Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

28
Set19

Telemóvel na mesa... Não e Não!

telemóvel mesa.png

 

Fui habituado e sempre defendi ao longo da vida que quando estamos à mesa para comer sozinhos podemos ficar agarrados ao telemóvel, mas o mesmo não pode acontecer quando existe companhia, seja dos companheiros, família ou amigos. Na mesa, em momentos de refeição e possível convívio, deixem o telemóvel de fora e aproveitem cada momento. 

Convivam com quem está ao vosso lado, existindo tempo para o online quando estão no vosso canto, sozinhos e em modo offline da convivência física. Não fiquem agarrados aos telemóveis, deixem as comunicações de lado e vivam o momento, desfrutando de quem está e nos quer bem.

18
Mar18

Migalhas para todos

migalhas.jpg

Os comportamentos humanos em certas ocasiões conseguem ser tão dispares que nem um pequeno rasgo de bom senso atinge certas mentes. Se almoças no local de trabalho, num espaço onde todos comem, não acharás por bem limpar o teu lugar após fazeres a refeição? Acho que esta ideia é partilhada pela maioria, mas infelizmente não é praticada por todos. 

Embora exista uma pessoa responsável pela limpeza do espaço, não vejo com bons olhos as pessoas que após fazerem a sua refeição, acabam por se levantar, arrumam tudo no seu saco de transporte para a comida e seguem a sua vida, deixando migalhas e vestígios impróprios de que aquele lugar esteve a ser utilizado por alguém que só pensa em si e que não se importaria nada de voltar ao mesmo local no dia seguinte ou mesmo umas horas depois e conviver com o que deixou em espera para que alguém limpe. Acaba por ser inadmissível alguém chegar, procurar um lugar para se sentar e perceber que um dos espaços disponíveis está ocupado com os restos deixados por quem por lá passou anteriormente, deixando o que foi caindo do prato para que umas horas depois o serviço de limpeza fizesse o seu trabalho. É certo que a mesa vai ser limpa mais tarde, mas é mais tarde, não custando nada pegar num papel e deixar a mesa limpa.

11
Dez17

Mesa de Natal

No Natal existem produtos que não faltam nas mesas portuguesas! Do tradicional bacalhau com batatas e coves cozidas, ao peru no forno para refeição central, surgem logo depois os doces, onde o bolo rei ainda é o senhor da mesa da consoada, mas por quanto tempo?

Os doces são cada vez mais a grande tentação da época, dos antigos sonhos às novas receitas de bolo rei onde o chocolate brilha, o doce de maça toma lugar e o recheio com doce de ovos é a verdadeira tentação. Neste momento existem tantas receitas de bolo rei como a imaginação de cada um permite, sendo a tradição da fava e do brinde uma antiguidade já não praticada por motivos de precaução e aos poucos também o fofo bolo com frutas secas e recheadas de açúcar tem vindo a perder o seu estatuto. Agora a mesa de Natal tem doces para todos os gostos e nem o bacalhau já se apresenta cozinho, sendo apresentado em muitos casos através das mais diversas receitas onde o marismo ganha também cada vez mais destaque para se tornar o anfitrião da ceia.