu este ano os cordões da...

  • O Informador

    Anda a falhar esse teu contabilista!

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook